Negação do orgasmo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Negação do orgasmo (também conhecido como orgasm denial, tease and denial ou T&D) é uma prática sexual associada ao BDSM onde uma pessoa é mantida em um estado elevado de excitação sexual por um longo período de tempo sem poder chegar ao orgasmo. Nesse fetiche, quando e se o submisso terá um orgasmo irá depender da vontade da pessoa que está dominando.[1] Essa prática é mais comum com a mulher no papel de dominadora e o homem no papel de submisso, porém, tanto a dominação quanto a submissão no orgasm denial podem ser exercidas por pessoas de qualquer gênero ou orientação sexual.

Uma das formas de negação do orgasmo é a redução ou privação de toda estimulação genital. Para garantir uma ausência completa de estimulação genital, um cinto de castidade pode ser usado como barreira física ao toque genital ou à ereção total do pênis. Blue balls é uma condição que pode ocorrer em homens que se submetem ao orgasm denial, causando dor na região dos testículos.

A prática pode ser chamada de tie and tease quando há o bondage envolvido.[2] A prática também pode ser chamada de total denial quando a negação ao orgasmo é realizada a longo prazo. Nesse caso, o uso de cintos de castidade é mais comum e a pessoa que exerce o papel de dominadora fica com a posse da chave, proibindo qualquer tipo de atividade sexual e até mesmo ereção do submisso.[3]

Devido a estimulação e provocação constante de "começar e parar" durante o orgasm denial, é muito comum ocorrer o ruined orgasm (em português: orgasmo arruinado) durante a prática desse fetiche. Ruined orgasm é um termo conhecido dentro do BDSM que é quando o orgasmo não dá a sensação elevada de prazer que é esperada de um orgasmo comum.[4] Portanto, negação do orgasmo e ruined orgasm são dois fetiches que estão interligados.

A diferença da negação do orgasmo para o controle do orgasmo (ou edging), é que no controle do orgasmo o objetivo é prolongar o período de excitação do parceiro antes dele chegar ao orgasmo, enquanto na negação do orgasmo não há nenhuma promessa de que ele irá ter essa permissão de atingir o orgasmo. O controle do orgasmo também é algo que pode ocorrer com mais frequência na masturbação, enquanto a negação do orgasmo está inteiramente ligada ao ato de dominação.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.