Nickelodeon (Brasil)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Nickelodeon Brasil)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nickelodeon
Tipo Canal de televisão por assinatura
País  Brasil
Pertence a Viacom Media Networks
Proprietário Viacom
Sede São Paulo São Paulo, SP
Slogan
  • Só na Nickelodeon.
  • Só na Nick.
  • Na Nickelodeon.
  • Na Nick.
  • Aquí é Nick.
Formato de vídeo
Audiência 0,29% 10º mais visto
Canais irmãos
Cobertura Brasil
Página oficial nick.com.br
Disponibilidade por satélite
Vivo TV
Sky
  • Canal 57
  • Canal 457 (HD)
Claro TV
  • Canal 103
  • Canal 603 (HD)
Oi TV
Algar TV
  • Canal 318
  • Canal 918 (HD)
Disponibilidade por cabo
NET
  • Canal 103
  • Canal 603 (HD)
Vivo TV
Canal 558 (HD)
ViaCabo
Canal 60
TV Alphaville
Canal 103 (HD)
TVN[1]
ORM Cabo
  • Canal 54
  • Canal 554 (HD)
Sim TV
Canal 30
Cabo Telecom
Canal 405 (HD)
BVCi
Canal 327 (HD)
CaboNNet
TCM
Canal 44 (HD)

Nickelodeon Brasil (frequentemente abreviado como Nick) é um canal de televisão por assinatura que pertence à Viacom International Media Networks The Americas, filial do canal americano Nickelodeon. Sua sede está localizada na cidade de São Paulo. É tem o público alvo principal de adolescentes e crianças e está classificado como o 8° canal mais assistido da televisão por assinatura brasileira juntamente com o Space da Turner Broadcasting System.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Primeiro logotipo, utilizado entre 1996 e 2004.

A Nickelodeon Brasil foi fundada em 30 de outubro de 1991 pela Viacom em sua subdivisão Viacom Media Networks. Primeiramente transmitia desenhos, orientado para crianças entre 5 e 10 anos, era destinado como um competidor (e ser o principal) para o Cartoon Network lançado dez anos depois. Em sua primeira aparição, foi lançado o logotipo "Laranja Indicador", e depois o "Transformador" (que se transformava em vários personagens do canal). Mais tarde, surgiu o logotipo que seria utilizado entre 2004 e 2009, focando-se mais na elasticidade, não no "Transformador".

O novo logo, apenas digitável foi lançado em 5 de abril de 2010. Essa mudança em sua marca, que passa a ser menos chamativa e a que mais combina com as alterações de público que o canal vem sofrendo ao longo dos últimos anos. O diretor Jimmy Leroy destaca que essas mudanças serão acompanhadas de outras mudanças visuais, como chamadas, vinhetas e demais efeitos, que precisam ser adaptados ao público atual. A marca atualizada sofreu apenas uma transformação no seu efeito aplicado à tela. É utilizada, geralmente, apenas nos dias de eventos especiais, como o "Kids Choice Awards", quando é adicionado à logomarca o efeito "dirigível", ou "Zeppy". O efeito consiste em personalizar a logomarca temporariamente no formato do "troféu" concedido pela emissora dos KCA's.

Em 5 de junho de 2017, a Nickelodeon Brasil ganha um novo rebrand, nomeada de Refresh, o rebrand traz novas vinhetas e novos bumpers, e passa contener as cores amarelo, azul, e roxo nos bumpers e nas vinhetas, estreou primeiro na Nickelodeon dos EUA em 11 de março de 2017, após o Kids Choice Awards 2017.

Parceria com Globosat[editar | editar código-fonte]

Em 1994, a Nickelodeon entrou em um acordo com a Globosat. Assim, 3 dos melhores seriados da Nick foram transmitidos no canal Multishow (canal da Globosat). Foram exibidos: Clarissa. Logo, em 1994, meses após a estréia dos Nicktoons na Nickelodeon, o Multishow começou a exibir alguns desses Nicktoons, incluindo Doug, Rugrats e Ren e Stimpy em uma sessão nomeada Babaeletronica. O Multishow parou de exibir os programas da Nickelodeon em 1992. Mesmo assim, o canal continua a ter seus desenhos exibidos na Rede Globo, emissora que também é propriedade do Grupo Globo, tal como a Globosat.

Atualmente, alguns de seus desenhos e seriados são exibidos no SBT e na Band.

