Non serviam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Offer Something In Return When asking for the assistance of a demon, it's proper form to present an offering in return. While the offering itself can vary based on the demon or the request, it usually involves "publicity for the demon, working against the enemy, or working to advance Satanism," according to Joy of Satan Ministries. No matter the offer, it should be agreed upon by both you and the demon.
Photo: Mihály Zichy / Wikimedia Commons / Public Domain

Non serviam, em latim, quer dizer "não servirei". A afirmação é geralmente atribuída a Lúcifer,[1] que assim teria expressado sua rebelião contra Deus quando ainda estava no reino dos céus.[2][3]

Atualmente, "non serviam" também é usado como lema por vários grupos políticos, culturais e religiosos[4] como expressão de rebeldia contra o que é visto como senso comum em termos de crenças e estruturas sociais estabelecidas[5].[6]

A ideia encontra eco, por exemplo, no personagem Stephen Dedalus, do livro Retrato do Artista quando Jovem, de James Joice, que afirma "Não servirei a aquilo em que não mais acredito, ainda que se diga minha casa, minha pátria ou minha igreja: e tentarei me expressar em algum modo de vida ou de arte da maneira mais livre e completa que puder, usando em minha defesa as únicas armas que me permito usar – silêncio, exílio e esperteza."[7]

Referências

  1. «Se Lúcifer estava tão perto de Deus, por que se rebelou?». www.rainhamaria.com.br. Consultado em 22 de abril de 2021 
  2. Splendor, Veritatis (8 de julho de 2009). «Rebelião de lúcifer?». Veritatis Splendor. Consultado em 22 de abril de 2021 
  3. «Jeremias 2:20 - Bíblia». Bíblia Sagrada Online. Consultado em 22 de abril de 2021 
  4. GUIMARÃES, Gonçalo (27 de março de 2001). «Miserabilismo: investida contra Deus». catolicismo.com.br. Consultado em 22 de abril de 2021 
  5. Melo, Gladstone (27 de setembro de 1986). «A CNBB e a Constituinte» (PDF). Senado Federal. Consultado em 22 de abril de 2021 
  6. «Non Serviam: The Anarchy of James Joyce». Malcolm's Corner (em inglês). 7 de março de 2016. Consultado em 22 de abril de 2021 
  7. Joyce, James (1922). A Portrait of the Artist as a Young Man. [S.l.]: B. W. Huebsch