Nicole Scherzinger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nicole Scherzinger
Scherzinger em Hollywood, Califórnia, agosto de 2012.
Nome de nascimento Nicole Prescovia Elikolani Valiente[1]
Data de nascimento
29 de junho de 1978 (40 anos)
Local de nascimento
Honolulu, Havaí, Estados Unidos
Origem Louisville, Kentucky
Alma mater Wright State University[2]
Ocupação
Período em atividade 1999–presente[3]
Carreira musical
Gênero(s)
Instrumento(s) Vocal
Gravadora(s)
Afiliações
Página oficial nicolescherzinger.com
Signature Nicole Scherzinger.gif

Nicole Scherzinger (nascida Nicole Prescovia Elikolani Valiente;[1] Honolulu, 29 de junho de 1978) é uma cantora, compositora e atriz norte-americana. Scherzinger se tornou internacionalmente conhecida como vocalista principal do girl group The Pussycat Dolls. Antes das Pussycat Dolls, Nicole participou do reality show "Popstars", da The WB, atual The CW,[4][5] que tinha como objetivo formar um grupo feminino. Ao lado de Ivette Sosa, Maile Misajon, Ana Maria Lombo e Rosanna Tavarez, Scherzinger formou o Eden's Crush em 2001. O grupo acabou em 2002, após a falência da gravadora London-Sire Records.

Nicole, então, participou de um teste e se juntou às Pussycat Dolls, enquanto esse ainda era um grupo burlesco. Quando o grupo passou de burlesco para musical, Nicole assumiu o papel de vocalista principal. As Pussycat Dolls lançaram dois álbuns de sucesso, PCD (2005) e Doll Domination (2008), ambos com turnês. Entre os dois álbuns lançados, Scherzinger fez uma tentativa de lançar um álbum solo. Inicialmente, foram lançados dois singles, "Whatever U Like", que não obteve sucesso nas paradas, e, posteriormente, "Baby Love", que teve sucesso no Brasil. Dessa maneira, "Baby Love" foi considerado o primeiro single do álbum. Depois, foram lançadas "Supervillain" e "Puakenikeni", singles digitais e sem sucesso comercial. Devido aos insucessos dos singles, o álbum, que já tinha nome, Her Name Is Nicole, não foi lançado por escolha da própria artista.[6][7]

Após o fim do grupo The Pussycat Dolls, ela venceu a 10ª temporada do reality show norte-americano Dancing with the Stars, ao lado do profissional Derek Hough. Em 2011, Scherzinger lançou seu álbum de estreia solo, Killer Love. O álbum foi certificado com ouro no Reino Unido pelas mais de 100 mil cópias comercializadas no país. Seu carro-chefe, "Poison" alcançou a terceira colocação no Reino Unido e chegou ao primeiro lugar na Escócia; o segundo single do álbum, "Don't Hold Your Breath", alcançou o topo na Escócia e também no Reino Unido, se tornando o single mais bem sucedido de Nicole em sua carreira solo.

O terceiro single, "Right There", se tornou o primeiro solo da cantora a entrar no Hot 100 da Billboard norte-americana e foi número um na Austrália. "Wet" e "Try With Me" encerraram a divulgação do projeto. Em 2014, a cantora lançou seu segundo álbum de estúdio, Big Fat Lie, gerando os singles "Your Love" (top 10 no Reino Unido), "On the Rocks", "Run" e "Bang". Scherzinger foi eleita a nona maior cantora-dançarina de todos os tempos, de acordo com a revista Rolling Stone.[8]

Na televisão, foi jurada da primeira temporada da versão norte-americana do The X Factor em 2011, ao lado de Simon Cowell, Paula Abdul e L.A Reid. Também foi jurada do The X Factor no Reino Unido, ao lado de Louis Walsh, Simon Cowell e Sharon Osbourne.[9]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nicole nasceu em Honolulu, no Havaí. Seu pai biológico, Alfonso Valiente,[10] é de ascendência filipina, e sua mãe, Rosemary,[11] nasceu no Havaí e é descendente de ucranianos. Sua mãe tinha dezoito anos quando Nicole nasceu e morava em um bairro no centro da cidade. Seus pais se separam quando ela tinha seis anos.[12] Sua família materna mudou-se para Louisville, em Kentucky, quando ela tinha seis anos de idade.[13][14] Nicole tem uma irmã chamada Ke'ala, e sua mãe casou-se com um americano descendente de alemães, Gary Scherzinger.[14]

Em entrevista ao tabloide britânico 'Daily Mail', Nicole explicou que ela tinha sido criada com princípios cristãos católicos, no Havaí.[15] Ela diz que não era rica e não tinha nenhum cantor na família, mas, é o que é hoje devido ao apoio de sua mãe. Nicole começou a atuar em Louisville, frequentando o Youth Performing Arts School da duPont Manual High School, chegando a realizar apresentação no "Actors Theatre of Louisville".[14]

Nicole foi vice-campeã no concurso de talentos Coca-Cola Talent Classic em Kentucky State Fair, 1996.[11] Foi Rainha da Festa do bairro de Louisville, uma celebração filipa da área. Ela se formou em teatro e música na Wright State University, onde interpretou Velma Kelly, no musical de Chicago e La Julie Verne em Show Boat.[16] Entretanto, parou seus estudos em 1999, para ser backing vocal da banda de rock Days of the New.

Carreira[editar | editar código-fonte]

1999–2002: Eden's Crush[editar | editar código-fonte]

Nicole aparece no segundo álbum do grupo Days of the New, lançado em 1999. Ela também gravou duas canções com Barry Drake do grupo Fall Out Boy, que foram lançadas em 2001.

Em 2001, Nicole competiu na temporada de estréia da série Popstars do canal WB, onde ganhou uma vaga na girlband Eden's Crush junto com Ivette Sosa, Maile Misajon, Ana Maria Lombo e Rosanna Tavarez.[17] Ela se tornou umas das vocalistas principais do grupo. Em 2001 o grupo lançou seu primeiro single, "Get Over Yourself (Good Bye)", que atingiu o 1° lugar em vendas e as colocando entre as 10 mais no Billboard Hot 100. Elas realizaram uma turnê junto com 'N Sync e Jessica Simpson.[17] "Love This Way" foi o segundo single escolhido do álbum Popstars; porém sua gravadora London-Sire Records se dividiu, e o grupo se separou. A compositora Kara DioGuardi contribui em uma faixa do álbum, que mais tarde foi co-escrita com Nicole Scherzinger para os álbuns PCD, Doll Domination e Her Name Is Nicole. Após o fim do Eden's Crush, Nicole fez algumas aparições utilizando o nome artístico de Nicole Kea, incluindo sua performance de "Breakfast in Bed", para a trilha sonora do filme Como Se Fosse a Primeira Vez, lançado em 2003. Esta faixa foi produzida por Nick Hexum, que foi namorado de Nicole durante três anos.[14]

Nicole trabalhou com Yoshiki Hayashi, da banda japonesa de rock X Japan, em seu álbum "Violet UK". Ela cantou a versão inglês de "I'll Be Your Love", ao vivo com a Orquestra Sinfônica de Tóquio. A canção aparece também em 2003 no álbum Exposition of Global Harmony.

Ver artigo principal: Eden's Crush

2003–2009: The Pussycat Dolls[editar | editar código-fonte]

Scherzinger durante a PCD World Tour no ano de 2006 em Tacoma Dome em Washington DC.

Em maio de 2003, Nicole se juntou ao grupo burlesco The Pussycat Dolls, que estavam se tornando um grupo musical. Ela viu o grupo pela primeira vez no programa The Late Show with David Letterman, em Novembro de 2002, onde Carmen Electra cantou "Big Spender" do musical Sweet Charity. Em 2006, Nicole disse: "Ele chamou a minha atenção porque eu interpretei Velma Kelly, do musica Chicago, na faculdade". Ela declarou que estar à frente do grupo é um "grande desafio", mas, que "toda menina tem algo diferente para trazer e adicionar ao sucesso".[18]

Hoje, as Pussycat Dolls, são conhecidas mundialmente como um grupo pop de cantoras; sete de suas canções já estiveram na Billboard entre as 20 melhores: "Don't Cha", "Beep", "Stickwitu", "Buttons", "Wait a Minute" , "When I Grow Up", "I Hate This Part" e "Jai Ho! (You Are My Destiny)". O álbum PCD, recebeu disco duplo de platina em 2006. Nicole cantou quase todos os vocais principais do álbum, ao lado de Melody Thornton e Carmit Bachar, que contribuíram também. Em 2006, a gravado Interscope Records, revelou que o grupo passaria a ser assalariado, dando a elas um alto nível de controle sobre as finanças do grupo e sobre as decisões empresariais do grupo.

