Nicky Romero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nicky Romero - logo.png
Informação geral
Nome completo Nick Rotteveel
Também conhecido(a) como Nicky Romero
Nascimento 6 de janeiro de 1989 (27 anos)
Local de nascimento Amerongen, Utrecht
 Países Baixos
Gênero(s) EDM, House, Progressive House, Electro House
Ocupação(ões) Produtor musical, DJ, remixer, músico
Instrumento(s) Logic Pro, instrumento de teclas, mixer, sintetizador
Período em atividade 2007–presente
Gravadora(s) Protocol Recordings, Spinnin' Records, Cr2 Records, Fly Eye, Musical Freedom, Revealed Recordings, Toolroom Records
Afiliação(ões) Avicii, Bingo Players, Calvin Harris, David Guetta, Hardwell, Krewella, NERVO, Stadiumx, Vicetone, Volt & State, Zedd
Página oficial nickyromero.com

Nick Rotteveel (Utrecht, 6 de janeiro de 1989), mais conhecido por seu nome artístico Nicky Romero, é um DJ, compositor e produtor musical holandês. Já trabalhou e recebeu o apoio de grandes DJ's, como Tiësto, Fedde le Grand, Sander van Doorn, David Guetta, Calvin Harris e Avicii.[1] Atualmente ele ocupa a 18ª posição no Top 100 do Ranking anual da DJ Magazine. Ele é muito conhecido pelo seu grande hit "Toulouse", bem como seu single "I Could Be The One" em parceria com Avicii, que alcançou o topo das paradas no Reino Unido.

Infância[editar | editar código-fonte]

Romero nasceu e foi criado em Amerongen, na Holanda, mudando-se para Kingston, no Canadá, local onde viveu por um ano, e retornando mais tarde ao país de origem para continuar seus estudos.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início da Carreira[editar | editar código-fonte]

Escola nunca foi de seu interesse, por isso, logo após concluir seus estudos, ele começou a trabalhar como garçom, por um tempo, em um bar, local que o fez despertar para o mundo da música eletrônica e para começar a ser um DJ, foi também quando começou a produzir música. Finalmente, ele assinou com sua primeira gravadora, Once Records, onde em seguida lançou as faixas "Privilege" e "Qwerty". Pouco depois a faixa intitulada "Funktion One" foi lançada. Daquele momento em diante tudo rapidamente mudou. O DJ e produtor holandês, Madskillz, assinou "Funktion One" com Azucar (gravadora de Madskillz e Gregor Salto) em conjunto com a faixa "Hear My Sound". Em 2009, ele remixou a faixa de Sidney Samson e Tony Cha Cha, "Get on the Floor", etambém fez um bootleg para David Guetta de "When Love Takes Over". Ambas as faixas tiveram grande publicidade, o que fez a Ministry of Sound entrar em contato com ele, para que ele remixasse algumas faixas da gravadora. Aos poucos, alguns vídeos foram surgindo no YouTube, com vários DJs tocando o bootleg de Nicky Romero de "When Love Takes Over". No mesmo ano, ele também fez um remix da faixa "Alamo", de Dirty South.

Nicky Romero no Factory Cleanhoven

Em 2010, Nicky surgiu com uma nova faixa chamada "My Friend" (lançado pela Spinnin' Records), que apresenta uma amostra da conhecida faixa de Groove Armada, que possui o mesmo nome. A combinação entre Groove Armada e o inovador som de Romero, resultou em uma grande faixa. "My Friend" foi tocada por Tiesto, Axwell, Fedde le Grand, Sander van Doorn e muitos mais. Essa faixa alcançou a 4ª posição no ranking principal do Beatport, 1ª posição no ranking da Dance-Tunes e várias outras rankings de DJ famosos. Em 2011, vimos Romero liberar muitos remixes, tais como "Where The Girls At", de David Guetta com Flo Rida e Nicki Minaj, "What A Feeling" de Alex Gaudino com Kelly Rowland, "Stronger", de Erick Morillo & Eddie Thoneick com Shawnee Taylor, "Where Is The Love", de Eddie Thoneick e "Rockin 'High", de Ben Liebrand.

2012-2013: Sucesso no Mainstream[editar | editar código-fonte]

Nicky Romero no TomorrowWorld 2013.

