Nova Prata do Iguaçu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja Prata (desambiguação).
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja Iguaçu.
Município de Nova Prata do Iguaçu
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 1 de fevereiro
Fundação 1979
Gentílico pratense
Lema Amor Pela Nossa Gente
Prefeito(a) Adroaldo Hoffelder (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Nova Prata do Iguaçu
Localização de Nova Prata do Iguaçu no Paraná
Nova Prata do Iguaçu está localizado em: Brasil
Nova Prata do Iguaçu
Localização de Nova Prata do Iguaçu no Brasil
25° 37' 58" S 53° 20' 49" O25° 37' 58" S 53° 20' 49" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Sudoeste Paranaense IBGE/2008 [1]
Microrregião Francisco Beltrão IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Salto do Lontra, Capitão Leônidas Marques, Realeza, Boa Esperança do Iguaçu
Distância até a capital 500 km
Características geográficas
Área 352,565 km² [2]
População 10 369 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 29,41 hab./km²
Altitude 438 m
Clima Subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,754 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 111 337,770 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 10 317,65 IBGE/2008[5]
Página oficial

Nova Prata do Iguaçu é um município brasileiro do estado do Paraná, fundado em 1979. Localiza-se a uma altitude de 438 m. Sua população atual ultrapassa os 10 mil habitantes.

O município de Nova Prata do Iguaçu, como muitos outros municípios da região sudoeste do Paraná, recebeu um grande número de imigrantes gaúchos e catarinenses, na sua maioria descendentes de italianos, alemães, poloneses, ucranianos. Quando chegaram aqui, o município era coberto por vegetação densa; os primeiros habitantes ativaram madeireiras para efetuar a derrubada das árvores, implantando em seguida a agricultura.

Características do povo pratense

Algumas das principais características do povo pratense podem ser destacadas, dentre essas a hospitalidade, a afetuosidade, a solidariedade, a espirituosidade, o respeito, cada uma delas com marca registrada nas rodas de chimarrão realizadas em alguns momentos do dia, mas especialmente à tardinha, quando a família se reúne, juntamente com amigos e vizinhos, para compartilhar um saboroso e encorpado mate-amargo. Na roda de chimarrão causos e mais causos são contados, histórias antigas e novas, narradas com muita alegria pelas nonas (avós) e nonos (avôs), tias e tios, pais e mães, enfim, pela família como um todo. A alegria nas horas em que a mateada acontece é uma marca registrada, além, é claro, da hospitalidade para com os de fora da cidade, como também para com os de dentro. Outro aspecto do povo pratense diz respeito ao gosto pelo churrasco, tradição trazida pelos desbravadores gaúchos e catarinenses, e as festividades anuais que acontecem em cada uma das assim chamadas comunidades, localizadas, em geral, na zona rural do município. Ali, novamente, há a reunião da família e amigos, além da boa comida que é servida, acompanhada do churrasco gordo e, também, da cerveja, um hábito trazido e fortalecido entre os pratenses em virtude dos colonos alemães que desbravaram a região. Um fato que pode ser claramente percebido no município tem a ver com o tamanho avantajado das famílias que ali residem, algumas delas ultrapassando a cifra de trezentos membros, em geral muito bem ligados entre si, apesar de muitos deles terem deixado a cidade movidos, especialmente, por razões econômicas.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.