Nicole é a única integrante do grupo com créditos de compositora em PCD; co-escreveu "I Don't Need a Man" com Kara DioGuardi e produção de Rich Harrison e co-escreveu "Buttons" com a produção de Sean Garrett. Outra colaboração com DioGuardi, "Flirt", se tornou o lado-B de "Stickwitu" e uma canção bônus em PCD. Assim como em PCD, Nicole também é a única integrante do grupo a compor canções para o segundo álbum do grupo, Doll Domination. Junto com as Pussycat Dolls, Nicole foi convidada por Ron Fair para gravar a versão inglês de "Jai Ho", single original de A. R. Rahman, para o filme Quem Quer Ser um Milionário?. A nova versão foi intitulada de "Jai Ho! (You Are My Destiny)" e foi lançada, nos Estados Unidos, dia 23 de Fevereiro de 2009, no iTunes, e mundialmente no dia 13 de Fevereiro do mesmo ano. O videoclipe da canção foi gravada em uma estação de trem de Viena e foi lançado em 13 de março de 2009.[19]

Nicole Scherzinger Era um inferno…Eu estava em uma banda com outras cinco meninas e a cada dia era uma tortura pra mim. Estávamos na TV o tempo inteiro e a atmosfera era horrível. Eu era a única que ninguém gostava e não havia nada que eu pudesse fazer para impedir isso. Talvez fosse porquê eu era realmente boa. As outras meninas me achavam exibida e ambiciosa. Elas diziam várias coisas ao meu respeito, tanto na minha cara quanto nas minhas costas…Chorei todos os dias em que estive na banda. A banda foi criada para ser divertida, mas na realidade era miserável…Eu era muito sensível nessa época, mas comecei a controlar meu temperamento. Eu não poderia ser uma Doll sem minha experiência no Crush. Nicole Scherzinger

—Nicole Scherzinger, para o Daily Mail[15]

A cantora Nicole Scherzinger teria anunciado sua saída do grupo Pussycat Dolls. Segundo o jornal britânico News of The World, Nicole decidiu deixar o grupo para se dedicar totalmente a sua carreira solo. “Nós tivemos o nosso tempo. Algumas das meninas deixaram o grupo. Isso estava fora de minhas mãos. Eu não gostaria de estar em um grupo com outras meninas. Éramos como uma família unida“, disse a cantora.A separação do grupo ocorreu quando foi lançada a canção Jai Ho! You are my destiny em que Ron Fair um dos produtores colocaram como artistas da musica A. R. Rahman & Pussycatdolls ft Nicole Scherzinger pois ele acreditava que Nicole havia feito um papel mais diferenciado na música do que suas colegas de grupo, logo suas colegas vindo uma possível pretensão de Nicole de abandonar as Pussycats saíram antes. Com a saída do PCD, o grupo não tem mais nenhuma integrante da formação original, já que no ano passado quatro integrantes também abandonaram o grupo, Kimberly Wyatt, Melody Thornton, Jessica Sutta e Ashley Roberts.

O sucesso de PCD, trouxe Nicole Scherzinger para o centro dos holofotes da mídia e ela passou a gravar uma série de participações com uma vasta gama de intérpretes. Em 2005 apareceu em gravações para Shaggy, Vittorio Grigolo e Will Smith. No ano seguinte lançou com Avant o single "Lie About Us", com Diddy o hit "Come To Me", que ela também co-escreveu, e com Rihanna a canção "Winning Women". Em 2007, na faixa "Papi Lover", do álbum de Daddy Yankee, cantada em parceria com o mesmo. E fez uma participação especial no último single do cantor Timbaland, Scream. Em 2010, Nicole participou do single "Heartbeat", do cantor Enrique Iglesias, que foi bastante elogiado pela crítica.

20062008: Her Name is Nicole[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Her Name Is Nicole

Nicole trabalhou em seu álbum de estréia em 2006-2008, com grandes produtores incluindo 50 Cent, will.i.am, Timbaland, Kara DioGuardi e Bryan-Michal Cox. Nicole anunciou em 17 de Março de 2007, em uma entrevista em Winnipeg, Manibota, que seu álbum se chamaria Her Name Is Nicole. Originariamente seria lançado em 2007, porém foi adiado

O primeiro single, "Whatever U Like", com participação do rapper T.I., foi lançado em Julho de 2007. A canção, produzida por Polow Da Pon, foi um fracasso comercial, e logo foi anunciado que "Baby Love" (lançado em Setembro de 2007) iria substituir "Whatever U Like" como "single líder". Relatórios da mídia comentaram sobre o fato de sites oficiais de Nicole referirem-se a "Baby Love" como seu primeiro single. Apesar de ambos não obterem resultados na América do Norte ("Baby Love") acabou tendo uma repercussão regular Europa e uma boa radagem nas rádios do Brasil.

Uma enquete foi lançada no site Oficial de Nicole, pedindo aos fãs que escolham o terceiro single. As opções incluiam: "Supervillain", "Happily Never After", "Who's Gonna Love You" e "Powers Out". No entanto, em 28 de Novembro a enquete foi atualizada e as canções "Powers Out" e "Supervillian" foram removidas e substituídas por "Puakenikeni" e "Physical". Foi anunciado através do site Oficial de Nicole, em 10 de Dezembro, que "Puakenikeni" seria o próximo single oficial a ser lançado, no entanto, o single acabou não tendo repercussão alguma nos charts mundiais. "Supervillain" e "Puakenikeni" foram liberados somente como downloads no iTunes. Mas assim como todos os outros singles solo de Nicole, eles não conseguirão causar qualquer impacto nos charts americanos. Atualmente, tanto Nicole quanto a Interscope não fizeram qualquer anuncio oficial sobre a data de lançamento, porém em uma recente entrevista na época com Robin Antin, ela confirmou que o segundo álbum das Pussycat Dolls será liberado primeiramente e que em 2009 ela voltaria a pensar em sua carreira solo.

Em abril de 2008, Nicole gravou uma versão cover da canção "Rio", de Duran Duran, para um campanha publicitária da marca Caress, da Unilever. Um video comercial foi lançado, e posteriormente, em Maio de 2008, o single estava disponível para download. Também em 2008, will.i.am, lançou um single para apoiar a campanha eleitoral de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos, a canção levava o lema da campanha de Obama, "Yes We Can", e contou com a participação de diversos cantores, incluindo Nicole Scherzinger. Em Setembro do mesmo ano, Nicole ao lado de Rihanna, Kesha e Nelly Furtado, interpretou a canção "Just Stand Up!", ao vivo na MTV, para a campanha "Stand Up to Cancer". Nicole ainda cantou "American the Beautiful", na WrestleMania XXV, em Houston, Texas, no dia 5 de Abril de 2009.[20] Em 2 de Outubro de 2009, Nicole foi convidada pelo guitarrista Slash para se apresentar ao seu lado em Las Vegas.[21] Nicole confirmou que ela fez uma canção para o álbum solo de Slash, que foi lançado em Abril de 2010.[22]

2010–2013: Killer Love e The X Factor[editar | editar código-fonte]

Em 1 de fevereiro de 2010, junto a um grupo de artistas, Nicole regravou a canção "We Are The World", single foi gravado para as vítimas dos terremos ocorridos no Haiti, em 2010.[23][24] A canção estreou na cobertura, realizada pela NBC, da cerimônia de abertura dos XXI Jogos Olímpicos de Inverno Vancouver 2010[25][26]. E foi lançado no dia 12 de Fevereiro de 2010, no iTunes, junto com o videoclipe.[27]

Scherzinger em New Jersey durante as audições do The X Factor USA.