Em 2012, Romero alcançou popularidade com a gravação do single "Toulouse", tornando-se um dos pilares no top 10 da Beatport por um período significativo de tempo.[1] Reconhecendo o seu talento, a MTV nomeou um artista EDM para assistir em 2012.[3] Sua popularidade tem aumentado nos últimos anos, atingindo uma residência conjunta com David Guetta na festa na região de Ibiza no verão de 2012.[4]

Em outubro de 2012, Nicky Romero recebeu o prémio DJ Mag de "Highest New Entry", alcançando a posição de número 17, em conjunto com Skrillex e Dash Berlin.[5][6] No mesmo ano, Romero juntou-se com Avicii, para produzir o single "I Could Be the One", que obteve um enorme sucesso por toda Europa, especialmente no Reino Unido, onde o single estreou na posição de número 1 nas paradas musicais da UK Singles Chart, em 17 de fevereiro de 2013, tornando-se também a primeira canção de Nicky Romero e Avicii a alcançar o topo nas paradas britânicas.[7] Na UK Dance Chart, "I Could Be The One" estreou na 1ª posição, à frente da canção "Harlem Shake", do DJ Baauer, que entrou na 2ª posição. Na sequência de "I Could Be the One", em 2013, Romero lançou seu tão esperado single "Symphonica", que chegou ao número 1 no ranking principal do Beatport Top 100.[8] Seu próximo lançamento, "Legacy", com colaboração de Krewella, também alcançou o sucesso e a 1ª posição no Beatport.[9] Romero, em seguida, teve uma colaboração com Sunnery James & Ryan Marciano, "SOTU", que ele foi lançada pela Size Records, de Steve Angello.[10] Em meio a seus lançamentos durante o ano, ele se apresentou como um DJ residente no clube The Light Las Vegas e também em inúmeros grandes festivais, como Ultra Music Festival [11], Coachella [12], Electric Daisy Carnival, em Las Vegas [13] e Porto Rico [14], Sensation, e Tomorrowland, entre outros. Uma de suas apresentações mais notáveis foi durante o TomorrowWorld, onde foi um dos primeiros atos de música para apresentar uma experiência de performance interativa usando o Google Glass.[15]

Em outubro de 2013, Romero alcançou a 7ª posição no ranking anual do Top 100 DJs da DJ Magazine.[16]

Durante esse período, Nicky Romero também criou seu próprio selo e gravadora, a Protocol Recordings, com o objetivo de divulgar os trabalhos de jovens produtores e talentos do mundo da música eletrônica, em conjunto também com seu rádio show semanal, Protocol Radio.

2014-2015: Consolidação da Carreira e Luta contra a Ansiedade[editar | editar código-fonte]

Romero continuou a figurar em todas os rankings com a sua música e de sua gravadora, e depois de muito tempo em seu estúdio, ele finalmente lançou o single chamado "Feet On The Ground" que conta com vocais da cantora holandesa Anouk. Ele também revelou que está trabalhando em seu primeiro álbum de estúdio. Em Outubro de 2014, Nicky Romero lança seu mais novo single, em conjunto com Vicetone e participação da banda holandesa When We Are Wild, "Let Me Feel".

Em paralelo com sua música, ele está envolvido em diferentes tipos de projetos de caridade, como "10.000 Hours – People Planet Party", que tem o objetivo de ajudar a renovar playgrounds para as crianças desfavorecidas. Em agosto de 2014, Nicky uniu-se com a EDM lifestyle, de Electric Family, para produzir uma pulseira de colaboração, em que 100% das vendas são doados ao instituto que combate o câncer, Fuck Cancer.

Legacy foi utilizada pela rede de televisão australiana, Channel Seven, em chamadas ao vivo para o retorno da temporada de 2014 do seriado Revenge. Após da apresentação de Legacy durante o grande torneio de tênis, Australian Open 2014, a canção entrou na 50ª posição no ranking da Austrália. Em 16 de Fevereiro, Legacy alcançou a 44ª posição.[17]

Em 2015, Nicky Romero continuou a produzir muitas canções e se apresentar em grandes festivais, como Tomorrowland Brasil, Ultra Music Festival e Lollapalooza, no Chile e na Argentina. Durante sua apresentação no palco principal do Ultra Music Festival em Miami, ele apresentou sua mais nova canção chamada "Warriors", em parceria com Volt & State. Em Junho, Nicky Romero libera o single "Lighthouse", que mais tarde ganharia um vídeo clipe, que compõe a primeira parte da trilogia musical de Romero intitulada Nicky Romero Trilogy.[18] No começo de Agosto, Lighthouse alcançou a 50ª posição na lista Hot Dance/Electronic Songs, da Billboard.[19]

