Neto Campelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Manoel Neto Carneiro Campello Júnior (Recife, 3 de janeiro de 1900Rio de Janeiro, 23 de maio de 1968) foi um fazendeiro (dono de engenho de cana-de-açúcar) e político brasileiro.

Filho de Manoel Neto Carneiro Campello (1866 - 1943), primeiro ocupante da Cadeira 23 da Academia Pernambucana de Letras.

Usineiro de açúcar em Nazaré da Mata, foi líder rural e integrante do Instituto do Açúcar e do Álcool (IAA), do qual foi presidente. Em 1945, filiou-se ao Partido Social Democrático (PSD) e foi nomeado, no ano seguinte, ministro da Agricultura pelo presidente Eurico Gaspar Dutra.

Em oposição ao líder estadual do partido, Agamenon Magalhães, rompeu com o PSD e filiou-se à UDN, que o lançou como candidato a governador de Pernambuco, com apoio do PDC e PL, contando ainda com o apoio do presidente Dutra e do governador Demerval Peixoto.


Precedido por
Teodureto Leite de Almeida Camargo
Ministro da Agricultura do Brasil
1946
Sucedido por
Daniel Serapião de Carvalho