Lançou o álbum Killer Love na Europa e está a trabalhar nele para o lançar nos EUA em Agosto. Lançou Poison e Don't Hold Your Breath (#3 e #1 nos charts no Reino Unido) e o seu primeiro single nos USA é Right There, o qual já tem video e conta com a participação de 50 Cent. Em 11 de maio de 2011 foi lançado o videoclipe oficial do vocalista da Banda Aerosmith, Steven Tyler com participação especial de Nicole Scherzinger. Em 24 de maio de 2011 foi também lançado o videoclipe de Mohombi "Coconut Tree" que também conta com a sua participação da cantora. Scherzinger foi jurada da primeira versão do The X Factor dos Estados Unidos, ao lado de Paula Abdul, LA Reid e Simon Cowell. Originalmente, Nicole tinha sido escalada para ser apresentadora do programa ao lado de Steve Jones, mas acabou sendo escolhida para ser jurada após a demissão de Cheryl Cole. Em 03 de agosto de 2011 foi lançado no site do MSN o seu novo videoclipe pra musica "Wet", o 4º single do seu trabalho no UK.[28][29]

Em 18 de novembro de 2011 Nicole foi anunciada como a nova porta-voz da Kiss Product e representou a marca Impress Press-On Manicure[30] por um longo período e seu contrato acabou no final de 2012.Em 07 de Fevereiro Nicole foi anunciada como porta-voz da marca Herbal Essences especializado em produtos para cabelos,[31] Nicole gravou diversos comerciais e fez várias campanhas publicitárias para a marca.[32] Em 2012 Nicole Scherzinger anunciou em uma entrevista para a revista Look Magazine do Reino Unido que estava trabalhando em seu novo álbum solo e que terminou suas gravações antes de iniciar sua participação no The X Factor (Reino Unido),[33] o álbum ainda não tem seu nome definido[34] e está previsto para este ano (2013) e seu lançamento será mundial. O álbum conta com a colaboração dos produtores Antony Preston e também do cantor Will.i.am.[35] Algumas músicas do novo álbum já foram confirmadas como How Do You Let Go Of The One You Love que foi divulgada durante um chat promovido no twitter,[36] Boomerang que será o seu primeiro single de trabalho[37] e recentemente Antony Preston confirmou a música Fun no novo álbum.[38] Boomerang estreou em 24 de janeiro, o videoclipe foi lançado no dia seguinte, algumas partes dos bastidores do clipe foram transmitidas durante o The X Factor (Reino Unido).[39]

Em 23 de fevereiro Scherzinger foi homenageada pela Universidade Harvard pela Artista do Ano de 2013 por suas contribuições nas artes cênicas, o apoio à pesquisa sobre o câncer de mama e iniciativas para adultos e crianças com necessidades especiais.[40] Em 31 de março de 2013, Scherzinger apresentou Don't Cry For Me Argentina para o especial de 40 anos de Andrew Lloyd Webber na televisão britânica ITV.[41] Em 10 de abril Nicole foi anunciada como a representante da linha de iogurtes Müller Corner de Luxe da marca britânica Müller Deluxe Corner.[42]Will.i.am divulgou em seu canal oficial no Youtube as 18 faixas contidas no seu novo álbum #willpower, entre as faixas duas contam com a colaboração de Nicole Scherzinger, uma das faixas é Far Away From Home e a outra Smile Mona Lisa que apesar de não constar “feat.” no álbum a faixa conta com os vocais líricos da Nicole.[43]Em 22 de maio, Nicole Scherzinger foi oficialmente confirmada a retornar ao jurí do The X Factor (Reino Unido) ao lado de Louis Walsh, Gary Barlow e Sharon Osbourne.[44]

2014–presente: Big Fat Lie e televisão[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2014, Nicole Scherzinger se uniu a marca de roupas Missguided para lançar sua primeira coleção.[45] A coleção chamada NicolexMissguided foi lançada no site oficial da marca em 11 de Março de 2014 e teve 30 peças que capta o espírito brincalhão e sexy da garota Missguided que compõe vestidos, macacões, saias e bodysuits.[46] A coleção foi um sucesso no Reino Unidoe Nicole confirmou sua segunda coleção em conjunto com a marca, e está projetando a linha Outono/Inverno.[47] Em fevereiro de 2014, foi anunciado que Scherzinger assinou contrato discográfico de 4.5 milhões de libras com a Sony Music Entertainment, colocando um final na sua parceria de dez anos com a Interscope Records.[48][49]

Scherzinger em Moscou no ano de 2018.

No mês seguinte, ela anunciou que assinou um contrato de vários álbuns com a RCA Records. Em colaboração com o varejista de moda on-line Missguided, ela projetou um intervalo de 30 peças que foi lançado em março de 2014. Sua colaboração ajudou o varejista a aumentar o lucro em 70%. O segundo álbum de estúdio de Scherzinger, Big Fat Lie, foi lançado em outubro; Na parada dos álbuns do Reino Unido, passou duas semanas dentro do top 20 do pico no número 17; suas baixas vendas levaram a sua partida da RCA Records. O álbum foi precedido pelos singles "Your Love", "Run" e "On the Rocks"; O primeiro lugar atingiu o número seis no UK Singles Chart e foi um sucesso moderado em outros mercados internacionais. Em dezembro, Scherzinger fez sua estreia no West End estrelando como Grizabella no renascimento em 2014 do musical Cats no London Palladium, onde desempenhou o papel de uma corrida de 12 semanas até 8 de fevereiro de 2015; seu desempenho recebeu críticas favoráveis ​​de críticos, particularmente elogiando sua interpretação da música padrão "Memory" e obteve uma indicação ao Prêmio Laurence Olivier para Melhor Atriz em um Papel de Apoio em um Musical. Scherzinger estava pronta para reprisar Grizabella na Broadway em Nova York com o musical Cats, mas uma semana antes dos ensaios, ela desistiu depois que os produtores se recusaram a dar o seu maior faturamento.

Em 30 de junho de 2015, Scherzinger foi coroada como o vencedora do show de variedades I Can Do That, onde seis celebridades competem entre si com habilidades que nunca conheceram.[50] Em julho, ela interpretou o hino nacional americano no concerto A Capitol Fourth em Washington, DC e durante a abertura dos Jogos Olímpicos de Verão Olímpicos de 2015. Best Time Ever with Neil Patrick Harris, uma série de variedades de televisão ao vivo estreou em 15 de setembro de 2015 na NBC com Scherzinger como anfitrião. Em 22 de outubro, o novo painel de música mostra Bring the Noise estreado no Sky 1 hospedado por Ricky Wilson, com Scherzinger e Tinie Tempah se juntando a ele como capitães de equipe. Scherzinger retornou como jurada no The X Factor UK para sua 13ª série e orientou a categoria Boys pela segunda vez, com Matt Terry ganhando a série.[51][52]

Ela permaneceu no show da 14ª série ao lado de Sharon Osbourne, Louis Walsh e Simon Cowell.[53][54] Scherzinger dublou Sina no filme Moana, que foi lançado em 23 de novembro de 2016 através do Walt Disney Pictures.[55][56] Ela coestrelou em Dirty Dancing, um remake do filme de 1987 do mesmo nome, que foi exibido na ABC em 24 de maio de 2017.[57][58] Embora o filme tenha recebido comentários negativos das críticas, o desempenho de Scherzinger recebeu elogios.

Em agosto de 2018, foi revelado que Scherzinger será a mais nova jurada no novo programa da FOX, The Masked Singer (ao lado de Nick Cannon e Robin Thickle) que está para estrear em janeiro de 2019.[59][60][61]Scherzinger dublou novamente a mãe de Moana no filme WiFi Ralph: Quebrando a Internet.[62][63]

Características musicais[editar | editar código-fonte]

Estilo musical e letras[editar | editar código-fonte]

O estilo de Nicole se baseia no R&B, no entanto, suas músicas também possui características de Soul, Pop e Dance-pop. Nicole já recebeu muitos créditos por co-escrever músicas para o Pussycat Dolls, tais como os Hits "Buttons","I Don't Need a Man", "Bottle Pop" e "Hush Hush; Hush Hush" além de se aventura a co-escrever e falar a Língua hindi em Jai Ho! (You Are My Destiny) a pedido de Ron Fair e Jimmy Iovine.[64]

Demonstração da letra e ritmo da canção "Don't Hold Your Breath".

