Nome artístico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um nome artístico é um pseudônimo de conotação profissional, usado por exemplo por atores, comediantes, músicos, palhaços, DJs, etc.[1][2] Não obstante, tal exemplificação definitória não pode ser considerada exaustiva, isto porque um nome artístico pode ser aplicado a indivíduos de outras áreas profissionais que não necessariamente artísticas.

Seu uso ocorre por muitas razões,[1] frequentemente porque seus nomes reais não são considerados atrativos,[2] ou então "difíceis", dada sua ortografia ou fonética.

Alguns preferem usar um nome artístico para não serem sempre lembrados por seu parentesco com alguma personalidade já consagrada, como Nicolas Cage (sobrinho de Francis Ford Coppola) e Mike McGear (irmão de Paul McCartney). Em outros casos, artistas podem exigir um processo judicial para a moção do nome, como a cantora Fergie, que mudou seu nome de nascimento, Stacy Ann Ferguson, para seu nome artístico de casada, Fergie Duhamel.[3] Em outros casos, no entanto, pode haver múltipla mudança de pseudônimos, o que não pode ser muito bem visto nos meios de mídia, como Calvin Broadus Jr., que adotou inicialmente o nome Snoop Dogg, e depois Snoop Lion.[4] Ele citou que a causa da mudança de seu nome foi por motivos espirituais e musicais, através do movimento rastafári na Jamaica, onde "eles acabaram de me coroar como 'o leão' porque é associado com o rastafári e com a música reggae".[5]

Referências

  1. a b Maria Celeste Ramilo (22 de outubro de 2003). «Nome artístico, profissional, político e literário ». Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Consultado em 27 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2017 
  2. a b «Nascida Arlete Silva, Fernanda Montenegro explica escolha do nome artístico». Caras Digital. 8 de julho de 2014. Consultado em 27 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2017 
  3. «Fergie muda oficialmente de nome e adota seu nome artístico na vida real». UOL. Caras Online. 16 de Agosto de 2013. Consultado em 10 de outubro de 2013 
  4. «Famosos que trocaram seus nomes por pseudônimos ridículos». UOL. O Fuxico. Consultado em 10 de outubro de 2013 
  5. «Rapper Snoop Dogg conta como virou Snoop Lion em documentário». Reuters + G1 Música. 8 de setembro de 2012. Consultado em 27 de fevereiro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.