Nick Ut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nick Ut
Nascimento 29 de março de 1951 (67 anos)
Long An
Cidadania Vietname, Estados Unidos
Ocupação fotógrafo, fotógrafo de guerra, fotojornalista, jornalista
Prêmios Prêmio George Polk, Prémio Pulitzer de Reportagem Fotográfica, World Press Photo of the Year
Empregador Associated Press

Nick Ut Cong Huynh, conhecido profissionalmente como Huynh Công Út ou Nick Ut (Long An, 29 de março de 1951) é um fotógrafo vietnamita, naturalizado estadunidense.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nick Ut (de cabelo branco) cercados por alunos

Sua carreira como fotógrafo começou aos 14 anos de idade, logo após a morte no seu irmão, também fotógrafo e contratado da Associated Press (AP).[1] Aos 16 anos, entrou para a AP como repórter fotográfico para cobrir a Guerra do Vietnã.

Foi da sua Leica[1] o registro de uma das imagens iconográficas do século XX,[2] quando no dia 8 de junho de 1972, fotografou a jovem Phan Thị Kim Phúc (então com de 9 anos) fugindo, nua, de um ataque de napalm em sua aldeia, Trảng Bàng. A fotografia lhe rendeu os prêmios: World Press Photo[3] de 1972 e o Pulitzer de Reportagem Fotográfica[4] de 1973.

Após o final da guerra, mudou-se para os Estados Unidos, onde fotografou eventos históricos, como terremotos e o Caso O.J. Simpson, além de cobrir o dia-a-dia de celebridades. Também trabalhou no Japão e cobriu alguns dos conflitos entre as Coreias (do Norte e do Sul).[1]

Referências

  1. a b c d Audrey Furlaneto (23 de dezembro de 2012). «'Nada foi como o Vietnã', diz Nick Ut». O Globo. Consultado em 9 de setembro de 2016. 
  2. Da France Presse (9 de setembro de 2016). «Facebook volta atrás na decisão de censurar foto da Guerra do Vietnã». Portal Globo. Consultado em 9 de setembro de 2016. 
  3. «World Press Photo of the Year, prize singles». Site Oficial World Press Photo. Consultado em 9 de setembro de 2016. (em inglês)
  4. Carlos W. Leite (2015). «As 10 fotografias mais tristes da história». Bula. Consultado em 9 de setembro de 2016.