Nicole Scherzinger possui um perfil vocal de soprano.[65][66][67] Ela é conhecida por seus fortes vocais e convicção de soprano para transmitir a emoção em suas trilhas. Uma cantora classicamente treinada, Scherzinger é confortável cantando em uma variedade de estilos (jazz, teatro, clássico). Junto com controle e poder, Nicole é capaz de cantar melisma complexo em toda a sua gama, altera habilmente a dinâmica da sua voz na metade da frase e, graças ao excelente controle da respiração, segure as notas sem esforço. Sua gama média é versátil e pode ser manipulada para adicionar corações de caráter e emocional a um vocal. Nicole também possui um cadastro de apitos. Sua música é geralmente contemporânea de R & B, e dance-pop em algumas de suas músicas, especialmente em seu álbum Killer Love. Embora Scherzinger libere músicas de língua inglesa, ela gravou as letras Hindi para a versão Pussycat Dolls de "Jai Ho! (You Are My Destiny)". Ao longo da carreira de Scherzinger, sua gama vocal e sua música foram comparadas às de Mariah Carey, Keyshia Cole, Kelly Clarkson, Janet Jackson, Whitney Houston, Kelly Rowland, Leona Lewis, Beyoncé, Ciara, Christina Aguilera e por causa de algumas das mais Dance-pop e músicas inspiradas no rock em Killer Love, Rihanna e até Katy Perry e Lady Gaga. Scherzinger também canta música de teatro musical. Ela recebeu créditos de co-escrita para múltiplas músicas que ela gravou. Suas músicas iniciais eram composições temáticas femininas como "I Don't Need a Man" e "Hush Hush" e transição para hinos "break-up" mais maduros, como "Don't Hold Your Breath". Scherzinger também recebeu créditos de redação para alguns dos registros em que ela esteve envolvida, especialmente durante seus esforços individuais. Ela também esteve envolvida no arranjo vocal e na produção vocal de algumas músicas que ela escreveu.

As músicas de Scherzinger são escritas a partir de experiências pessoais, como ela disse que são faixas "pessoais e sinceras". Ela co-escreveu a maioria de seu primeiro álbum de estúdio, Killer Love. As músicas anteriores de Scherzinger foram descritas como "insinuações sexuais" e "electronica funky", que também são apoiadas por "batidas eletrolíticas". Em agosto de 2010, a RedOne revelou que estava trabalhando no álbum de estréia de Scherzinger, afirmando: "Acabei de terminar seu álbum. O último nunca saiu porque não era consistente. Seu novo disco - é a verdadeira". Scherzinger disse que um monte de seu primeiro álbum de estúdio era sobre sua divisão com Lewis Hamilton antes de se reunirem. Scherzinger disse que queria criar músicas que "se prestam a performances ao vivo". Ela disse que gosta de gravar baladas de "capacitação". Os vocais de Scherzinger em baladas foram comparados com Kelly Clarkson. Ela disse que queria que seu álbum de estréia fosse "na sua cara e forte". Ela disse à MTV: "Eu sempre disse que nas Pussycat Dolls, eu me sinto como Superwoman. Mas esse é apenas um dos meus alter egos. Eu tenho o lado vulnerável e apaixonado de mim, entre outros, que todos aparecem no meu registro ".

Influências[editar | editar código-fonte]

Whitney Houston (esquerda) e Michael Jackson (direita) são as duas maiores influências de Scherzinger.

Scherzinger credita Whitney Houston como sua maior influência musical e ídolo, dizendo que ela queria "ser Whitney" quando crescesse. Ela admirava tanto Houston que ela fez o teste com sua versão de "I Will Always Love You" em seu teste Popstars. Quando Scherzinger estava crescendo em sua cidade natal, Louisville, ela recebeu um presente de Natal (com seis anos de idade) de um minúsculo boombox roxo e um cassete do álbum de estreia auto-intitulado de Whitney Houston. "Meus pais não tinham dinheiro, mas me deram este aparelho e o álbum de Whitney, que tinha" O maior amor de todos "," Scherzinger lembra. "Foi para mim. Daquele momento em diante eu queria cantar. Sua voz era tão poderosa; cada nota que ela cantava parecia a verdade." Scherzinger também cita Ella Fitzgerald, Billie Holiday, Roberta Flack, Sade Adu, Alanis Morissette, Toni Braxton e Tina Turner como suas maiores influências enquanto crescia. Scherzinger disse que Beyoncé também a inspirou, afirmando: "Eu sou inspirada por mulheres como Beyoncé, que usam roupas que as fazem se sentir bem, mas são artistas de verdade e colocam uma verdadeira arte no que fazem e é assim que me orgulho." Scherzinger disse que enquanto ela está no palco se apresentando, ela pega emprestadas personas de Tina Turner e Mick Jagger: "O jeito que ele [Mick Jagger] anda pelo palco e o equilíbrio que ele tem no palco. Mas eu amo a atitude e o jeito de Tina Turner. Eu roubo ela o tempo todo, especialmente sendo a vocalista do grupo, as Pussycat Dolls, para ser destemida e ter essa atitude e essa alma atrás de você. " Scherzinger também cita Gwen Stefani como uma influência.

Janet Jackson e MIA também são influências para ela. Quando Scherzinger era mais velha, Mariah Carey se tornou uma grande influência para ela. Ela também queria trabalhar com o Black Eyed Peas dizendo que admirava a música deles. Criticamente aclamada, "Pop Prince", Prince também se tornou uma grande influência quando ela estava na adolescência. Michael Jackson foi uma das maiores influências e ídolos de Scherzinger. Paula Abdul, que Scherzinger se sentou ao lado do painel de jurados do The X Factor, foi uma de suas influências. Quando ela ganhou o papel de Men in Black 3, Scherzinger disse que a música era uma parte muito grande de sua inspiração para o personagem, que ela interpreta para o filme. Ela disse: "Eu escutei minhas músicas mais pesadas e ouvi o Led Zeppelin, e eu meio que me importo com isso, porque a música é o que mais me inspira. Eu trabalhei muito com meu professor de atuação e ela me falou sobre muita loucura. coisas para pensar enquanto eu estava no personagem, mas é melhor não contar o que ele disse." Scherzinger disse que o papel a inspirou a gravar de forma diferente em seu segundo álbum de estúdio.

Palco[editar | editar código-fonte]

Descrita como sendo "provocativa" ao se apresentar no palco, Scherzinger afirma que sua persona de palco "vem de um lugar forte, não um lugar fraco, e há uma grande diferença. Há uma grande diferença quando você vê alguém que ainda tem classe e está capacitando "Jarett Wieselman a colocou em segundo lugar em sua lista dos Cinco Melhores Cantores/Dançarinos, enquanto os leitores da revista Rolling Stone votaram em Scherzinger como a nona artista de dança favorita.

Imagem pública[editar | editar código-fonte]

Nicole no ano de 2011.

Scherzinger é mais reconhecida como a voz por trás das Pussycat Dolls. Como ex-membro do grupo, Scherzinger é a mais bem sucedida como artista solo, tendo vendido 16 milhões de discos até agora. Apareceu uma imprensa negativa em que sua música, vídeos musicais, performances e sua imagem eram desfavoravelmente comparados com os de Beyoncé. Em 2006, durante a turnê, Scherzinger encontrou problemas em Kuala Lumpur com as autoridades para a dança sexualmente explícita. Seu desempenho, parte do PCD World Tour, não foi bem recebido no estado muçulmano, que criticou o "traje aparente" e "rotinas de estágio sexualmente sugestivas" e foi multada em US$3000 pelo incidente. Scherzinger admitiu mais tarde que ela chorava quando viu a primeira roupa que ela teria que usar como membro da banda. Scherzinger frequentemente apareceu na pesquisa FHM Magazine 100 Sexiest Women.

Ela foi citada por inúmeros meios de comunicação e revistas em sua carreira como uma das mais belas e atraentes celebridades e músicas do público. Ela chamou a atenção do público para muitos dos seus photoshoots e teve uma história em destaque entre as 100 mulheres mais sexy do FHM: 2006 #49, 2007 #22, 2008 #49, 2009 #60, 2010 #73, 2011 #9, 2012 #43, 2013 #54, 2014 #9 e 2015 #24.

