Nico Minoru

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nico Minoru
Nico Minoru (Fugitivos Vol 1 1).jpg
Arte de Jo Chen.
Criado por Brian K. Vaughan
Adrian Alphona
Primeira aparição Fugitivos #1 (Julho de 2003)
Editora(s) Marvel Comics
Codinomes conhecidos Irmã Grimm
Habilidades Manipulação Mágica através do Cajado do Absoluto

Nico Minoru, também brevemente conhecida como Irmã Grimm, é uma personagem fictícia, uma super-heroína que aparece nas revistas em quadrinhos americanas publicadas pela Marvel Comics. Nico Minoru foi criada pelo escritor Brian K. Vaughan e pelo artista Adrian Alphona, e a sua primeira aparição foi em Fugitivos #1 (Julho de 2003). Como todos os membros dos Fugitivos originais, ela é filha de vilões malignos com habilidades especiais; no caso de Nico, bruxos das trevas. Ao descobrir, Nico foge com o resto dos Fugitivos, mas depois descobre que ela herdou a aptidão mágica de seus pais. Sempre que Nico sangra, um poderoso cajado surge de seu peito, permitindo que Nico use magia.

A partir do segundo volume de Fugitivos, Nico se torna a líder de sua equipe de super-heróis. A marca registrada de Nico é seu elaborado e ornamentado guarda-roupa gótico. Nico é uma feiticeira como seus pais e sua bisavó antes dela e pode lançar quase qualquer feitiço imaginável com seu cajado, exceto que ela não pode lançar o mesmo feitiço duas vezes, ou a magia falhará e um efeito aleatório ocorrerá. Nico usa seus talentos para compensar as ações vilanescas dos pais dela e impedir que alguém assuma o lugar do Orgulho no topo do crime organizado em Los Angeles.

A personagem é interpretada por Lyrica Okano na série de televisão do Hulu, Runaways.[1]

Publicação[editar | editar código-fonte]

Nico Minoru apareceu pela primeira vez em Fugitivos #1 (Julho de 2003) e foi criada por Brian K. Vaughan e Adrian Alphona. No passo original de Brian K. Vaughan para a série, Nico Minoru se chamava Rachel Messina. Seus pais ainda eram mágicos, mas posavam como antiquários ricos; esta história de disfarce foi usada para os pais viajantes do tempo de Gert.[2] A fonte de poder de Nico não era originalmente o cajado de sua mãe, mas o livro de feitiços de Robert Minoru.[2]

Biografia ficcional da personagem[editar | editar código-fonte]

Todos os anos, os pais de Nico se juntavam a outros cinco casais em um evento de caridade; um ano, Nico e as outras crianças espiaram seus pais.[3] Nico fica chocada ao descobrir que seu pai fala um encantamento, e depois de testemunhar o assassinato de uma menina inocente por seus pais ("o Orgulho"), Nico se junta aos outros para fugir de seus pais.[4] Enquanto fugindo, Nico encontra seus pais. Sua mãe, empunhando uma grande cajado com uma bola no final ("O Cajado do Absoluto"), revela que ela e o pai de Nico são magos das trevas; ela então tenta enfiar o cajado no peito de Nico. O corpo de Nico o absorve. Depois que ela é ferida pelo machado de batalha-Samurai de Dale Yorkes, o cajado re-surge de seu peito, o que leva Nico a usar a frase "Congelar" e congelar Stacey Yorkes. É revelado que Nico é uma bruxa, e que a cajado só emerge quando ela sangra.[5] Algumas vezes depois de fugir, Nico assume o nome de Irmã Grimm para escapar do nome que seus pais lhe deram, mas deixa isso depois de um tempo.[6] Depois que o líder da equipe, Alex, se revela um traidor e é derrotado junto com o Orgulho, Nico é aceita como a líder do grupo.[7]

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Nico Minoru aparece na série de televisão do Hulu, Runaways, intepretada por Lyrica Okano.[1] Esta versão de Nico se tornou gótica após a morte de sua irmã, Amy Minoru.

Jogos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Strom, Marc (2 de fevereiro de 2017). «'Marvel's Runaways' Finds Its Cast» (em inglês). Marvel.com. Consultado em 2 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 2 de fevereiro de 2017 
  2. a b K. Vaughan, Brian; Adrian Alphona (10 de agosto de 2005). Runaways, Vol. 1 HC. Col: Fugitivos (em inglês). 1. [S.l.]: Marvel.com. 448 páginas. ISBN 0-7851-1876-4. Consultado em 4 de novembro de 2008 
  3. Brian K. Vaughan (escritor), Adrian Alphona (desenhista), David Newbold (arte-finalista). Fugitivos v1, 1 (Julho de 2003), Marvel Comics
  4. Brian K. Vaughan (escritor), Adrian Alphona (desenhista), David Newbold (arte-finalista). Fugitivos v1, 2 (Agosto de 2003), Marvel Comics
  5. Brian K. Vaughan (escritor), Adrian Alphona (desenhista), David Newbold (arte-finalista). Fugitivos v1, 5 (Novembro de 2003), Marvel Comics
  6. Brian K. Vaughan (escritor), Adrian Alphona (desenhista), Craig Yeung (arte-finalista). Fugitivos v1, 10 (Março de 2004), Marvel Comics
  7. Brian K. Vaughan (escritor), Adrian Alphona (desenhista), Craig Yeung (arte-finalista). Fugitivos v1, 13 (Maio de 2004), Marvel Comics
  8. «GO INSIDE AVENGERS ALLIANCE: SPEC OP - RUNAWAYS» (em inglês). Marvel.com. 24 de março de 2015. Consultado em 20 de março de 2018 
  9. «SECRET WARS ERUPTS IN 'MARVEL FUTURE FIGHT'» (em inglês). Marvel.com. 26 de agosto de 2015. Consultado em 20 de março de 2018 
  10. «Marvel's Women of Power Now Available!» (em inglês). Zen Studios – Zen of Gaming. Consultado em 20 de março de 2018 
  11. «PIECING TOGETHER MARVEL PUZZLE QUEST: NICO MINORU» (em inglês). Marvel.com. 28 de novembro de 2017. Consultado em 20 de março de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma banda desenhada da Marvel Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.