No final de 2015, Nicky Romero revelou em uma mensagem em sua página oficial do Facebook, que estava sofrendo com problemas de ansiedade por dois anos e meio, problema o qual não tinha êxito para solucionar, até que por fim tinha encontrado um PDF online que o ajudou a superar o problema. Na mesma mensagem acrescentou que devido ao problema, suas produções foram afetadas e por esse motivo, a falta de lançamento de muitas canções durante esse período.[20] Após a superação do problema, em Dezembro de 2015, ele lança finalmente sua faixa "Harmony", em parceria com Stadiumx.

2016-presente: Álbum e novas produções[editar | editar código-fonte]

No início de 2016, Nicky Romero começa o ano completamente recuperado de sua luta contra a Ansiedade, e planeja o lançamento de várias faixas ao longo do ano. Em Fevereiro, Romero, em parceria com a empresa de bebidas, Olmeca Tequila, esteve na capital da África do Sul, Cidade do Cabo, com 100 fãs, escolhidos a partir de uma promoção entre ambos, para gravar um videoclipe de sua nova música.[21] No fim do mesmo mês, Nicky Romero libera seu novo single "Future Funk", em parceria com o lendário guitarrista, Nile Rodgers.[22] Future Funk compõe a segunda parte da trilogia musical de Romero, intitulada Nicky Romero Trilogy.[23] Em Março, Future Funk alcançou a 45ª posição na lista Hot Dance/Electronic Songs[24] e 24ª posição na lista Dance/Electronic Digital Songs[25], da Billboard.

No final de Abril, Nicky Romero se apresentou novamente no palco principal da segunda edição do Tomorrowland Brasil.[26] Neste ano, Romero além de se apresentar no palco principal do festival, também se apresentou no palco de sua gravadora, Protocol Recordings, que contou com participações dos DJs brasileiros, JAKKO e Raul Mendes, bem como alguns artistas da gravadora, como Arno Cost, Volt & State, Deniz Koyu e Stadiumx.[27]

No começo de Maio, Nicky Romero libera mais um novo single "Novell". Novell é uma das primeiras faixas produzidas por Romero depois de está livre do problema de Ansiedade, como foi revelado pelo mesmo, e também é a primeira faixa de carácter instrumental desde o lançamento de "Symphonica", em 2013. A faixa leva o mesmo nome do filho de seu grande amigo e Tour Manager de Romero, Hatim El Khatib, como uma forma de homenagem do DJ, ao seu companheiro de shows e turnês durante sua carreira.[28] Na sequência, Romero lança "The Moment", seu terceiro single do ano, que corresponde a uma nova versão de seu single anterior, Novell, com os vocais do cantor e compositor inglês, Eric Lumiere.[29] Ambos os singles, The Moment e Novell, rapidamente alcançaram a 1ª posição no ranking de Progressive House no Beatport.

Ao longo do primeiro semestre de 2016, Nicky se apresentou em grandes festivais, como no Summerburst[30], na Suécia e Kingsland Festival, The Flying Dutch[31] e Sensation Amsterdam, nos Países Baixos. Em Junho, Nicky Romero completou 200 episódios de Protocol Radio, seu rádio show semanal.[32]

Outras Produções[editar | editar código-fonte]

Ao lado de todos os singles de Nicky Romero, ele também produziu a canção "Right Now" (com participação de David Guetta) no álbum Unapologetic (2012), da cantora Rihanna,[33] que foi lançado 19 de novembro de 2012. Ele co-produziu e escreveu "It Should Be Easy" de Britney Spears para seu oitavo álbum de estúdio Britney Jean.

Romero também co-produziu "Bang My Head" (com participação de Sia Furler) e "No Money No Love" (com Showtek) do sexto álbum de estúdio de David Guetta, Listen.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2015 We Are Your Friends Ele Próprio

Singles[editar | editar código-fonte]

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Lista de singles como artista principal, mostrando posições em paradas músicais selecionadas, certificações e álbuns
Título Ano Posições em paradas músicais Certificações Álbum
NLD
[34]
AUS
[35]
AUT
[36]
BEL
[37]
FRA
[38]
GER
[39]
SWE
[40]
SWI
[41]
UK
"Toulouse" 2012 92 Non-album singles
"Like Home"
(with NERVO)
81 76 37 33
"I Could Be the One"
(vs. Avicii)
15 4 15 8 22 37 3 26 1
"Legacy"
(vs. Krewella)
2013 44
"Feet On The Ground"
(with Anouk)
2014 80
"Let Me Feel"
(with Vicetone featuring When We Are Wild)
"Warriors"
(vs. Volt & State)
2015
"Lighthouse" 38
"Harmony"
(with StadiumX)
"Future Funk"
(with Nile Rodgers)
2016
"Novell"
"The Moment (Novell)"
"Ready 2 Rumble"
"Take Me"
(featuring Colton Avery)
"—" indica que a gravação não foi incluída nas paradas ou não foi distribuída naquela região.

Remixes[editar | editar código-fonte]

2008
  • Prunk Le Funk – Chronology (Nicky Romero Remix)
2009
  • Mell Tierra and Sebastian D featuring Stanford – Maximize (Nicky Romero Remix)
  • Steff Da Campo vs. Ecoustic featuring Lady Rio – Freakybeatza (Nicky Romero & Praia Del Sol Remix)
  • Sidney Samson and Tony Cha Cha – Get on the Floor (Nicky Romero Remix)
  • DJ Jean – Play That Beat (Nicky Romero Mix)
  • Pizetta featuring Reagadelica – Klezmer (Nicky Romero Remix)
  • Quintino featuring Mitch Crown – Heaven (Nicky Romero Remix)
  • Firebeatz and Apster – Skandelous (Nicky Romero Remix)
  • DJ Rose – Twisted (Nicky Romero Remix)
  • Quintin vs. DJ Jean – Original Dutch (Nicky Romero Remix)
  • Michael Mendoza featuring I Fã – Be Without You (Nicky Romero Remix)
  • David Guetta – When Love Takes Over (Nicky Romero Bootleg)
  • DJ Jose – Like That (Nicky Romero Bigroom Remix)
2010
  • Ian Carey featuring Michelle Shellers – Keep on Rising (Nicky Romero Remix)
  • Hardwell and Funkadelic – Get Down Girl (Nicky Romero Remix)
  • Sol Noir – Superstring (Nicky Romero Remix)
  • Sivana – Confusion (Nicky Romero Radio Edit)
  • Grooveyard – Mary Go Wild (Nicky Romero Remix)
  • Housequake – People Are People (Nicky Romero Remix)
  • Fedde Le Grand featuring Mitch Crown – Rockin' High (Nicky Romero Remix)
  • DJ Jesus Luz and Alexandra Prince – Dangerous (Nicky Romero Festival Mix)
  • Ned Shepard – Chromatic (Nicky Romero & Nilson Remix)
  • Green Velvet – Flash (Nicky Romero Remix)
2011
2012
2013
2014
  • John Christian – Next Level (Nicky Romero Edit)
  • Cygnus X – Superstring (Nicky Romero 2014 Rework)
2015
  • One Direction18 (Nicky Romero Remix)
  • Magnificence and Alec Maire featuring Brooke Forman - Heartbeat (Nicky Romero Edit)