Margeaux Watson, da Entertainment Weekly, teve um grande golpe na Scherzinger por seu papel de cantor principal. Watson disse: "Existem dois tipos de grupos de meninas: aqueles ancorados por um superstar (o Supremes, Destiny's Child) e aqueles constituídos por personalidades carismáticas dotadas de presentes individuais limitados (Spice Girls, TLC). As Pussycat Dolls também não são - Eles são uma marca, não uma banda. [...] O PCD multi-platina de 2005 encontra a boneca Nicole Scherzinger na liderança, e ela não é Beyoncé ". Scherzinger afirmou que ela era responsável por ser a líder vocal nas canções do grupo, com quase nada cantado pelos outros membros. Ela comentou: "[...] As pessoas nem sabem a história. Eu estava no centro porque estava cantando. Eu era a única cantando."

Scherzinger também é um defensor dos direitos dos homossexuais. Em 24 de novembro de 2012, Scherzinger posou para uma camiseta "Some People Are Gay, Get Over It", parte de uma campanha da Stonewall, em apoio ao casamento do mesmo sexo. A popularidade de Scherzinger na comunidade gay aumentou devido ao seu trabalho com as The Pussycat Dolls. Uma das músicas escritas por Scherzinger, "I Don't Need a Man", foi dedicada a todos os seus fãs homossexuais. Ela explicou: "Quem quer que eu possa inspirar, eu queria inspirá-los. É sobre as mensagens de empoderamento e se amar por quem você é". Scherzinger também é muito vocal quando se trata de bullying. Ela acredita na aceitação e lembra receber as batidas e a mensagem de seus lançamentos de música mostra como ela lidou com eles.

Ela admite que é "frustrante" ler sobre o retrato da mídia como "pegadora de homens". Scherzinger foi associado a vários homens diferentes, mas insiste que nenhum dos rumores é verdade. Em julho de 2013, Scherzinger colocou semi-nude para uma camiseta "Protect the Skin You're In", parte de uma campanha do designer de moda Marc Jacobs para aumentar a conscientização e ganhar dinheiro com a pesquisa de melanoma. Todas as vendas beneficiam o NYU Cancer Institute e o NYU Langone Medical Center. As roupas que ela usava como Pussycat Doll e movimentos de dança sexual que eles realizaram continuaram desde que ela embarcou em sua carreira solo. Scherzinger disse: "Eu acho que sou capaz de lidar comigo mesma e espero que eu seja um papel positivo modelo para outras garotas lá fora ". Scherzinger também usou o primeiro vestido do Twitter na festa de lançamento do EE.

Reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Nicole em 2007.

Descrito como a "força motriz" por trás das Pussycat Dolls, Scherzinger é creditado pelo resultado do sucesso internacional do grupo na indústria da música, durante uma época em que os grupos de meninas estavam grosseiramente sub-representados. Com apenas dois álbuns de estúdio, a banda tornou-se o grupo de garotas mais vendidas da última década, era digital e quarto de todos os tempos. Desde o início de sua carreira no grupo em 2003, Scherzinger vendeu 54 milhões de discos em todo o mundo e outros 16 milhões como artista solo. Scherzinger recebeu vários títulos de cultura pop, incluindo "Pop Princess" e a "Deusa do Havaí" tornando-se um ícone de cultura pop internacional após sua estreia.nO impacto da televisão e da música de Scherzinger também foi reconhecido na cultura pop, onde ela é conhecida por seus vídeos musicais, que muitas vezes incorporam trajes atrevidos e quebras de dança. Os críticos geralmente favorecem a intrincada coreografia de Scherzinger. Ela é considerada um símbolo sexual através de seus vídeos musicais. Simon Cowell elogiou a capacidade de desempenho de Scherzinger, chamando-a de "um dos melhores artistas ao vivo que já vi" e "se você quer um exemplo de como você faz isso direito...é Nicole. É foco, performance, vocais..." A artista de gravação americana Lady Gaga foi influenciada pelo papel de Scherzinger no Pussycat Dolls dizendo: "Há algo que é muito humilhante sobre poder trabalhar com um grupo de poder como esse. Provavelmente, a maior influência que tiveram em mim está me deixando querer seja um compositora melhor".

Scherzinger recebeu muitos elogios ao longo de sua carreira. A revista Rolling Stone reconheceu seu sucesso instantâneo como um dos melhores músicos de dança classificando-a em nono lugar. Em fevereiro de 2013, Scherzinger foi homenageada pela Fundação Harvard como "Artista 2013 do Ano" por suas contribuições em artes cênicas, apoio à pesquisa de câncer de mama e iniciativas para adultos e crianças com necessidades especiais. Em abril de 2013, foi premiada com o "Prêmio de conquista excepcional em música" nos Asian Awards por "realizações inspiradoras nas áreas de negócios, esporte, entretenimento, filantropia e artes e cultura popular". Ela foi aclamada como uma das artistas mais sexy. Em 2013, o Fuse incluiu Scherzinger na lista de 50 Meninas poderosas e as 100 melhores descobertas pop.

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Scherzinger pré-gravou "Don't Cha" em Simlish para inclusão no jogo de computador The Sims 2: Pets. No Brasil, Scherzinger lançou em abril de 2010 uma linha de produtos para C&A, ela viajou pelo país, promoveu o lançamento, onde participou de conferências de imprensa e gravações do Carnaval no Rio de Janeiro. Ela também gravou uma versão de "GoldenEye" - a música-tema do filme Bond de 1995 GoldenEye - para o videogame 2010 GoldenEye 007. Ela também apareceu em forma de personagem no jogo de computador Asphalt: Urban GT 2 em novembro de 2006. Scherzinger's solo e as músicas de Pussycat Dolls foram apresentadas em uma variedade de jogos de dança e canto, incluindo Just Dance 2, Zumba Fitness 2, Get Up e Dance, Everybody Dance, Just Dance: Greatest Hits e SingStar. Em 2010, ela fez um comercial para a campanha C&A. Em dezembro de 2011, Scherzinger começou a endossar a linha de manicure ImPress Nails e tem sua própria série de assinaturas.

De 2012 a 2014, Scherzinger foi o embaixador da Herbal Essences. Em março de 2013, Scherzinger foi anunciado como embaixador da British Airways na promoção de rotas de primeira classe para Moscou. Em abril de 2013, foi anunciado que Scherzinger será o rosto de Müller Corner, uma variedade de iogurtes de luxo e campanhas de TV e impressão frente. Em março de 2014, Scherzinger projetou e lançou sua própria linha de roupas para a empresa de moda Missguided e pode ser vista em seu site. Em setembro de 2014, Scherzinger juntou-se ao Proactiv + como o novo embaixador de celebridades da empresa de cuidados da pele.

Teatro musical[editar | editar código-fonte]

No final de 2009, foi relatado que Scherzinger estava trabalhando em estreita colaboração com Andrew Lloyd Webber no musical Love Never Dies, a sequela de The Phantom of the Opera. Embora ela ainda não tenha aparecido no show, sua versão da música do título - Love Never Dies - foi interpretada no Chris Evans Breakfast Show na sexta-feira, 1 de abril de 2011. Como parte do 25º aniversário do The Phantom of the Opera, Scherzinger realizou a canção do título no Royal Variety Performance como Christine Daaé - realizada no Lowry, Manchester - na segunda-feira, 5 de dezembro de 2011. O desempenho foi exibido ao vivo na ITV1 na quarta-feira, 14 de dezembro de 2011. Scherzinger interpretou Grizabella do teatro musical Cats de 2014 à fevereiro de 2015 no West End. Seu papel foi aclamdo por muitos críticos profissionais de Hollywood e da Broadway tendo sendo também, indicada para o Olivier Awards com o Prêmio Laurence Olivier para Melhor Atriz em um Papel de Apoio em um Musical.

Playbill confirmou Scherzinger como membro do elenco em Two Lost Worlds, um musical faturado como "um conto épico de pessoas antigas salvadas por uma mulher". O musical foi apresentado em 31 de julho de 2012 no Iridium Jazz Club, em Nova York. Em 31 de março de 2013, Scherzinger realizou "Don't Cry For Me Argentina" para um programa televisionado de Andrew Lloyd Webber e foi cumprido com aclamação da crítica.

