Niall Horan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Niall Horan
Nome completo Niall James Horan
Nascimento 13 de setembro de 1993 (26 anos)
Mullingar, Irlanda
Nacionalidade irlandês
Ocupação cantor
compositor
Carreira musical
Período musical 2010—presente
Gênero(s) pop
pop rock
folk-pop
Instrumento(s) vocais
violão
piano
Gravadora(s) Syco
Columbia
Capitol
Afiliações
Página oficial
niallhoran.com

Niall James Horan (nascido em 13 de setembro de 1993) é um cantor, compositor violonista, guitarrista e jogador de golf irlandês. Ganhou fama internacional como membro da boy band One Direction. Horan foi descoberto no programa de televisão The X Factor no ano de 2010, onde terminou na terceira posição.[1][2]

Em setembro de 2016, Horan assinou contrato solo com a Capitol Records. Em 29 de setembro de 2016, Horan lançou seu primeiro single solo "This Town".[3][4] Alcançou o número nove na lista de singles do Reino Unido e o número vinte na Billboard Hot 100 dos Estados Unidos.[5]

Em 4 de maio de 2017, ele lançou seu segundo single "Slow Hands",[6] uma faixa que também entrou no top Reino Unido e no top 11 nos Estados Unidos.[7] Em 15 de setembro de 2017, ele lançou seu terceiro single do álbum, "Too Much to Ask".[8] Seu primeiro álbum "Flicker"[9][10] foi lançado no dia 20 de outubro de 2017 e estreou no topo da Billboard 200.[11] também alcançou o número um na Irlanda e na Holanda.[12][13]

Horan está trabalhando em seu próximo segundo álbum de estúdio com Greg Kurstin. O primeiro single do próximo álbum, "Nice to Meet Ya", foi lançado em 4 de outubro de 2019.[14][15]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Niall nasceu em Mullingar na Irlanda. É filho de Maura Gallagher e Bobby Horan, e tem um irmão mais velho chamado Greg, seus pais se separaram quando era criança. Horan estudou na Coláiste Mhuiri e Congrenation of Christian Brothers, nesta época participou do coral.[16]

Horan tentou tocar violão que seu irmão tocou no Natal, mas não foi capaz de tocá-lo. Horan, então com 11 anos, aprendeu a tocar violão seguindo os tutoriais do YouTube. Sua tia descobriu seu talento um dia, quando ela estava no carro com Niall quando ele começou a cantar. Ela originalmente pensou que o rádio estava ligado. Quando adolescente, ele se apresentou no Mullingar Arts Center durante uma arrecadação de fundos para o time de futebol local, o Shamrocks. Ele também estava conseguindo uma vaga de suporte com o ex- concorrente do X Factor Lloyd Daniels no clube da Academia em Dublin. Quando criança, ele mostrou interesse pela música depois que sua família lhe deu um violão no Natal. Ele também aspirava a ser "um grande nome", como Beyoncé e Justin Bieber, e cita Michael Bublé como uma de suas maiores influências.[17][18][19]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2010: The X Factor[editar | editar código-fonte]

Em 2010, aos dezesseis anos, Horan fez o teste para a sétima série do The X Factor em Dublin.[1] Ele cantou "So Sick" e recebeu comentários mistos dos juízes. Louis Walsh estava a seu favor, mas Cheryl Cole e a juíza convidada Katy Perry sentiram que ele precisava de algum tempo para crescer. Simon Cowell votou para deixá-lo passar, Cole disse que não, Walsh disse que sim e Perry decidiu votar. Horan foi então levado para o acampamento.

No bootcamp, ele cantou "Champagne Supernova", mas não conseguiu se classificar para a categoria. Após uma sugestão da juíza convidada Nicole Scherzinger, Horan foi colocado em um grupo com quatro garotos que também não conseguiram seguir em frente na competição e, como eram bons demais para deixar ir, os juízes decidiram concordar com Scherzinger. Horan, juntamente com Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson e Zayn Malik formaram o One Direction. Styles criou o nome da banda, que ele achou que soaria bem quando o apresentador Peter Dickson leu o nome deles nos shows ao vivo.

O grupo se reuniu por duas semanas para se conhecer e praticar. Por sua música de qualificação nas "casas dos juízes" e sua primeira música como grupo, o One Direction cantou uma versão acústica de "Torn". Mais tarde, Simon Cowell comentou que a apresentação o convenceu de que o grupo "era confiante, divertido, como uma gangue de amigos e meio destemido também". Nas primeiras quatro semanas dos shows, eles foram o último ato de Cowell na competição. Durante a competição, a banda tocou músicas diferentes, como "My Life Would Suck Without You" de Kelly Clarkson e "Total Eclipse of the Heart" de Bonnie Tyler.", ganhando popularidade rapidamente nas Ilhas Prata. Terminaram em 3º lugar, atrás da vice-campeã Rebecca Ferguson e do vencedor Matt Cardle.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Niall Auditions For The X Factor». Capital FM. Consultado em 30 de setembro de 2016 
  2. Jon O'Brien. «One Direction Biography». AllMusic. Consultado em 30 de setembro de 2016 
  3. Mira, Na (30 de setembro de 2016). «Niall Horan lança primeira música da carreira solo; ouça This Town». Imirante. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  4. Junior, Jacídio (29 de setembro de 2016). «One Direction | Niall Horan estreia carreira solo com a romântica "This Town" - ouça». Omelete. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  5. «Niall Horan This Town Chart History». Billboard. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  6. «Niall Horan lança seu segundo single, Slow Hands». E! Online. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  7. «Niall Horan Slow Hands Chart History». Billboard. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  8. «"Too Much to Ask": ouça o novo single de Niall Horan». popcultura.com.br. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  9. Izaias, Juliana (20 de outubro de 2017). «Ouça: Niall Horan lança seu álbum de estreia solo "Flicker"». Nação da Música. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  10. «Niall Horan está romântico e vulnerável em "Flicker", seu primeiro álbum solo». PAPELPOP. 20 de outubro de 2017. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  11. «Niall Horan's 'Flicker' Debuts at No. 1 on Billboard 200 Albums Chart». Billboard. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  12. «IRMA – Irish Recorded Music Association». www.irma.ie. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  13. «Niall Horan - Flicker - hitparade.ch». hitparade.ch. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  14. «Conheça "Nice To Meet Ya", single que marca nova era de Niall Horan». Tracklist. 4 de outubro de 2019. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  15. «Niall Horan lança seu novo single Nice To Meet Ya». entretenimento.uol.com.br. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  16. «Niall Horan | Niall Horan Brasil – Sua melhor e maior fonte de notícias sobre Niall Horan no Brasil!». niallhoranbrasil.com.br. Consultado em 6 de outubro de 2018 
  17. «Happy Birthday to one of our favorite singers, Niall Horan!». IrishCentral.com (em inglês). 13 de setembro de 2019. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  18. Fletcher, Alex (31 de agosto de 2010). «'X Factor' Niall wants to be new Bieber». Digital Spy (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2019 
  19. Davies, Rebecca (18 de setembro de 2011). «Niall Horan 'waiting for the right girl'». Digital Spy (em inglês). Consultado em 24 de novembro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.