Nicolás de Jesús López Rodríguez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Nicolás de Jesús López Rodríguez
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo emérito de Santo Domingo

Título

Primaz emérito das Índias
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Santo Domingo
Nomeação 15 de novembro de 1981
Predecessor Dom Octavio Antonio Cardeal Beras Rojas
Sucessor Dom Francisco Ozoria Acosta
Mandato 1981 - 2016
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 18 de março de 1961
por Dom Francisco Panal Ramírez, O.F.M.Cap.
Nomeação episcopal 16 de janeiro de 1978
Ordenação episcopal 25 de fevereiro de 1978
por Dom Octavio Antonio Cardeal Beras Rojas
Nomeado arcebispo 15 de novembro de 1981
Cardinalato
Criação 28 de junho de 1991
por Papa João Paulo II
Ordem Cardeal-presbítero
Título São Pio X na Balduina
Brasão
Coat of arms of Nicolas de Jesus Lopez Rodriguez.svg
Lema FORTES IN FIDE
Dados pessoais
Nascimento Barrancas
31 de outubro de 1936 (85 anos)
Nacionalidade dominicano
Funções exercidas -Bispo de San Francisco de Macorís (1978-1981)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Nicolás de Jesús López Rodríguez (Barrancas, 31 de outubro de 1936) é um cardeal da República Dominicana, arcebispo emérito de Santo Domingo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou no Pontifício Seminário "Santo Tomás de Aquino", em Santo Domingo, quando recebeu a ordenação presbiteral no dia 18 de março de 1961, pelas mãos de Dom Francisco Panal Ramírez, OFM. Estudou também no Centro Internacional para a Formação Sociológica do Clero, na Pontifícia Universidade São Tomás de Aquino, onde se doutorou em ciências sociais e na Pontifícia Universidade Gregoriana, de Roma.[1]

Cardenal Nicolás de Jesús López - Pascua 2013 - 6.jpg

Nomeado bispo de San Francisco de Macorís pelo Papa Paulo VI em 16 de janeiro de 1978, foi consagrado em 25 de fevereiro, pelo cardeal Octavio Antonio Beras Rojas, arcebispo de Santo Domingo, coadjuvado por Juan Antonio Flores Santana, bispo de La Vega, e por Jesús María De Jesús Moya, bispo-auxiliar de Santiago de los Caballeros.[1][2] O seu lema é Fortes In Fide, que significa "Fortes na Fé", retirado da Primeira Carta de São Pedro, capítulo 5, versículo 9.

Tornou-se Reitor da Universidade de San Francisco de Macorís, entre 1979 e 1984. Foi promovido a arcebispo metropolitano e primacial de Santo Domingo em 15 de novembro de 1981, além de Grão-chanceler da Universidade Católica Santo Domingo. Torna-se Ordinário Militar da República Dominicana em 4 de abril de 1982. Foi eleito presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano, cargo que exerceu de 25 de abril de 1991 a 1994.[1][2]

Foi anunciado em 29 de maio de 1991 pelo Papa João Paulo II a sua criação como cardeal, no Consistório de 28 de junho, quando recebeu o barrete cardinalício, o anel cardinalício e o titulus de cardeal-presbítero de São Pio X na Balduina.[1][2]

Em 4 de julho de 2016, o Papa Francisco aceitou sua renúncia ao governo pastoral da arquidiocese metropolitana de Santo Domingo e, em 2 de janeiro de 2017, aceitou sua renúncia ao governo pastoral do Ordinariato Militar da República Dominicana.[1][2]

Conclaves[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. a b c d Catholic Hierarchy

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Nicolás de Jesús López Rodríguez
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Nicolás de Jesús López Rodríguez


Precedido por
Ereção da Diocese
Brasão episcopal
Bispo de San Francisco de Macorís

19781981
Sucedido por
Jesús María de Jesús Moya
Precedido por:
Octavio Antonio Beras Rojas
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo de Santo Domingo

19812016
Sucedido por:
Francisco Ozoria Acosta
Ordinário Militar da República Dominicana
19822017
Precedido por
Darío Castrillón Hoyos
Brasão episcopal
Presidente do Conselho
Episcopal Latino-Americano

19911995
Sucedido por
Óscar Rodríguez Maradiaga, S.D.B.
Precedido por
John Francis Dearden
Cardeal
Cardeal-presbítero de
São Pio X na Balduina

1991
Sucedido por
incumbente