Nestor da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nestor da Silva
Nestor em comemoração de seus 100 anos de idade, 2017
Dados pessoais
Nascimento 13 de junho de 1917 (102 anos)  Minas Gerais, Belo Horizonte
Esposa Niva da Silva
Vida militar
Força Coat of arms of the Brazilian Army.svgExército Brasileiro
Anos de serviço 19381972
Hierarquia Tenente-Coronel.gif Tenente Coronel
Unidade
Comandos Segundo Batalhão de Infantaria Paraquedista
Batalhas Segunda Guerra Mundial
Honrarias BRA War Medal.pngMedalha de Guerra,

Medalha do Pacificador.pngMedalha do Pacificador,

Ordem do mérito militar.png Medalha da Ordem do Mérito militar,

BRA Cruz de Combate - 1a classe.pngMedalha Cruz de Combate 1º Classe,

BRA Campaign Medal.png Medalha de Campanha,

BRA Medalha Sangue do Brasil.png Medalha Sangue do Brasil,

Nestor da Silva (Belo Horizonte, 13 de julho de 1917) é um militar, paraquedista militar e veterano da Segunda Guerra Mundial brasileiro.[1]

Segunda Guerra Mundial[editar | editar código-fonte]

Foi praça voluntário em 1938, no 10º Regimento de infantaria em Belo Horizonte (MG), onde realizou o curso de sargento.Após ser transferido para o 11º Batalhão de Infantaria (11 Bi) em São João Del Rei (MG), unidade que integrou a Força Expedicionária Brasileira (FEB), foi promovido à graduação de 3º Sargento e, posteriormente, à de 2º Sargento. Embarcou para Itália em setembro de 1944. ao desembarcar em Nápoles, 15 dias depois, seguiu para a cidade de Pisa, onde recebeu armamento, fardamento e treinamento americano[2].Tomou parte em quatro famosos confrontos: Galiciano Braga, Monte Castelo, Castelnuevo e Montese e comandou 18 patrulhas nas linhas inimigas.[3]

No ataque á cidade de Montese, considerada a batalha mais importante da FEB, foi promovido ao posto de 2º Tenente - "Por ter se conduzido de maneira excepcional em todas as ações de combate que tomou parte, e revelado elevada capacidade de comando, promovo ao posto de 2º Tenente o 2º Sargento Nestor da Silva". Estas foram as palavras do General Mascarenhas de Morais - Comandante da FEB na Itália.[4]

Carreira Militar[editar | editar código-fonte]

Nestor da Silva, em desfile militar

Terminada a Segunda Guerra Mundial, ao regressar para o Brasil, em fevereiro de 1946, foi matriculado na Escola Militar de Resende para frequentar o Curso de Oficiais da Reserva "COR", equivalente ao da Escola Militar, que foi concluído em maio de 1949.

Nestor também cursou os seguintes cursos:

- ESAO em 1961;

- Curso Básico de Paraquedista em 1964;

- Curso de Mestre de Salto em 1966.

Serviu sete anos consecutivos na Brigada Paraquedista e, em 1971, como Tenente Coronel, foi transferido para o Estado-Maior do Exército.No ano de 1972, solicitou transferência para a reserva renumerada.[5]

Recebeu homenagem presidencial em 8 de junho de 2015.[6]

Medalhas e Condecorações[editar | editar código-fonte]

Foi agraciado com as Medalhas:

-BRA Cruz de Combate - 1a classe.png Medalha Cruz de Combate 1º Classe (destaque individual em combate);

-BRA Medalha Sangue do Brasil.pngMedalha Sangue do Brasil

-BRA Campaign Medal.png Medalha de Campanha

-BRA War Medal.pngMedalha de Guerra;

-Medalha do Pacificador.png Medalha do Pacificador;

-Ordem do mérito militar.png Medalha da Ordem do Mérito militar;

- Medalha de Mérito Paraquedista;

- Medalha Marechal Mascarenhas de Morais

- Medalha de Ouro - 30 anos de serviço.

Fontes de Pesquisa[editar | editar código-fonte]

Site do Exército Brasileiro[7]

Referências