Nei Leandro de Castro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Nei Leandro de Castro (Caicó, 30 de maio de 1940) é um escritor brasileiro, particpante do movimento poema/processo.[1]

É formado em direito, mas dedicou-se à publicidade. Foi um dos fundadores da revista natalense CACTUS.

Tem vários livros de poesia publicados, boa parte deles voltada para o erotismo, como Zona Erógena e Era uma Vez Eros. No gênero romance, escreveu O Dia das Moscas, As Dunas Vermelhas e As Pelejas de Ojuara, este inspirado na cultura popular sertaneja, foi premiado pela União Brasileira de Escritores e adaptado ao cinema em 2007 sob o nome O Homem que Desafiou o Diabo.

Em 2013, lançou seu último livro: Pássaro sem sono.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Nei Leandro de Castro». Biblioteca Nacional da Alemanha (em alemão). Consultado em 15 de dezembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.