Nioh 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nioh 2
Desenvolvedora(s) Team Ninja
Publicadora(s) JP: Koei Tecmo
INT: Sony Interactive Entertainment
Diretor(es) Fumihiko Yasuda
Produtor(es) Fumihiko Yasuda
Projetista(s) Takahiro Shiojima
Escritor(es) Ryohei Hayashi
Programador(es) Yuta Yamazaki
Takahiro Suzuki
Compositor(es) Yugo Kanno
Akihiro Manabe
Plataforma(s) PlayStation 4
Lançamento 13 de março de 2020
Gênero(s) RPG de ação
Modos de jogo Um jogador
Multijogador
Nioh

Nioh 2 (仁王2 Niō Tsū?) é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido pela Team Ninja e publicado pela Koei Tecmo no Japão e pela Sony Interactive Entertainment internacionalmente. É uma pré-sequência de Nioh (2017) e foi lançado em 13 de março de 2020 para PlayStation 4.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Semelhante ao seu antecessor, Nioh 2 é um jogo eletrônico de RPG de ação. Os jogadores podem criar seu próprio personagem jogável, que era um espírito yōkai. Os jogadores estão equipados com uma variedade de armas, como odachi e kusarigama, e ganham novas habilidades à medida que progridem no jogo.[1] Quando os jogadores derrotam um yōkai hostil, alguns deles podem brotar um "Soul Core". Eles permitem que os jogadores usem habilidades de yōkai e se transformem em um deles depois de serem depositados em um santuário.[2]

Em locais chamados "Benevolent Graves", os jogadores podem convocar no máximo dois avatares de outros jogadores, controlados por inteligência artificial, para ajudá-los em combate.[3] O jogo também possui um modo multijogador cooperativo para três jogadores.[4]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O jogo foi anunciado na E3 2018 durante a conferência de imprensa da Sony.[5] Uma versão beta aberta foi lançada em 1º de novembro de 2019 e os jogadores que testaram durante esse período receberiam um item cosmético gratuito no jogo, quando ele fosse lançado completamente em 13 de março de 2020 para PlayStation 4.[6]

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Destructoid 9/10[7]
EGM 8/10[8]
Game Informer 8.5/10[9]
Game Revolution 4.5 de 5 estrelas.[10]
GameSpot 8/10[11]
GamesRadar+ 4.5 de 5 estrelas.[12]
IGN 9/10[13]
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic 85/100[14]

Nioh 2 recebeu críticas "geralmente favoráveis" de acordo com o agregador de resenhas Metacritic.[14] A IGN declarou que Nioh 2 "é uma evolução impressionante de seu antecessor, fortalecendo tudo o que já era ótimo, deixando principalmente os problemas já existentes em paz. Seu combate estelar é elevado pela adição de núcleos de alma, contadores de explosão e as maneiras pelas quais essas duas novas mecânicas principais afetam a IA inimiga e a maneira como você aborda as batalhas. É uma profundidade impressionante, embora isso também possa parecer um pouco esmagadora devido ao tempo necessário para gerenciar os muitos sistemas de Nioh 2. Se você estiver aberto ao desafio, Nioh 2 é sem dúvida um dos jogos mais difíceis e gratificantes desta geração".[13] A GameSpot declarou: "Por fim, essa dificuldade excruciante e a sensação que ela evoca estão inseridas no DNA de Nioh, e suas lutas contra chefes permanecem convincentes, mesmo quando irritam e frustram. Embora às vezes pareça uma maldição enquanto você joga, é um testemunho de que Nioh 2 agarra com sucesso e mantém toda a sua atenção por tanto tempo."[11]

Vendas[editar | editar código-fonte]

Nioh 2 vendeu 91.892 cópias durante sua primeira semana de lançamento no Japão, o que o tornou o jogo de varejo mais vendido da semana no país.[15] Foi também o jogo mais vendido durante sua primeira semana de lançamento no Reino Unido.[16]

Referências

  1. Morton, Lauren (12 de dezembro de 2019). «Nioh 2: everything we know about Team Ninja's next samurai game». PC Gamer. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  2. Franey, Joel (4 de novembro de 2019). «How to Turn Into a Yokai in Nioh 2». USgamer. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  3. McWhertor, Michael (17 de setembro de 2019). «Nioh 2 adds more complexity, also lets you pet a cat». Polygon. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  4. Donaven, Imogen (13 de setembro de 2019). «Nioh 2 gets online co-op, character creation, and Yokai superpowers». VideoGamer.com. Consultado em 14 de dezembro de 2019 
  5. Schwartz, Terri (12 de junho de 2019). «E3 2018: Nioh 2 Announced at Sony Press Conference». IGN. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  6. Sheridan, Connor (30 de outubro de 2019). «Nioh 2 release date is set and the open beta begins November 1». GamesRadar. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  7. Devore, Jordan (13 de março de 2020). «Review: Nioh 2». Destructoid. Consultado em 3 de maio de 2020 
  8. Patterson, Mollie (10 de março de 2020). «Nioh 2 review». Electronic Gaming Monthly. Consultado em 3 de maio de 2020 
  9. Tack, Daniel (10 de março de 2020). «Nioh 2 Review - Meticulous Masochism». Game Informer. Consultado em 3 de maio de 2020 
  10. Leri, Michael (10 de março de 2020). «Nioh 2 Review | A splendid, sadistic samurai showdown». Game Revolution. Consultado em 3 de maio de 2020 
  11. a b Epstein, Mike (20 de março de 2020). «Nioh 2 Review». GameSpot. Consultado em 30 de março de 2020 
  12. Bailes, Jon (10 de março de 2020). «Nioh 2 REVIEW: "Makes Bold Forwerd Strides Where It Really Counts"». GamesRadar+. Consultado em 3 de maio de 2020 
  13. a b Saltzman, Mitchell. «Nioh 2 Review». IGN. Consultado em 30 de março de 2020 
  14. a b «Nioh 2 for PlayStation 4 Reviews». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 27 de abril de 2020 
  15. Romano, Sal (18 de março de 2020). «Famitsu Sales: 3/9/20 – 3/15/20». Gematsu. Consultado em 18 de março de 2020 
  16. Dring, Christopher (16 de março de 2020). «UK Charts: Nioh 2 takes No.1 as Mario Kart 8 races up the charts». Gematsu. Consultado em 16 de março de 2020