No Substitutions: Live in Osaka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
No Substitutions: Live in Osaka
Álbum ao vivo de Larry Carlton & Steve Lukather
Lançamento 20 de Março de 2001
Gravação Novembro de 1998
Gênero(s) pop rock instrumental, Fusion, Contemporary Jazz
Duração 52:27
Idioma(s) inglês
Gravadora(s) Favored Nations
Produção Steve Vai
Cronologia de Larry Carlton
Fingerprints
(2000)
Deep Into It
(2001)
Cronologia de Steve Lukather
Luke
(1997)
Santamental
(2003)
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4 de 5 estrelas.[1]

No Substitutions: Live in Osaka é um álbum ao vivo dos guitarristas estadunidenses Larry Carlton e Steve Lukather, sendo o primeiro e único álbum desta parceria.

O álbum foi lançado em 20 de Março de 2001 sob o selo Favored Nations Entertainment. Em 2002, o álbum ganhou o Grammy na categoria Melhor Álbum de Pop Instrumental.[2]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "The Pump"  Simon Phillips, Tony Hymas 14:28
2. "Don't Give It Up"  Larry Carlton 6:38
3. "(It Was) Only Yesterday"  Larry Carlton 12:09
4. "All Blues"  Miles Davis 14:06
5. "Room 335"  Larry Carlton 5:06
Duração total:
52:27

Créditos[editar | editar código-fonte]

Músicos[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

  • Steve Vai – edição, masterização, produção
  • Ken Blaustein – direção de arte, fotografia, produção
  • Neil Citron – edição
  • Robert Knight – fotografia
  • Yoshiyasu Kumada – engenheiro, gravação.
  • Gina Zangla – design, ilustrações

Paradas Musicais[editar | editar código-fonte]

Álbum[editar | editar código-fonte]

Ano Ranking Posição Ref.
2001 Billboard Top Contemporary Jazz Albums #14
2001 Billboard 200 #29 [3]

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Resultado Ref.
1998 Grammy Awards Melhor Álbum de Pop Instrumental Venceu [2]

Referências

  1. «No Substitutions: Live in Osaka». Allmusic. Consultado em 19 de outubro de 2010. 
  2. a b «The Complete List of Winners». Los Angeles Times. 28 de fevereiro de 2002. p. 1. Consultado em 19 de outubro de 2010. 
  3. http://www.billboard.com/artist/280631/steve-lukather/chart

Links Externos[editar | editar código-fonte]