Neon Genesis Evangelion

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por o álbum de Behemoth, veja Evangelion (álbum).
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Neon Genesis Evangelion
新世紀エヴァンゲリオン
(Shin Seiki Evangerion)
Logo da série.
Gênero Ação
Drama
Ficção Científica
Mecha
Pós-Apocalíptico
Tragédia
Mangás

Anime
Direção Hideaki Anno
Produção Noriko Kobayashi
Yutaka Sugiyama
Música Shirō Sagisu
Estúdio GAINAX
Tatsunoko
Emissoras de televisão Japão TV Tokyo
Brasil Locomotion
Brasil NGT
Brasil Animax
Portugal Locomotion
Portugal SIC
Portugal SIC Radical
Portugal Animax
Exibição original 4 de outubro de 199527 de março de 1996
Episódios 26
Mangá
Escrito por Yoshiyuki Sadamoto
Editora(s) Japão Kadokawa Shoten
Editora(s)
lusófona(s)
Brasil Conrad (Cancelado)
Brasil JBC
Revista(s) Shōnen Ace (1994–2009)
Young Ace (2009–2013)
Público-alvo Shōnen (1994–2009)
Seinen (2009–2013)
Data de publicação 26 de dezembro de 1994 – 4 de junho de 2013
Volumes 14 (Lista de capítulos)
Filmes

Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Neon Genesis Evangelion (新世紀エヴァンゲリオン Shin Seiki Evangerion?, lit. O Evangelho de uma Nova Gênesis) é um anime composto por 26 episódios criado e produzido pelos estúdios GAINAX e Tatsunoko e dirigido por Hideaki Anno. Ele foi transmitido pela TV Tokyo de 4 de outubro de 1995 a 27 de março de 1996. O elenco japonês original da série inclui as dublagens da cantora Megumi Ogata como Shinji Ikari, Megumi Hayashibara como Rei Ayanami e Yūko Miyamura como Asuka Langley Soryu. A música original foi composta por Shirō Sagisu; sua canção tema, "Zankoku na Tenshi no These", continua a ser elogiada por seu impacto duradouro nas décadas após seu lançamento. A franquia Evangelion também inclui uma tetralogia de filmes chamados Rebuild of Evangelion, além de outros spin-offs na forma de animes, mangás e jogos eletrônicos.

Evangelion é um anime do gênero mecha. A série se passa em uma Tóquio do futuro, quinze anos após um cataclisma global que ficou conhecido como Segundo Impacto. A história principal centra-se em Shinji Ikari, um adolescente de 14 anos que é recrutado pela obscura organização NERV para pilotar em combate uma biomáquina gigante conhecida como Evangelion contra seres monstruosos conhecidos como Anjos. Evangelion explora as experiências e emoções dos outros pilotos e membros da NERV enquanto esses tentam evitar uma nova catástrofe global. A série possui simbolismos e temas religiosos proeminentes em seus episódios, incluindo imagens do Cabala, Cristianismo, Judaísmo e Xintoísmo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Neon Genesis Evangelion é uma série de ação pós-apocalíptica que gira em torno de uma organização paramilitar chamada NERV, criada para combater seres monstruosos e misteriosos conhecidos como Anjos, utilizando armas de combate biomecânicas humanoides gigantes conhecidas como Unidades Evangelion (ou EVAs). Estes seres são controlados por adolescentes, que por um mero acaso nasceram no ano do Segundo Impacto, sendo um deles o personagem principal, Shinji Ikari. Com outros adolescentes que foram treinados para pilotar os EVAs (por serem compatíveis com os mesmos) e com a ajuda dos membros da NERV, eles tentam derrotar os Anjos e evitar o Terceiro Impacto, o que levaria à destruição da humanidade.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Os personagens de Evangelion estão continuamente lutando com seus relacionamentos interpessoais, seus "demônios" internos, e traumas do passado, criando um complexo familiar de relacionamentos.