Referências

  1. a b http://www.musicradar.com/news/tech/in-pictures-nicky-romero-and-his-suburban-studio-532921
  2. Nicky Romero (2012). «Info». Nicky Romero. Nicky Romero. Consultado em 12 de abril de 2013. 
  3. http://www.mtv.com/news/articles/1677064/edm-rookies-2012.jhtml
  4. http://www.dancingastronaut.com/2012/03/an-afternoon-with-nicky-romero-and-mync-miami-2012-ibiza-residencies-and-more/
  5. http://www.djmag.com/node/34707
  6. http://www.nickyromero.nl/2012/10/23/nicky-romero-reaches-17-on-dj-mag-top-100/
  7. http://www.officialcharts.com/chart-news/avicii-and-nicky-romero-scoop-first-uk-number-1-single-1863/
  8. «Another #1 on Beatport – Nicky Romero – Symphonica | Global Contect Protection». www.globalcontentprotection.com. Consultado em 2016-01-08. 
  9. «Nicky Romero and Krewella take the #1 position with "Legacy"». Beatport News (em inglês). Consultado em 2016-01-08. 
  10. «Nicky Romero, Sunnery James & Ryan Marciano - S.O.T.U. (Original Mix) - Dancing Astronaut». Dancing Astronaut (em inglês). Consultado em 2016-01-08. 
  11. «Ultra Music Festival 2013 reveals phase two lineup: The Weeknd, Sleigh Bells, Skrillex». Consequence of Sound (em inglês). plus.google.com/106441850232127606391. Consultado em 2016-01-08. 
  12. «Coachella Lineup 2013: Stone Roses, Blur, Postal Service Reunion, and More | SPIN». Spin. Consultado em 2016-01-08. 
  13. «EDC 2013 reveals its lineup!». LasVegasWeekly.com. Consultado em 2016-01-08. 
  14. «Announcement: EDC Puerto Rico Lineup And Travel Packages». Vibe. Consultado em 2016-01-08. 
  15. «Nicky Romero Shares TomorrowWorld Experience Through Google Glass - EDMTunes». EDMTunes (em inglês). Consultado em 2016-01-08. 
  16. «Poll 2013: Nicky Romero». DJMag. Consultado em 2016-01-08. 
  17. «australian-charts.com - Nicky Romero vs. Krewella - Legacy». australian-charts.com. Consultado em 2016-01-08. 
  18. «Parte I. Lighthouse - Trilogy - Nicky Romero». Trilogy - Nicky Romero. plus.google.com/109055597614141790873/. Consultado em 2016-01-08. 
  19. «Nicky Romero - Chart history | Billboard». www.billboard.com. Consultado em 2016-01-08. 
  20. «Nicky Romero abre o jogo e afirma que sofria de ansiedade | Beatland». Beatland. Consultado em 2016-01-08. 
  21. «Night assembly». OlmecaDJ. Consultado em 2016-07-06. 
  22. «Nicky Romero & Nile Rodgers - Future Funk | Out Now» (em inglês). 2016-02-26. Consultado em 2016-07-06. 
  23. «Parte II. Future Funk - Trilogy - Nicky Romero». Trilogy - Nicky Romero. Consultado em 2016-07-06. 
  24. «Nicky Romero - Chart history | Billboard». www.billboard.com. Consultado em 2016-07-06. 
  25. «Nicky Romero - Chart history | Billboard». www.billboard.com. Consultado em 2016-07-06. 
  26. «Nicky Romero - Live at Tomorrowland Brasil 2016 - Nicky Romero» (em inglês). 2016-05-10. Consultado em 2016-07-06. 
  27. «Protocol Stage at Tomorrowland Brasil 2016 - Nicky Romero» (em inglês). 2016-05-18. Consultado em 2016-07-06. 
  28. «Novell is Out Now! - Nicky Romero» (em inglês). 2016-05-02. Consultado em 2016-07-06. 
  29. «The Moment (Novell) is Out Now! - Nicky Romero» (em inglês). 2016-06-17. Consultado em 2016-07-06. 
  30. «Summerburst Festival 2016 - Nicky Romero» (em inglês). 2016-06-01. Consultado em 2016-07-06. 
  31. «The Flying Dutch Recap - Nicky Romero» (em inglês). 2016-06-08. Consultado em 2016-07-06. 
  32. «200th Episode of Protocol Radio! - Nicky Romero» (em inglês). 2016-06-14. Consultado em 2016-07-06. 
  33. http://www.nu.nl/muziek/2953928/nicky-romero-kreeg-kippenvel-van-rihanna.html
  34. «Nicky Romero discography». dutchcharts.nl (em Dutch). Hung Medien. Consultado em December 1, 2016. 
  35. «Nicky Romero discography». australian-charts.com. Hung Medien. Consultado em December 1, 2016. 
  36. «Nicky Romero discography». austriancharts.at (em German). Hung Medien. Consultado em December 1, 2016. 
  37. «Nicky Romero discography». ultratop.be (em Dutch). Hung Medien. Consultado em December 1, 2016. 
  38. «Nicky Romero discography». lescharts.com (em French). Hung Medien. Consultado em December 1, 2016. 
  39. «Nicky Romero» (em alemão). GfK Entertainment. Consultado em December 1, 2016. 
  40. «Nicky Romero discography». swedishcharts.com. Hung Medien. Consultado em December 1, 2016. 
  41. «Nicky Romero discography». swisscharts.com. Hung Medien. Consultado em December 1, 2016. 
  42. «ARIA Charts – Accreditations – 2013 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 1 April 2015. 
  43. «Certified Awards» (enter "Nicky Romero" into the "Keywords" box, then select "Search"). British Phonographic Industry. Consultado em 1 April 2015. 
  44. «Gold & Platinum: Nicky Romero». Recording Industry Association of America. Consultado em 1 April 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]