Nikão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nikão
Informações pessoais
Nome completo Maycon Vinícius Ferreira da Cruz
Data de nasc. 29 de julho de 1992 (24 anos)
Local de nasc. Montes Claros, Minas Gerais (MG),  Brasil
Nacionalidade  brasileira
Altura 1, 74 m
Canhoto
Apelido Nikão
N10
N11
Informações profissionais
Período em atividade 2010presente (6 anos)
Clube atual Brasil Atlético Paranaense
Número 11
Posição Meia e Atacante
Clubes de juventude
20032008
2004
2005
2005
20082009
2009
2010
Brasil Mirassol
Rússia CSKA Moscou (emp.)
Países Baixos PSV Eindhoven (emp.)
Arábia Saudita Príncipe (emp.)
Brasil Palmeiras
Brasil Santos
Brasil Atlético Mineiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20102014
2011
2011
2012
2013
2014
2014
2014
2015
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Vitória (emp.)
Brasil Bahia (emp.)
Brasil Ponte Preta (emp.)
Brasil América Mineiro (emp.)
Brasil Linense (emp.)
Brasil América Mineiro (emp.)
Brasil Ceará (emp.)
Brasil Atlético Paranaense
0006 0000(0)
0001 0000(0)
0008 0000(0)
0029 0000(1)
0038 0000(6)
0007 0000(0)
0000 0000(0)
0036 0000(7)
0074 0000(7)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 26 de novembro de 2016.

Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, mais conhecido como Nikão (Montes Claros, 29 de julho de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como meia e atacante. Atualmente joga pelo Atlético Paranaense.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nikão começou a carreira de base no Mirassol, tendo sido emprestado ainda por bases de clubes do exterior, como CSKA Moscou, PSV Eindhoven e Príncipe, para ganhar experiência. Em 2008, foi adquirido pelo Palmeiras, onde ficou até 2009, quando se transferiu para o Santos. Pelo clube santista, se destacou na campanha da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2010.

Ainda em 2010, o Atlético Mineiro acertou a contratação do meia, que foi integrado aos profissionais no decorrer do ano. Passou a temporada no banco de reservas, tendo poucas oportunidades de jogo.

No dia 9 de fevereiro de 2011, foi emprestado ao Vitória.[1] Estreou no dia 2 de março marcando o gol da vitória sobre o Vitória da Conquista por 1 a 0. No jogo seguinte, marcou mais dois no triunfo por 4 a 2 sobre o Juazeiro.[2] Nas seis partidas próximas, marcou mais seis gols, contabilizando nove gols em seus oito primeiros jogos.[3] No entanto, não fez boas partidas nas finais do estadual e passou a ser criticado pela torcida.

No dia 25 de maio, foi confirmada a sua transferência para o Bahia, maior rival do rubro-negro baiano.[4]

Após poucos jogos pelo Bahia, o jogador retornou ao Atlético a pedido do técnico Cuca.[5] Pouco aproveitado no clube, Nikão foi emprestado à Ponte Preta até o final de 2012.

Ao final do empréstimo, o Atlético propôs a troca de Nikão pelo lateral Cicinho, da Ponte Preta. O clube de Campinas rejeitou a proposta, e com isso Nikão foi reintegrado ao elenco do Galo para a temporada 2013.

Após mais um começo de temporada sem chances no Galo, Nikão foi novamente emprestado, desta vez ao América Mineiro. O jogador assinou com o Coelho até o final de novembro.[6]

Em 2014, foi emprestado ao Linense, após o término do Paulistão, ele acertou com o Ceará, até dezembro de 2014.[7] Após altos e baixos no Ceará, Nikão foi dispensado, após várias críticas com seu baixo desempenho nas rodadas finais da Série B.[8]

Em janeiro de 2015, sonho antigo da diretoria do Atlético Paranaense, acabou assinando por 3 anos com o Furacão.[9]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 3 de março de 2016.
Clube Ano Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais
Campeonato
estadual
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Atlético-MG
2010 3 0 0 0 3 0 0 0 6 0
Vitória
(emp.)
2011 1 0 0 0 0 0 14 9 15 9
Bahia
(emp.)
2011 8 0 0 0 0 0 0 0 8 0
Atlético-MG
2012 0 0 0 0 0 0 1 0 1 0
Ponte Preta
(emp.)
2012 29 1 0 0 0 0 0 0 29 1
América-MG
(emp.)
2013 29 3 4 1 0 0 5 2 38 6
Linense
(emp.)
2014 0 0 0 0 0 0 7 0 7 0
Ceará
(emp.)
2014 28 4 8 3 0 0 0 0 36 7
Atlético-PR
2015 31 4 1 0 4 1 3 0 39 5
2016 0 0 0 0 0 0 3 0 3 0
Total na carreira 129 12 13 4 7 1 33 11 185 32

Títulos[editar | editar código-fonte]

Atlético Paranaense

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Mais novidades no Galo: clube contrata zagueiro e empresta meia». GloboEsporte.com. 9 de fevereiro de 2011. Consultado em 9 de fevereiro de 2011. 
  2. «Vitória leva susto, mas reage e derrota o Juazeiro de virada, no Barradão». Correio24horas.com. 10 de março de 2011. Consultado em 11 de março de 2011. 
  3. «Nikão deve deixar o Vitória no meio do ano». FutebolBahiano.com. 11 de abril de 2011. Consultado em 12 de abril de 2011. 
  4. CARVALHO, Eric Luís; FUKUTANI, Tamires (24 de maio de 2011). «Empresário confirma transferência: 'Nikão já é do Bahia'». GloboEsporte.com. Consultado em 25 de maio de 2011. 
  5. CARNEIRO, Raphael (12 de dezembro de 2011). «Nikão não fica no Bahia: meia volta para o Atlético-MG em 2012». GloboEsporte.com. Consultado em 13 de dezembro de 2011. 
  6. «Por empréstimo, Nikão fecha com o América-MG até novembro». GloboEsporte.com. 19 de março de 2013. Consultado em 19 de maço de 2013. 
  7. Ceará acerta primeira contratação pensando na Série B 2014.
  8. A cinco rodadas do fim da Série B, Ceará dispensa seis jogadores do atual elenco
  9. Atlético-PR anuncia a contratação do meia Nikão, ex-América-MG e Ceará
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.