Filantropia[editar | editar código-fonte]

Scherzinger diz que ela gosta muito de seus esforços de caridade, o trabalho deixou de ser altruísta e se tornou uma mera busca por seu próprio prazer: "Não sei se é egoísta porque recebo tanto cumprimento, mas isso me excita para estar com crianças e famílias de necessidades especiais. Minha tia tem síndrome de Down por isso está muito perto do meu coração ", diz Scherzinger. Após o terremoto do Haiti de 2010, juntamente com outros artistas, ela gravou "We Are the World 25 for Haiti", que beneficiou as pessoas afetadas pela tragédia. Em outubro de 2010, ela retratou Trixie no show do 35º aniversário do The Rocky Horror Picture Show. Também arrecadou dinheiro para o campo de tartarugas pintadas para crianças com doenças crônicas.

Inspirada por sua tia que sofre de Síndrome de Down, Scherzinger tornou-se um embaixador global das Olimpíadas Especiais e gravou "O Holy Night" para a edição 2013 de A Very Special Christmas com todos os ganhos que beneficiam a organização. Em 20 de novembro de 2013, Scherzinger foi homenageada com o "Global Gift Philanthropist Award" na Global Gift Gala por suas contribuições. Em 2014, Scherzinger tornou-se o embaixador do UNICEF UK e viajou para a Guiana para atender e ajudar as crianças com deficiência em um parque infantil inclusivo. No ano seguinte, em apoio à campanha Children in Danger do UNICEF UK, viajou para Manila, Filipinas conheci crianças que vivem em comunidades perigosas e superlotadas ao redor da capital. Scherzinger, juntamente com muitos outros artistas, foram apresentados no single "Love Song to the Earth", que foi lançado em setembro de 2015 antes da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2015, como parte da campanha global de conscientização sobre mudanças climáticas. Mais tarde, ela realizou "Brave" com o coro SU2C para Stand Up 2 Cancer para arrecadar dinheiro para pesquisa de câncer em 17 de outubro de 2014. Em setembro de 2016, Scherzinger e muitos outros artistas foram apresentados no remake da música Black Eyed Peas "Where Is Love?", onde todos os resultados foram para a fundação sem fins lucrativos de will.i.am, Fundação i.am.angel.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Scherzinger foi noiva de Nick Hexum, vocalista principal do 311, com quem namorou de 2000 a 2003. Scherzinger iniciou um relacionamento de alto nível com o Campeão do Mundo de Fórmula 1, Lewis Hamilton, depois de se conhecerem no MTV Europe Music Awards 2007 em Munique. Eles eram conhecidos por ter um relacionamento distante ao longo de seus sete anos como casal. Eles se separaram pela última vez em fevereiro de 2015. Começou a namorar o tenista búlgaro Grigor Dimitrov em 2016.

Em 2012, ela revelou publicamente sua luta de oito anos com a bulimia, explicando como durante seu tempo nas Pussycat Dolls: "Eu simplesmente me odiava. Eu estava em um grupo, mas nunca me senti tão sozinha na minha vida...Eu nunca usei drogas, mas me auto machucar era meu vício. A música é o que me salvou. É a única coisa em que posso confiar".

Scherzinger endossou a campanha presidencial do presidente Barack Obama em 2008; ela apareceu no videoclipe da música do rapper will.i.am, "Yes We Can" (2008), que foi inspirada no discurso de Obama após o discurso preliminar de 2008 em New Hampshire.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Discografia de Nicole Scherzinger

Turnês[editar | editar código-fonte]

Individual
The Pussycat Dolls

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Programa Ano Papel Canal Notas. Ref.
Popstars 2001 Participante The WB Temporada 1
Sabrina the Teenage Witch 2001 Artista The WB Episódio: "Finally"
Eu a Patroa e as Crianças 2002 Veronica ABC Episódios: "The Kyles Go to Hawaii: Part 1 & 2"
Half & Half 2002 Jasmine UPN Episódio: "The Big in with the in Crowd Episode"
Wanda at Large 2003 Gorgeous Woman FOX Episódio: "The Plane Trip"
Las Vegas 2005 Artista NBC Episódio: "Tainted Love"
Episódio: "Whatever Happened to Seymour Magoon?"
Pussycat Dolls Present 2007–08 Ela mesma The CW 1ª temporada: The Search for the Next Doll
2ª temporada: Girlicious
The X Factor (UK) 2007 Jurada convidada ITV Temporada 4: Episódios 9–10
2010 Temporada 7: Episódios 5–8
2012–13 Jurada Temporada 9/10
2016–17 Temporada 13/14
Cane 2007 Ela mesma CBS Episódio: "Family Business"
Big Time Rush 2009 Ela mesma Nickelodeon Episódio: "Big Time Audition"
The Sing-Off 2009–10 Jurada NBC Temporadas 1ª e 2ª
Dancing with the Stars 2010 Contestante ABC Décima temporada; Venceu ao lado de Derek Hough.
How I Met Your Mother 2010 Jessica Glitter CBS Episódio: "Glitter"
The X Factor (US) 2011 Jurada FOX Primeira temporada
Mixology 2014 Ela mesma ABC Episódio: "Fab & Jessica & Dominic" [68]
Project Runway All Stars 2015 Jurada convidada Lifetime Episódio: "Sketching with Sharks"
I Can Do That 2015 Participante NBC Temporada 1 [69]
Best Time Ever with Neil Patrick Harris 2015 Co-apresentadora NBC Temporada 1 [70]
Bring the Noise 2015 Líder de equipe Sky 1 Temporada 1 [71]
RuPaul's Drag Race: All Stars 2016 Jurada convidada Logo TV Episódio: "Drag Movie Shequels"
Lip Sync Battle 2017 Ela mesma Spike Episódio: "Sarah Hyland vs. DeAndre Jordan"
Dirty Dancing 2017 Penny Johnson ABC Minissérie [72]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Lista de filmes, mostrando o ano de lançamento, papel, diretor(s) e notas
Ano Título Papel Direção Notas Ref.
Chasing Papi 2003 Miss Puerto Rico Linda Mendoza
Love Don't Cost a Thing 2003 Garota champagne Troy Beyer [73]
Be Cool 2005 Figurante F. Gary Gray
Homens de Preto 3 2012 Lilly Poison Barry Sonnenfeld [74]
Moana 2016 Sina Ron Clements
John Musker
Dublagem. [75]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Localização
2010 Rent Maureen Hollywood Bowl
2011 Phantom Of The Opera Christine Daeé Royal Albert Hall
2014–15 Cats Grizabella London Palladium

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Cerimônia Ano Categoria Trabalho Resultado Ref.
Grammy Awards 2007 Best Pop Performance by a Duo or Group with Vocals "Stickwitu" Indicado
[76]
MTV Video Music Awards 2009 Best Choreography "Jai Ho (You Are My Destiny)" Indicado
[77]
TRL Awards 2011 Best Look Ela mesma Indicado
Teen Choice Awards 2012 Choice Movie Actress: Scene Stealer Men in Black 3 Indicado
[78]
Cosmopolitan Awards Ultimate Fun Fearless Female Ela mesma Venceu
[79]
Harvard Foundation Award 2013 Artist of the Year Ela mesma Venceu
[80]
The Asian Awards Outstanding Achievement in Music Ela mesma Venceu
[81]
Glamour Awards TV Personality Ela mesma Venceu
[82]
Cosmopolitan Awards Ultimate TV personality Ela mesma Venceu
[83]
World Music Awards 2014 Best Female Artist Ela mesma Indicado
[84]
Best Live Act Ela mesma Indicado
[85]
Best Entertainer of the Year Ela mesma Indicado
[86]
Best Song "Fino All'Estasi" Indicado
[87]
MTV Europe Music Awards Best World Stage Performance Ela mesma Indicado
[88]
Laurence Olivier Award 2015 Best Actress in a Supporting Role in a Musical Cats Indicado
[89]
Teen Choice Awards Choice Selfie Taker Ela mesma Indicado
[90]
National Television Awards 2017 Best TV Judge The X Factor Indicado
[91]
BTVA People's Choice Voice Acting Award Best Vocal Ensemble in a Feature Film Moana Venceu
[92]
Wright State Alumni Association Alumna of the Year Ela mesma Venceu
[93]


Notas e referências

  1. a b Hirschfelder, Arlene; Molin, Paulette F. (22 de março de 2012). «The Extraordinary Book of Native American Lists». Scarecrow Press. Consultado em 30 de maio de 2017 – via Google Books 
  2. Nicole Scherzinger Biography Entertainment Wise
  3. Nicole Scherzinger Biography contactmusic.com
  4. «Novidade Pop: Nicole Scherzinger retoma carreira solo, dessa vez na TV». Carlos Henrique. 16 de Dezembro de 2009. Consultado em 31 de Dezembro de 2009 
  5. «Nicole Scherzinger retoma carreira solo, dessa vez na TV / Portal POPLine - O Maior Site de Música POP do Brasil - Notícias». Paulo Ricardo. 16 de Dezembro de 2009. Consultado em 31 de Dezembro de 2009 
  6. «Fracasso? Lil' Wayne passa por mesma situação que Nicole Scherzinger / Portal POPLine - O Maior Site de Música Pop do Brasil». Portal POPLine. 24 de Setembro de 2009. Consultado em 31 de Dezembro de 2009. Arquivado do original em 29 de outubro de 2013 
  7. «Carreira solo de novo: Nicole Scherzinger está deixando o Pussycat Dolls? / Portal POPLine - O Maior Site de Música POP do Brasil - Notícias». Portal POPLine. 24 de Abril de 2009. Consultado em 31 de Dezembro de 2009. Arquivado do original em 29 de outubro de 2013 
  8. http://www.rollingstone.com/music/pictures/rolling-stone-readers-pick-their-10-favorite-dancing-musicians-20110714/9-nicole-scherzinger-0171630
  9. «Retorno: produção do "X-Factor UK" anuncia Nicole Scherzinger como 4ª jurada». 15 de Junho de 2012. Consultado em 21 de Junho de 2012 
  10. «'People think I'm from Pakistan'». Pocholo Concepcion , Philippine Daily Inquirer. 6 de outubro de 2009. Consultado em 7 de Fevereiro de 2010. Arquivado do original em 16 de maio de 2010 
  11. a b «Nicole Scherzinger Pictures, News, Gossip & Rumours». AskMen.com. Consultado em 31 de Dezembro de 2009 
  12. «'Nicole Scherzinger and Lewis Hamilton are engaged, claims Pussycat Doll's father'». The Daily Mail. 17 de julho de 2011. Consultado em 17 de julho de 2011 
  13. «» Nicole Scherzinger remembers being a shy child » Sindh Today - Pakistan News, India News and World Affairs». Sindh Today. 30 de Agosto de 2008. Consultado em 31 de Dezembro de 2009 
  14. a b c d «Pussycat Dolls Nicole She says she's 'only a 5 out of 10 for looks». Oliver Harvey. 30 de Agosto de 2008. Consultado em 31 de Dezembro de 2009 
  15. a b «Stray Pussycat Doll Nicole Scherzinger goes solo». 21 de Novembro de 2007. Consultado em 31 de Dezembro de 2009 
  16. «The Columbus Dispatch - Local/State / The Columbus Dispatch». Richard Harrington, do The Washigton Post. 2 de Maio de 2006. Consultado em 31 de Dezembro de 2009. Arquivado do original em 12 de julho de 2015 
  17. a b «Eden's Crush: Rising Popstars». Consultado em 1 de Janeiro de 2010 
  18. «Alternatives : Nicole Scherzinger: Remember the Name». Emmanuel “Boy Wonder” Ezugwu. 3 de Dezembro de 2007. Consultado em 7 de Fevereiro de 2010. Arquivado do original em 5 de março de 2009 
  19. «Pussycat Dolls : Releases : Jai Ho (from Slumdog Millionaire)». Consultado em 7 de Fevereiro de 2010 
  20. «Official Press Release On Kid Rock & Nicole Scherzinger Performing At WrestleMania 25». Ryan Gray. 24 de Março de 2009. Consultado em 7 de Fevereiro de 2010 
  21. «new update - Blog do MySpace Slash de :». Slash. 28 de Setembro de 2009. Consultado em 7 de Fevereiro de 2010. Arquivado do original em 7 de outubro de 2009 
  22. «BLABBERMOUTH.NET - THE PUSSYCAT DOLLS' NICOLE SCHERZINGER To Guest On SLASH's New Solo Album». 13 de Outubro de 2009. Consultado em 7 de Fevereiro de 2010. Arquivado do original em 17 de outubro de 2009 
  23. «Pelo Haiti, astros regravam 'We Are the World' - O Globo». Dean Goodman. 2 de Fevereiro de 2010. Consultado em 26 de Fevereiro de 2010 
  24. «Music superstars unite to re-record 'We Are the World' : OnTheRedCarpet.com». Jacob Burch. 1 de Fevereiro de 2010. Consultado em 26 de Fevereiro de 2010 
  25. «The Associated Press: 'We Are the World' debuts, worldwide airing set». The Associated Press. 12 de Fevereiro de 2010. Consultado em 26 de Fevereiro de 2010 
  26. «G1 > Música - NOTÍCIAS - Nova 'We are the world' estreia na abertura das Olimpíadas de Inverno». Do G1, em São Paulo. 13 de Fevereiro de 2010. Consultado em 26 de Fevereiro de 2010 
  27. «Videoclipe da nova versão de 'We are the world' será exibido pelo canal E! Entertainment - O Globo». O Globo. 12 de Fevereiro de 2010. Consultado em 26 de Fevereiro de 2010 
  28. Globo.com - EGO. «Nicole Scherzinger aparece supersensual em clipe de música banida das rádios». 05 de agosto de 2011. Consultado em 5 de agosto de 2011 
  29. Band.com. «Nicole Scherzinger lança clipe ousado». 05 de agosto de 2011. Consultado em 5 de agosto de 2011 
  30. Pablo. «Nicole Scherzinger é nova porta-voz da marca 'Kiss'». 18 de Novembro de 2011. Consultado em 19 de Abril de 2013 
  31. «Nicole é a nova porta-voz da marca Herbal Essences». 07 de Fevereiro de 2012. Consultado em 19 de Abril de 2013 
  32. Pablo. «[Vídeo] Nicole no comercial da sua linha "Honey I'm Strong" para a Herbal Essences». 08 de Junho de 2011. Consultado em 19 de Abril de 2013 
  33. Bruna. «Nicole Scherzinger: "Meu álbum está finalizado e meu single será lançado muito em breve"». 04 de Novembro de 2012. Consultado em 16 de Janeiro de 2013 
  34. Popline. «"Ouvindo meu álbum novo", twitta Nicole Scherzinger». Consultado em 16 de Janeiro de 2013 
  35. Guilherme. «Nicole em Cannes e informações sobre o novo álbum"». 25 de Agosto de 2012. Consultado em 16 de Janeiro de 2013 
  36. Guilherme. «Nome de nova música do novo álbum revelada!». 14 de Outubro de 2012. Consultado em 16 de Janeiro de 2013 
  37. Bruna. «[Vídeo] Confira uma prévia do novo videoclipe e single Boomerang!». 02 de Dezembro de 2012. Consultado em 16 de Janeiro de 2013 
  38. Luan. «Antony Preston confirma a música 'Fun' no novo álbum». 25 de Janeiro de 2013. Consultado em 6 de Fevereiro de 2013 
  39. Bruna. «[Vídeo] Assista a nova prévia do clipe Boomerang». 09 de Dezembro de 2012. Consultado em 16 de Janeiro de 2013 
  40. «Nicole Scherzinger é a Artista do Ano de 2013 pela Fundação Harvard». 22 de Fevereiro de 2013. Consultado em 19 de Abril de 2013 
  41. «Fotos/Vídeo: Nicole Scherzinger no especial Andrew Lloyd Webber: 40 Musical Years». 31 de Março de 2013. Consultado em 19 de Abril de 2013 
  42. Bruna. «10 dicas de Nicole para se ter uma vida de luxo + fotos promocionais da Müller de Luxe Corner». 10 de Abril de 2013. Consultado em 19 de Abril de 2013 
  43. Bruna. «Ouça as músicas com participação da Nicole no álbum #willpower, novo CD do Will.i.am». 16 de Abril de 2013. Consultado em 19 de Abril de 2013 
  44. Kdoo. «OFICIAL: Sharon Osbourne, Gary Barlow, Nicole Scherzinger e Louis Walsh formam o júri do The X Factor UK em 2013». 22 de Maio de 2013. Consultado em 22 de Maio de2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  45. Bruna. «Pelo twitter, Nicole Scherzinger confirma parceria com a 'Missguided'». 15 de Janeiro de 2014. Consultado em 30 de Julho de 2014 
  46. Bruna. «Revelada a data de lançamento da coleção NicolexMissguided». 19 de Fevereiro de 2014. Consultado em 30 de Julho de 2014 
  47. Bruna. «Nicole confirma sua segunda coleção em parceria com a Missguided». 24 de Junho de 2014. Consultado em 30 de Julho de 2014 
  48. Kdoo (31 de dezembro de 2013). «Nicole Scherzinger Set To Sign £3m Recording Deal» (em inglês). The Huffington Post. Consultado em 19 de fevereiro de 2014 
  49. Robert Copsey (19 de fevereiro de 2014). «Nicole Scherzinger signs new record deal, confirms album release» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 19 de fevereiro de 2014 
  50. «Nicole Scherzinger Says 'I Can Do That' Brings Out Her "Extremely Competitive" Side» (em inglês) 
  51. «Matt Terry, vencedor do "The X Factor UK", esclarece boatos sobre sua orientação sexual». Superpride. 14 de dezembro de 2016 
  52. «Matt Terry é o grande vencedor do X Factor UK 2016, conheça! | BreakTudo». BreakTudo. 12 de dezembro de 2016 
  53. «The X Factor UK manterá o mesmo painel de jurados do ano passado | Mix de Séries». mixdeseries.com.br. Consultado em 16 de setembro de 2018 
  54. «The X Factor UK 2017: Simon Cowell diz que Nicole Scherzinger não está feliz com sua categoria» 
  55. Coletti, Caio (25 de julho de 2016). «Moana: Um Mar de Aventuras | Nicole Scherzinger fará voz da mãe da protagonista». Observatório do Cinema 
  56. «Já são conhecidas as personagens e elenco de Moana». IGN Portugal. 26 de julho de 2016 
  57. «Nicole Scherzinger vai participar do remake televisivo de "Dirty Dancing"». PAPELPOP. 1 de março de 2016 
  58. O'Connor, Rory (11 de junho de 2017). «Dirty Dancing: Nicole Scherzinger remake causes HUGE upset 'I'm so sorry Patrick Swayze'». Express.co.uk (em inglês) 
  59. «Fox's 'The Masked Singer' gets 2019 premiere; Nick Cannon will host; judges include Nicole Scherzinger, Robin Thicke». AXS (em inglês) 
  60. «Fox reveals trailer for wild 'Masked Singer' competition series». EW.com (em inglês) 
  61. thejasminebrand (3 de agosto de 2018). «Nick Cannon To Host Celeb Competition Series 'The Masked Singer' + Nicole Scherzinger, Robin Thicke Will Serve As Panelists - theJasmineBRAND». theJasmineBRAND (em inglês) 
  62. AdoroCinema. «WiFi Ralph: Personagens de Star Wars, Toy Story e até da Marvel devem aparecer no filme». AdoroCinema. Consultado em 5 de dezembro de 2018 
  63. «WiFi Ralph: Saiba quais personagens de videogame estarão no filme». Terra. Consultado em 5 de dezembro de 2018 
  64. http://articles.timesofindia.indiatimes.com/2009-02-24/us/27997908_1_song-pussycat-dolls-rahman
  65. «[Vocal Profile] Nicole Scherzinger». www.divadevotee.com. Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  66. «Vocal Profile: Nicole Scherzinger». The "Vocal" Point. Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  67. «Nicole Scherzinger | The Range Place». therangeplace.boards.net. Consultado em 20 de janeiro de 2018 
  68. «Nicole Scherzinger Fires Fab». ABC. Consultado em 28 de março de 2014. Arquivado do original em 28 de março de 2014 
  69. Littleton, Cynthia (2 de julho de 2015). «NBC Renews 'I Can Do That' for Season Two». Variety. Consultado em 3 de março de 2016 
  70. Littleton, Cynthia (28 de agosto de 2015). «Nicole Scherzinger Joins Neil Patrick Harris' 'Best Time Ever'». Variety. Consultado em 3 de março de 2016 
  71. Warner, Sam (8 de outubro de 2015). «Sky 1's music panel show Bring the Noise shows off its new lineup – and David Tennant's dropping by too». Digital Spy. Hearst Magazines. Consultado em 3 de março de 2016 
  72. Goldberg, Lesley. «Nicole Scherzinger to Co-Star in ABC's 'Dirty Dancing' Reboot». The Hollywood Reporter. Prometheus Global Media. Consultado em 3 de março de 2016 
  73. «Love Don't Cost a Thing – Cast and Crew». AllMovie. Rovi Corporation. Consultado em 26 de março de 2014 
  74. «Men in Black 3 – Cast and Crew». AllMovie. Rovi Corporation. Consultado em 26 de março de 2014 
  75. «'Moana' is full of colorful South Pacific personalities». USA Today. Consultado em 25 de julho de 2016 
  76. «Final Nominations List - 49th Annual GRAMMY® Awards». National Academy of Recording Arts and Sciences. Consultado em 9 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 13 de dezembro de 2013 
  77. MTV News Staff (4 de agosto de 2009). «Complete List Of MTV Video Music Award Nominees». MTV News. Consultado em 17 de junho de 2014 
  78. Ng, Philiana (14 de maio de 2012). «Teen Choice Awards 2012: 'Breaking Dawn,' 'Snow White' Lead Second Wave of Nominees». The Hollywood Reporter. Prometheus Global Media. Consultado em 23 de janeiro de 2015 
  79. Goodacre, Kate (31 de outubro de 2012). «Tulisa, Kelly Osbourne among 'Cosmopolitan' Women of the Year winners». Digital Spy. Hearst Magazines. Consultado em 23 de janeiro de 2015 
  80. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome harvard
  81. Kemp, Stuart (16 de abril de 2013). «Ben Kingsley, Anupam Kher, Hanif Kureishi, Nicole Scherzinger Among U.K. Asian Awards Honorees». The Hollywood Reporter. Prometheus Global Media. Consultado em 17 de abril de 2013 
  82. Goodacre, Kate (5 de junho de 2013). «Victoria Beckham, Nicole Scherzinger, Rita Ora win at 'Glamour' Awards». Digital Spy. Hearst Magazines. Consultado em 25 de janeiro de 2015 
  83. Brant, Emma (6 de dezembro de 2013). «X Factor judge Nicole Scherzinger wins Cosmo award». BBC. Consultado em 23 de janeiro de 2015 
  84. «Best Female Artist». World Music Awards. Consultado em 25 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 25 de fevereiro de 2014 
  85. «Best Live Act». World Music Awards. Consultado em 25 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 25 de fevereiro de 2014 
  86. «Best Entertainer of the Year». World Music Awards. Consultado em 25 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 25 de fevereiro de 2014 
  87. «Best Song». World Music Awards. Consultado em 25 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 25 de fevereiro de 2014 
  88. Tinoco, Armando (16 de setembro de 2014). «MTV EMA 2014 Nominations List: Enrique Iglesias Scores Nod; Katy Perry Leads The Pack With Seven!». Latin Times. IBT Media. Consultado em 23 de janeiro de 2015 
  89. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Olivier
  90. Takeda, Allison (8 de julho de 2015). «Teen Choice Awards 2015 Reveals Second Round of Nominations, Including "Choice Selfie Taker». Us Weekly. Consultado em 11 de julho de 2015 
  91. Harp, Justin (3 de janeiro de 2017). «National Television Awards reveals its 2017 nominees – check out the full rundown and vote now». Digital Spy. Hearst Magazines. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  92. «Nicole Scherzinger». IMDb. Consultado em 5 de janeiro de 2018 
  93. «JUST IN: Nicole Scherzinger takes home major Wright State award». mydaytondailynews (em inglês). Consultado em 27 de agosto de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons