New prog

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
New prog
Origens estilísticas Rock progressivo, rock alternativo, rock experimental, math rock, post-punk, neo-psicodelia, shoegaze, noise rock
Contexto cultural Meados da década de 2000
Instrumentos típicos Guitarra, bateria, baixo, piano e teclado.
Popularidade 30 Seconds to Mars, Muse, Radiohead, The Mars Volta e Coheed and Cambria alcançaram alguma repercussão.

New prog (também chamado de "nu prog", "prog alternativo", "pós-prog" ou "pós-progressivo") é um termo usado na descrição de algumas bandas novas de rock alternativo que incorporam elementos do rock progressivo.[1]

As bandas mais famosas rotuladas como new prog são:

De fato, o termo é relativamente novo. Outras rotulações, como Post-prog, foram sugeridas e até usadas.[6][10] O termo também vem sendo usado para bandas mais recentes, como Radiohead.[7] "New prog" tem conexões com o movimento math rock mas é bem distinto do movimento neo-prog.

Referências

  1. «New prog: renovação ou equívoco?». Whiplash. 17 de dezembro de 2007. Consultado em 31 de outubro de 2010 
  2. «Coheed and Cambria music review». Entertainment Weekly. 16 de setembro de 2005. Consultado em 17 de abril de 2008 
  3. BBC Berkshire: Reading Festival Information
  4. a b «For New-Prog Hogs». Entertainment Weekly. 5 de maio de 2005. Consultado em 12 de junho de 2009 
  5. «Danish new prog from Mew». Archant Regional. 3 de fevereiro de 2006. Consultado em 12 de junho de 2009 
  6. a b c «Prog rock? Just say yes». Times Online. 28 de janeiro de 2006. Consultado em 11 de agosto de 2007 
  7. a b c «My journey into sound». Guardian Unlimited. 7 de setembro de 2001. Consultado em 11 de agosto de 2007 
  8. «There's Nothing Progressive About It». Pop Matters. 21 de julho de 2004. Consultado em 11 de agosto de 2007 
  9. Krzysztof Skonieczny (22 de julho de 2007). «Renowned British band Porcupine Tree to perform». Lifeboat Limited. Consultado em 12 de junho de 2009 
  10. «Prog Rocks Again». Entertainment Weekly. 9 de maio de 2005. Consultado em 11 de agosto de 2007 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]