Hideki Anno (criador da série) descreve o personagem principal, Shinji Ikari, como um garoto solitário e convencido de que as pessoas não precisam dele, mas que, no entanto, também não tem coragem de cometer suicídio. Ele descreve Shinji e Misato Katsuragi como extremamente "fracos, fraquinhos e fracotes" e "indecisos" em suas atitudes, que são pouco positivas para classificar alguém como herói de uma história. Ainda sim, dentro dos estereótipos heróicos, Shinji é caracterizado como o que tem mais força e emoção, mesmo não possuindo muita sorte de heroísmo ou bravura. Rei Ayanami e Asuka Langley Soryu, as outras protagonistas da série, também possuem falhas similares e dificuldades de relacionar com outras pessoas.

Os personagens de Yoshiyuki Sadamoto têm contribuído para a popularidade do Evangelion. Os designers atraentes criados por Sadamoto das 3 líderes femininas, Asuka, Rei e Misato, líder por extremos preços de merchandising (especialmente de Rei, a "Premium Girl"), e eles tem sido imortalizados na comunidade dōjinshi, modelos de garage kit, e em subsequente no anime (como Burst Angel).

Mídias[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

Existem quatro séries em mangá, todas publicadas pela Kadokawa Shoten:

  • Neon Genesis Evangelion
    • Título Original: 新世紀エヴァンゲリオン (Shin Seiki Evangerion)
    • Autoria: Yoshiyuki Sadamoto
    • Lançamento: 02/1994
    • Volumes: 14 (concluído em 2013, volume final será lançado em novembro)
    • Publicado no Brasil em dois formatos, o meio-tanko pela editora Conrad (Volumes 01 ao 20) e retomado pela JBC (Volumes 21 ao 28) e no formato tankobon inteiro pela editora JBC (Existe uma versão do primeiro volume tankobon pela Conrad)
  • Petit Eva: Evangelion@School
  • Neon Genesis Evangelion: Campus Apocalypse
    • Título Original: 新世紀エヴァンゲリオン 学園堕天録 (Neon Genesis Evangerion: Gakuen Datenroku)
    • Autoria: Min Min
    • Lançamento: 10/2007
    • Volumes: 04 (concluída em 2009)

Anime[editar | editar código-fonte]

Do período de 1984 até o lançamento de Evangelion, o tão esperado anime tem um estilo meio distanciado para um estilo popular de anime. Por exemplo, os longas de Hayao Miyazaki Meu Amigo Totoro (1988), e O Serviço de Entregas da Kiki (1989) foram ambos obras de baixo rendimento, enquanto Akira (1988) foi influenciado por revistas de desenho americanas. O diretor Mamoru Oshii tem dito que, em outras palavras de Hiroki Azuma, ninguém procura assistir um anime que todo mundo gosta. Evangelion, entretanto, mostra o reverso disto. É totalmente em volta do estilo mecha de anime, e em particular mostra uma larga influência de Space Runaway Ideon de Yoshiyuki Tomino; particularmente, as cenas de The End of Evangelion são claras homenagens para o último filme da série de Ideon.

Em 2003, o anime ganhou uma nova versão chamada "Renewal of Evangelion". Esse remake trazia algumas melhorias na animação, cenas novas (director's cut) e melhorias na trilha sonora.

No Brasil, Evangelion foi transmitido pela primeira vez em 1 de Novembro de 1999, no canal Locomotion, e, posteriormente, exibido em 2011 pela NGT (nesta última, de forma não-oficial), com áudio dublado pelo estúdio Mastersound. Em 2001, a série clássica de Evangelion teve uma redublagem lançada pelo estúdio Álamo, com o aúdio melhorado, que foi reexibida pelo Locomotion (sendo que o Locomotion já havia reexibido Evangelion com a dublagem da Mastersound diversas vezes). A versão Renewal of Evangelion foi exibida pelo canal Animax, em 2005 (sem cortes), com a dublagem feita pelo estúdio Álamo. A versão dublada no Brasil de Renewal of Evangelion é rara na Internet, ao contrário da versão clássica da série dublada (ou da versão de Renewal of Evangelion legendada). Com exceção da NGT, canal UHF de fraca distribuição, todos os canais que exibiram Evangelion são de TV por assinatura (Locomotion e Animax), diferentemente do que aconteceu em outros países da América do Sul, que exibiram o anime em TV Aberta (como o canal Chilevisión, do Chile).