Nickelodeon HD[editar | editar código-fonte]

Logo da Nick HD

Em 1º de junho de 2011 a Viacom disponibilizou para a América Latina um sinal em High Definition da Nickelodeon. Com faixas de áudio para o Brasil (em português) e o outro, para o América Latina (em espanhol). No Brasil apesar de a Viacom anunciar que o canal seria disponibilizado pela SKY Brasil logo em seu lançamento, o mesmo só veio a ser oficialmente distribuído por ela em 22 de julho de 2011. O canal está disponível operadoras SKY Brasil, Algar Telecom, TVN, Cabo Telecom, Claro TV e Oi TV. Sua programação não é simulcast. Ou seja, não exibe a mesma programação do canal de definição padrão (SD).

No dia 17 de julho de 2015 a Nickelodeon HD passa a ser Simulcast no Brasil transmitindo a mesma programação.em SD e HD. A SKY Brasil é a primeira TV por assinatura que passou a transmitir o sinal simulcast ao invés do sinal normal.

Sinal em Widescreen[editar | editar código-fonte]

No dia 1º de julho de 2015 o sinal da versão SD do canal passou a ser transmitido em Widescreen ,uma versão semelhante a em alta definição para uma melhor qualidade de som e imagem, a estreia do sinal Widescreen foi às 22:30 com a transmissão do programa iCarly.

Em 17 de julho, a versão HD, passou a ter a programação simulcast ao SD (padrão).

Produções originais brasileiras[editar | editar código-fonte]

A primeira produção brasileira original da Nickelodeon Brasil foi em 2000 com a chegada dos Meus Prêmios Nick a versão brasileira do Kids Choice Awards sendo premio realizado em parques de diversões e em 2006 em casas de shows. A Segunda foi em 2001 com a Patrulha Nick apresentada por MC Fernandes e uma enorme turma de crianças que faziam matérias diversas e brincavam na TV, este ficou no ar até 2006.

Finalmente a Nickelodeon Brasil em 2011 se tornou produtor associado da Rede Bandeirantes e da Mixer, na produção da série brasileira teen, Julie e os Fantasmas, série com foco em mistérios e música, que estreou em 17 de Outubro na Band e em 20 de outubro na Nickelodeon, e outra serie nova chamada Os Under-Undergrounds, que estreou em 9 de maio de 2016.

Nickers[editar | editar código-fonte]

Nickers foi um programa de auditório da Nickelodeon com produção 100% brasileira, sucessor da Patrulha Nick. O objetivo do programa era criar uma interação maior da Nickelodeon com seus telespectadores. Os três apresentadores de Nickers eram: Américo Neto (ex-repórter-mirim da Rede Record); Dinho (ex-Patrulheiro) e Bianca (banda Leela). Além disso, os apresentadores Gabi (Gabriela França) e Lipe (Felipe Nigro) ainda faziam parte do casting do programa, então era normal eles aparecerem de vez em quando, mesmo como repórteres, como na maioria das vezes, afinal, eles eram os apresentadores mais rentáveis do programa. O programa era dividido em seis blocos, e entre eles eram transmitidos desenhos, videoclipes, humor, games e música ao vivo (a cada semana, uma banda diferente era convidada).

Entre os vários quadros de Nickers estão o Playlist 10, com os dez clipes mais votados pela Internet; Nickershow, um tipo de show de calouros onde os telespectadores podem mostrar seu talento; Na Sua Casa, com o programa gravado diretamente da casa do telespectador; Os 5+, com as cinco coisas que todo mundo já viveu (especialmente gafes), e Wow Ploft Pow!!!, com os apresentadores cumprindo uma “missão impossível” enviada pelo telespectador. Nickers era apresentado de segunda a sexta, das 18h30 às 20h.

Nick Flash[editar | editar código-fonte]

Era apresentado por HD. Falava sobre diversos assuntos e jogos Trakinas.

Lista de Produções[editar | editar código-fonte]

Programação estrangeira[editar | editar código-fonte]

O Nickelodeon Brasil é responsável por exibir séries e animações originais e exibidas nos Estados Unidos pelo canal Nickelodeon, além de outros programas exibidos pelo canal Nicktoons e TeenNick (existentes somente nos EUA e a Nicktoons no México ). Também exibe animações pré-escolares dentro do bloco Nick Jr. como Dora, a Aventureira e Bubble Guppies. Dentre suas séries mais famosas estão iCarly e Big Time Rush e suas animações de maior sucesso são Bob Esponja, Calça Quadrada, Os Padrinhos Mágicos, Os Pinguins de Madagascar e a franquia Avatar: A Lenda de Aang e A Lenda de Korra.

Blocos de programação[editar | editar código-fonte]

Nicktoons[editar | editar código-fonte]

Logotipo do Nicktoons e do canal Nicktoons.
Ver artigo principal: Nicktoons

O Nicktoons foi o primeiro bloco de animação da Nickelodeon Brasil. Foi lançado primeiramente no dia 24 de dezembro de 1996 com A Vida Moderna de Rocko. A programação foi tão bem recebida que existe até hoje. Atualmente, os Nicktoons preferidos pelo público brasileiro são: Bob Esponja Calça Quadrada e Os Padrinhos Mágicos.

Nick@Nite[editar | editar código-fonte]

Logotipo do bloco.
Ver artigo principal: Nick@Nite

Nick@Nite surgiu nos Estados Unidos em 1 de julho de 1985. O bloco foi criado para o público mais velho tendo em mente entre 17 e 40 anos. Em 2006, após 21 anos de espera, a Nickelodeon Brasil e a da América Latina, lançaram o bloco com clássicos dos anos 60, 70, 80 e 90, junto com algumas séries originais do canal. Antigamente iniciava às 23h00min, os desenhos foram perdendo espaço na programação para séries e algumas animações estão sendo exibidas de Madrugada. O atual Nick@Nite brasileiro é uma mistura do extinto Nick Hits com o original e exibe também séries de produção recente, o que de certa forma descaracteriza o bloco. Tal fato gera polêmica, pois fez com que séries clássicas como Os Castores Pirados, Clarissa Sabe Tudo (dentre outras) cedessem espaço para séries recentes como Manual de Sobrevivencia Escolar do Ned, Zoey 101, diferindo muito do extinto bloco e do Nick@Nite da mesma época. O bloco foi extinto da programação da Nickelodeon Brasil e América Latina no dia 1 de janeiro de 2015.

Nick Jr.[editar | editar código-fonte]

Logotipo do bloco e do canal.
Ver artigo principal: Nick Jr.

A programação matinal do canal Nickelodeon dedicada ao público pré-escolar entre 3 a 7 anos estreou em 1999. Há várias atrações para o público. Recentemente, Nickelodeon lançou o canal Nick Jr. devido ao seu grande sucesso em séries para esta faixa-etária. O censor responsável é a MTV Networks e Viacom. Está disponível nas operadoras Claro TV (Canal 107 SD/607 HD), Oi TV (Canal 88/118 HD) ,Vivo TV (Canal 324), Vivo TV (Canal 26), Sky Brasil (Canal 458) e na NET (Canal 132/107 SD/607 HD)

Premiações[editar | editar código-fonte]

Nickelodeon Kids' Choice Awards[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Nickelodeon Kids' Choice Awards

O festival de premiação televisivo americano Kids' Choice Awards da Nickelodeon Brasil, conhecido como KCA, onde estrelam várias estrelas do público juvenil internacional das categorias televisão, cinema e música, foi dublado para exibição no Brasil a partir de 1999.

No show, os indicados são escolhidos pelos telespectadores do canal americano.

Meus Prêmios Nick[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Meus Prêmios Nick

Versão brasileira do Americano Kids' Choice Awards foi lançado em 1999, o Meus Prêmios Nick foi criado pela Viacom Networks Brasil e MTV Networks. O telespectador deve votar em diversas categorias e os artistas mais votados recebem o Zeppy, o troféu da premiação.

Audiências[editar | editar código-fonte]

Em 7 de dezembro de 2015 foi divulgado uma pesquisa feita pelo IBOPE que apontou que o canal apareceu na 8ª posição dos canais vistos na TV por assinatura, o canal ainda oscila bastante dentro do Top 10, mas sem sair dele. A pesquisa recente divulgou que o canal da Viacom está na 8ª posição com 0,42% de audiência, o mesmo com o canal Space da Turner Broadcasting System que dividi a 8ª posição com a Nickelodeon Brasil.[3][4] [5][6]Atualmente o canal vem despencando em audiência depois de um forte crescimento de canais focados em programação para o público pré-escolar (2 à 7 anos) como o Gloob e o Boomerang, em maio de 2016 a Nickelodeon Brasil apareceu na 13ª posição com 0,29% em audiência 4 posições abaixo do Gloob e 5 acima do Boomerang.[7]

Slogans[editar | editar código-fonte]

  • Ligue Nick, Fique Nick (2002-2005)
  • Só na Nickelodeon (2010-presente)
  • Só na Nick (2006-presente)
  • Na Nickelodeon (2010-presente)
  • Na Nick (2006-presente)
  • Aquí na Nick (2015-presente)

Notas e referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]