Nicholas DiOrio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
DiOrio
Informações pessoais
Nome completo Nicholas DiOrio
Data de nasc. 4 de fevereiro de 1921
Local de nasc. Morgan Township, Pensilvânia,  Estados Unidos
Falecido em 11 de setembro de 2003 (82 anos)
Local da morte Green Tree, Pensilvânia,  Estados Unidos
Altura 1,70 m
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes de juventude
Estados Unidos Avella Juniors
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1942–1946
1946
1947
1947–1949
1949–1952
1952–1959
Estados Unidos Morgan Strasser
Estados Unidos Pittsburgh Strasser
Estados Unidos Chicago Vikings
Estados Unidos Morgan Strasser
Estados Unidos Harmarville Hurricanes
Estados Unidos Pittsburgh Beadling
– (-)
– (-)
– (-)
– (-)
– (-)
– (-)
Seleção nacional
1950 Flag of the United States.svg Estados Unidos 0 (0)

Nicholas "Nick" DiOrio (Morgan Township, 4 de fevereiro de 1921 - Green Tree, 11 de setembro de 2003) foi um futebolista norte-americano.

Criado em Pittsburgh, formou-se na South Fayette Township High School em 1939. Durante o ensino médio, notabilizou-se por ser um excelente jogador de basquete - ele teria marcado 50 pontos em um jogo. Paralelamente, jogava futebol no time do Avella Juniors, onde foi campeão sub-19 da McGuire Cup.

Tendo arranjado emprego como operário de uma fábrica, DiOrio dedicaria seu tempo ao futebol, defendendo o Morgan Strasser, onde jogaria até 1946, voltando no ano seguinte. Atuaria ainda por Pittsburgh Strasser (1946), Chicago Vikings (1947), Harmarville Hurricanes (1949-52) e Pittsburgh Beadling (1952-59), onde se aposentaria aos 38 anos. Após sua aposentadoria, virou treinador de futebol, mas não teve muito destaque. Em 1971, tornou-se presidente da Associação de Futebol do Oeste da Pensilvânia.

Pela seleção norte-americana, fez parte do elenco que disputou a Copa de 1950, mas não chegou a entrar em campo.

Após a aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Depois de ter deixado de trabalhar com o futebol, DiOrio manteve-se ligado ao esporte, inclusive levando sua esposa para um time patrocinado pelo pai dele (Jack Supper's Club), e receberia um novo emprego, numa fábrica de Bridgeville, além de ter trabalhado no Departamento de Estradas do condado.

Em 1976, foi incluído no Hall da Fama do futebol nos Estados Unidos, juntamente com outros jogadores de seu país na Copa de 1950. Um câncer no cólon tiraria sua vida em 11 de setembro de 2003.[1]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

perfil no Soccerhall

Referências


Bandeira de Estados UnidosSoccer icon Este artigo sobre futebolistas estadunidenses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.