Niko Kovač

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Niko Kovač
Niko Kovač
Kovač em 2019
Informações pessoais
Nome completo Niko Kovač
Data de nasc. 15 de outubro de 1971 (50 anos)
Local de nasc. Berlim Ocidental, Alemanha Ocidental
Nacionalidade croata
alemão
Altura 1,76 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Wolfsburg
Posição ex-volante
Função treinador
Clubes de juventude
1987–1989
1989–1990
Rapide Wedding
Hertha Zehlendorf
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1989–1991
1991–1996
1996–1999
1999–2001
2001–2003
2003–2006
2006–2009
Hertha Zehlendorf
Hertha Berlim
Bayer Leverkusen
Hamburgo
Bayern de Munique
Hertha Berlim
Red Bull Salzburg
jogos (golos)
Seleção nacional
1996–2009 Croácia
Times/clubes que treinou
2013
2013–2015
2016–2018
2018–2019
2020–2021
2022–
Croácia Sub-21
Croácia
Eintracht Frankfurt
Bayern de Munique
Monaco
Wolfsburg
Última atualização: 29 de maio de 2022

Niko Kovač (Berlim Ocidental, 15 de outubro de 1971) é um treinador e ex-futebolista teuto-croata que atuava como volante. Atualmente comanda o Wolfsburg.

Carreira como jogador[editar | editar código-fonte]

Foi capitão da Seleção Croata de 2004 a 2009. Após firmar-se como um dos jogadores mais veteranos da Seleção, foi convocado para as Copas do Mundo FIFA de 2002 e 2006, mas a equipe terminou na primeira fase em ambas, bem como na Eurocopa de 2004. Na Copa do Mundo de 2006, a atuação do capitão croata ficou comprometida por uma contusão logo no 1º tempo da estreia contra o Brasil, quando ele fazia boa marcação sobre Kaká.[1] Mesmo longe da melhor forma, atuou nas duas outras partidas e marcou um gol diante da Austrália, contando com uma falha do goleiro Željko Kalac.[2] Seu último torneio pela Croácia foi a Eurocopa de 2008.[3]

Niko Kovač é irmão mais velho do também ex-jogador teuto-croata Robert Kovač, que o acompanhou em todos os torneios pela Croácia. À época da Copa do Mundo de 2002, ambos jogavam também no mesmo clube, o Bayern de Munique.[4]

Carreira como treinador[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Comandou a Seleção Croata na Copa do Mundo FIFA de 2014.[5] Depois foi técnico do Eintracht Frankfurt, da Alemanha, entre 2016 e 2018.[6]

Bayern de Munique[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de abril de 2018, foi anunciado como novo treinador do Bayern de Munique.[7]

Após maus resultados, em especial uma goleada sofrida por 5 a 1 para o Eintracht Frankfurt, Kovač foi demitido do clube bávaro no dia 3 de novembro de 2019.[8]

Monaco[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2020 foi contratado pelo Monaco.[9] Devido aos maus resultados do time, eliminado na fase preliminar da Liga dos Campeões da UEFA, além de ocupar a 6º posição na Ligue 1, Kovač foi demitido no dia 30 de dezembro de 2021.[10]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Bayern de Munique
Red Bull Salzburg

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Eintracht Frankfurt
Bayern de Munique

Referências

  1. Daniel Tozzi e João Henrique Medice (13 de junho de 2006). «Croácia dificulta, mas Brasil vence por 1 a 0, com gol de Kaká». UOL. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  2. «Croácia luta, mas empate com Austrália acaba com sonho». UOL. 22 de junho de 2006. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  3. «20 irmãos que já jogaram juntos em uma Eurocopa». Gazeta Esportiva. 23 de junho de 2021. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  4. «Niko Kovac». UOL. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  5. «Croácia, 1º rival do Brasil, anuncia convocados para a Copa». Terra. 14 de maio de 2014. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  6. «Niko Kovač ist neuer Trainer von Eintracht Frankfurt» (em alemão). Zeit. 8 de março de 2016 
  7. «Bayern anuncia Niko Kovac como novo técnico». GloboEsporte.com. 13 de abril de 2018. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  8. «Bayern de Munique demite Niko Kovac após humilhação diante do Eintracht Frankfurt». ESPN Brasil. 3 de novembro de 2019. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  9. «Monaco demite Robert Moreno e anuncia Niko Kovac, ex-Bayern, como novo técnico». GloboEsporte.com. 19 de julho de 2020. Consultado em 25 de julho de 2020 
  10. «Monaco demite o técnico Niko Kovac». UOL. 30 de dezembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]