Lista de episódios[editar | editar código-fonte]

No. na
série
No. Título Original/Título Oficial em Inglês (ADV Films) Título em Português Brasileiro
Título em Português Europeu
0101 "使徒、襲来" O Ataque dos AnjosO Ataque do Anjo
0202 "見知らぬ、天井" Teto Não FamiliarTectos Desconhecidos
0303 "鳴らない、電話" O Telefone Que Jamais TocaO Telefone Que Não Toca
0404 "雨、逃げ出した後" O Dilema do OuriçoA Chuva Depois da Fuga
0505 "レイ、心のむこうに" Rei, Além de Seu CoraçãoRei, Para Além do Coração
0606 "決戦、第3新東京市" Confronto em Tokyo-3Batalha Decisiva em Tokyo-3
0707 "人の造りしもの" A Criação HumanaConstruído Pelo Homem
0808 "アスカ、来日" Asuka AtacaAsuka Chega ao Japão
0909 "瞬間、心、重ねて" Dancem Como Se Quisessem Vencer!Fusão de Corações
1010 "マグマダイバー" Inferno de MagmaMergulhar no Magma
1111 "静止した闇の中で" Na Escuridão SilenciosaNo Interior das Trevas
1212 "奇跡の価値は" O Valor de um Milagre é...O Valor de um Milagre
1313 "使徒、侵入" Invasão do AnjoO Anjo: A Penetração
1414 "ゼーレ、魂の座" SEELE, Lugar Para a AlmaTecendo uma História
1515 "嘘と沈黙" Mentira e SilêncioMentiras e Silêncio
1616 "死に至る病、そして" Doença Até à MorteO Desespero e Depois
1717 "四人目の適格者" A 4.ª CriançaO Quarto Qualificado
1818 "命の選択を" O Julgamento da VidaA Escolha do Destino
1919 "男の戰い" A Luta de um HomemA Guerra de um Homem
2020 "心のかたち 人のかたち" Forma da Mente, Forma do HomemForma do Coração, Espelho do Mundo
2121 "ネルフ、誕生" O Nascimento da NERVNERV: O Nascimento
2222 "せめて、人間らしく" Pelo Menos Seja HumanoDe Aparência Humana, Pelo Menos
2323 "涙" LágrimasLágrimas
2424 "最後のシ者" O Mensageiro FinalO Princípio e o Fim
2525 "終わる世界" O Fim do MundoDo You Love Me?
2626 "世界の中心でアイを叫んだけもの" A Fera Que Gritou "Eu" no Coração do Mundo[1]Toma Conta de Ti

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Tema de Abertura
Tema de Encerramento

Filmes[editar | editar código-fonte]

No total, Neon Genesis Evangelion possui cinco filmes produzidos e um ainda em fase de produção previsto para conclusão em 2020:

Em 2003, o distribuidor da série nos Estados Unidos, ADV Films, anunciou a intenção de criar um filme live action de Evangelion que já foi parcialmente financiado,[2] mas cujo realizador e data de produção ainda não foram anunciados.

Jogos[editar | editar código-fonte]

Neon Genesis Evangelion: Shinji Ikari Raising Project

Referências

  1. «A Fera Que Gritou "Amor" no Coração do Mundo». EvaWiki 
  2. Roth, Daniel (12 de Dezembro de 2005). «It's... Profitmón!». Fortune Magazine. Consultado em 12 de Setembro de 2006 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons