Nicola Siri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde março de 2011) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nicola Siri
Nascimento 20 de setembro de 1968 (47 anos)
Gênova,  Itália
Página oficial
IMDb: (inglês)

Nicola Siri (Gênova, 20 de setembro de 1968) é um ator italiano radicado no Brasil. Filho de pai italiano e mãe brasileira. Foi convidado especial como comentarista esportivo nas transmissões da Eurocopa de 2008, durante os jogos da seleção italiana de futebol. Nicola Siri é um grande fã do Genoa 1893 C.F.C.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Siri participou a Itália de produções para a TV e para o cinema, como “Ormai é fatta!” (1999), “Una vita non violenta” (1999 e ”Emma sono Io”(2002) - até 2002, quando participou da novela “Mulheres Apaixonadas”. Desembarcou no Brasil para um único trabalho e não parou mais.

Participou de novelas como "Os Ricos Também Choram"(SBT),"Belíssima"(Globo), e mais recentemente "Vidas Opostas"(2007), na TV Record. No cinema brasileiro, Nicola Siri estreou em “Subterrâneos” (2003). Em seguida, fez “Diário de um Novo Mundo” . Também faz parte do elenco do curta metragem "14 Bis", sobre a história de Santos Dumont.

Nicola Siri também está no elenco do filme, "Verdades & Mentiras Sobre o Sexo", de Euclydes Marinho. Atuou também, em 2006, na peça de teatro "Uma última cena para Llorca". Em 2007, participou do filme "Valsa para Bruno Stein" e da novela "Amor e Intrigas", da Rede Record.

Em 2009, Nicola Siri volta em mais uma produção da Record, integrando o elenco da novela "Poder Paralelo". Nicola Siri, em 2010, filma o longa metragem "A Casa Elétrica", dirigido por Gustavo Fogaça e produzido pela Panda Filmes, de Porto Alegre.

Televisão[editar | editar código-fonte]

No Brasil
Televisão
Ano Título Papel
2003 Mulheres Apaixonadas Padre Pedro
2005 Os Ricos também Choram Nino Lavecchia
Belíssima Cyro Laurenza
Mandrake Wilson
2006 Avassaladoras - A Série Dr. Márcio
Vidas Opostas Bóris Sanches Pereira (Genaro / Guido / Frederico)
2007 Amor e Intrigas Mário Motta
2009 Poder Paralelo Paulo Garzia
2012 Máscaras Caio Anselmi [1]
2013 Tá Tudo em Casa Joe[2]
2014 Milagres de Jesus Centurião Áquila
O Amor Custa Caro Gerson
Império Dionísio (Chefe do Garimpo)
2016 Totalmente Demais Giancarlo [3]
Na Itália
Televisão
Ano Título
2000 L'impero (minissérie)
Teatro
Teatro
Ano Título
2006 Uma Última Cena para Llorca [4]
2007 Herói [5]

No cinema[editar | editar código-fonte]

Cinema
Ano Título
1999 Una vita non violenta
1999 Ormai è fatta!
2000 Prigioniere del cuore
2001 Diapason
2002 Emma sono io
2002 Papa Giovanni - Ioannes XXIII
2005 De Glauber para Jirges
2005 Diário de um Novo Mundo
2006 14 Bis
2006 Verdades & Mentiras Sobre o Sexo [6]
2007 Valsa para Bruno Stein [7]
2010 Nosso Lar
2011 Meu País
2012 A Casa Elétrica [8]
2015 #garotas - O Filme [9]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.