Negaativa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Negaativa é um grupo de rap feminino formado no Rio de Janeiro pelas cantoras Mary Juana, Jamille e Mônica (Combatente).[1] Na cena do funk, que é dominada pelos companheiros de profissão masculinos, o Negaativa faz um grande trabalho de sua própria exploração. Seu conteúdo lírico abrange uma variedade de assuntos, desde o problema do racismo no Rio de Janeiro até a importância do uso do preservativo. O conteúdo lírico de sua música é um reflexo direto da vida oprimida que elas vivem como pessoas negras de classe baixa no Brasil.[2][3][4]

O grupo participou da coletânea Hip Hop Rio e foi indicada ao Prêmio Hutúz de 2009 na categoria "Melhores Grupos ou Artistas Solo Feminino da década", mas acabou não sendo vencedora.[5]

Referências

  1. «Cliquemusic : Artista : Negaativa». cliquemusic.uol.com.br. Consultado em 29 de Maio de 2010. 
  2. «:: Radio Universidade FM ::::». Consultado em 29 de maio de 2010.. Arquivado do original em 9 de janeiro de 2005 
  3. «Real Hip Hop». Consultado em 29 de maio de 2010.. Arquivado do original em 12 de maio de 2008 
  4. The Globalization of Global Funk in Bahi and in Rio - Livio Sansone
  5. «.:. HUTÚZ 10 ANOS .:.». www.hutuz.com.br. Consultado em 29 de Maio de 2010.. Arquivado do original em 27 de setembro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.