Nobu Chinen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nobu Chinen
Alma mater Universidade de Taubaté, Universidade de São Paulo
Ocupação professor universitário, escritor, redator
Empregador Valeparaibano, Faculdades Oswaldo Cruz

Nobuyoshi Chinen (1961), mais conhecido como Nobu Chinen[1] é um escritor, redator, pós-graduado em Docência para Ensino Superior pela Faculdade Oswaldo Cruz,[2] doutor em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo pesquisador na área de história em quadrinhos, membro do Observatório de Histórias em Quadrinhos, da Comissão Organizadora do Troféu HQ Mix,[3] e professor universitário brasileiro.[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Entre 1987 e 1989, manteve uma página semanal sobre histórias em quadrinhos chamada VuptVaptPum no jornal Valeparaibano de São José dos Campos. Fo editor fanzine Clube do Mangá da Abrademi (Associação Brasileira de Mangá e Ilustração). Como escritor teve com conto premiado e incluído na Primeira Antologia de Contos do Vale do Paraíba. Formado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Taubaté[1][4] em 2013 apresentou a tese de doutorado O papel do negro e o negro no papel: representação e representatividade dos afrodescendentes nos quadrinhos brasileiros,[5][6] colaborou com o site Universo HQ,[1] é membro do Observatório de Histórias em Quadrinhos da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e da Comissão Organizadora do Troféu HQ Mix, é professor de Comunicação das Faculdades Oswaldo Cruz e possui vários artigos e livros sobre histórias em quadrinhos.[3]

Bibliografia parcial[editar | editar código-fonte]

  • Hentai - A Sedução do Mangá (Opera Graphica, 2005) [vários autores]
  • O Tico-Tico 100 Anos - Centenário da Primeira Revista de Quadrinhos do Brasil, organizado por Waldomiro Vergueiro e Roberto Elísio dos Santos (Opera Graphica, 2005)
  • Linguagem HQ - Conceitos Básicos (Criativo Editora, 2011)
  • Curso Básico Design Gráfico (Editora Escala, 2011) [organização]
  • Gibi - A Revista Sinônimo de Quadrinhos (Via Lettera, 2012) [vários autores]
  • Intersecções – Diferentes olhares sobre as histórias em quadrinhos (Criativo Editora, 2013) [organização, junto de Paulo Ramos e Waldomiro Vergueiro
  • Os pioneiros na pesquisa de histórias em quadrinhos no Brasil (Criativo Editora, 2013) [organização, junto de Paulo Ramos e Waldomiro Vergueiro]
  • Quadrinhos e Literatura - Diálogos Possíveis (Criativo Editora, 2014) [vários autores]
  • Humor Paulistano - A Experiência da Circo Editorial, 1984-1995 (SESI-SP Editora Editora, 2014) [vários autores]
  • Série Recordatório - Primaggio Mantovi: o mestre de traço versátil (Marsupial Editora, 2014)
  • Histórias em Quadrinhos e Práticas Educativas: os Gibis Estão na Escola, e Agora? (Criativo Editora, 2015) [vários autores]
  • Linguagem Mangá - Conceitos básicos (Criativo Editora, 2015)
  • Enquadrando o Real - Ensaios sobre Quadrinhos (Auto)Biográficos, Históricos e Jornalísticos (Criativo Editora, 2016) [organização, junto de Paulo Ramos e Waldomiro Vergueiro]
  • O negro nos quadrinhos do Brasil (Peirópolis, 2019)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]