Nikolaus Joseph von Jacquin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nikolaus Joseph von Jacquin
Nascimento 16 de fevereiro de 1727
Leida
Morte 26 de outubro de 1817 (90 anos)
Viena
Cidadania Países Baixos, Áustria
Alma mater Universidade de Leiden
Ocupação botânico, médico, químico, explorador, professor, pteridólogo, briólogo, zoólogo, ornitólogo, metalúrgico, micologista, entomologista
Prêmios membro da Royal Society
Empregador Universidade de Viena
Título barão

O barão Nikolaus Joseph Freiherr von Jacquin (Leiden, 16 de fevereiro de 1727Viena , 24 de outubro de 1817) foi um botânico holandês do século XVIII.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou num colégio jesuíta em Anvers. Posteriormente, retornou a Leiden para estudar medicina e botânica na Universidade de Leiden, onde influenciado pelo seu professor Adrian van Royen (1704-1779), iniciou seu interesse pela botânica. Foi para Paris, onde continuou seus estudos em medicina entre 1750 e 1752. Em Paris, conheceu os irmãos botânicos Bernard de Jussieu (1699-1777) e Antoine de Jussieu (1686-1758) cujas palestras aumentaram o sei fascínio pela botânica.

Foi para Viena, onde a convite da imperatriz Maria Teresa da Áustria (1717-1780) assumiu o posto de médico Imperial da Corte Austríaca e professor de medicina. A convite do imperador Francisco I da Áustria (1768-1835) participou, como botânico, de uma expedição científica ao Caribe e à América Central, de 1754 a 1759. Desta expedição trouxe uma importante coleção de plantas, de animais e de minerais. Várias destas espécies vegetais foram plantadas nos jardins do Palácio de Schönbrunn. Em 1762 tornou-se professor de mineralogia e de técnicas de minas da Academia de Minas de Schemnitz. Em 1768 assumiu a cadeira de professor de botânica e química da Universidade de Viena e passou a dirigir o jardim botânico da instituição, e em 1809 tornou-se reitor desta universidade.

Jacquin foi eleito membro da Royal Society em 1788 e membro associado da Académie des Sciences em 1804.

Jacquin se aposentou em 1797 e obteve o título de barão em 1806.

Carl von Linné (1707-1778) lhe dedicou o gênero Jacquinia, um grupo de orquídeas epífitas encontradas na América Central e parte da América do Sul. Seu nome também esta associado as seguintes espécies:

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Selectarum Stirpium americanarum (1763);
  • Hortus botanicus Vindobonensis (três volumes, 1770-1776), ilustrado por Franz Anton von Scheidel que é um catálogo das plantas do jardim botânico de Schönbrunn;
  • Floræ Austriacæ (cinco volumes, 1773-1774) ou Flore d’Autriche;
  • Icones plantarum rariorum (1781–1793).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Nikolaus Joseph von Jacquin

Observationum Botanicarum (1767), consultar em: