Aeroporto do Montijo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Novo Aeroporto de Lisboa)
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou secção contém informações sobre uma construção futura.
É provável que contenha informações de natureza especulativa, e seu conteúdo pode mudar drasticamente.
Tower crane colorize.png
Montijo
Aeroporto
Aeroporto do Montijo
ANA Aeroportos de Portugal Logo.svg
Características
Tipo Público / Militar
Administração ANA Aeroportos de Portugal
Serve Região de Lisboa
Localização Portugal Montijo, LI
Inauguração 2022 (-5 anos)
Coordenadas 38° 43' 27" N 9° 0' 42" O
Altitude 50-55 m (-130 ft)
Capacidade anual 08 000 000 passageiros[1]
Website oficial Página oficial
Mapa
Aeroporto do Montijo está localizado em: Portugal Continental
Localização do aeroporto em Portugal
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
Não disponível Não disponível Não disponível
Não disponível Não disponível Não disponível

O Aeroporto do Montijo é o novo aeroporto proposto para servir Portugal, na zona da Península de Setúbal e também todo o centro/sul do país. Com inauguração prevista para 2022[2], este aeroporto iria substituir o Aeroporto Humberto Delgado como principal portal aéreo internacional de Lisboa.

Em Maio 2010, por razão da crise financeira o primeiro-ministro José Sócrates adiou o projecto.[3]

Em janeiro de 2017 o governo de António Costa anunciou a construção de um segundo aeroporto, o aeroporto do Montijo, como solução para a construção de um novo aeroporto. Na zona do futuro aeroporto do Montijo funciona a base aérea nº 6 da força aérea pelo que os custos de construção seriam bastante mais reduzidos. Lisboa ficaria, assim, com dois aeroportos em simultâneo. Com os 72 movimentos aéreos previstos por hora (48 em Lisboa e 24 no Montijo) um estudo da NAV[quem?] concluiu que a execução do projeto exigiria grandes restrições à atividade militar na região de Lisboa.[4]

O início das obras do aeroporto do Montijo deverá estar prevista para 2019.[5]

Localização[editar | editar código-fonte]

O aeroporto será implantado na atual Base Aérea nº 6 em Montijo.

Acessibilidades[editar | editar código-fonte]

Uma linha ferroviária semelhante à do sul do Tejo ou à área metropolitana do Porto é aquilo que o Governo português pretende para fazer a ligação entre as duas margens do rio, na Ponte Vasco da Gama.[6]

Características[editar | editar código-fonte]

O aeroporto do Montijo, está projetado para suportar um volume de tráfego de passageiros na ordem dos 8 milhões de passageiros anuais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. Rainho, Pedro (15 de fevereiro de 2017). «Aviões comerciais começam a aterrar no Montijo em janeiro de 2022». Observador. Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
  3. 'Sócrates adia investimentos públicos no aeroporto de Lisboa e terceira travessia do Tejo ' Noticia do 8. Maio 2010 no jornal Público (7. Outubro 2010)
  4. Rainho, Pedro (15 de fevereiro de 2017). «Montijo. Vantagens e desvantagens apontadas pelo Governo para o novo aeroporto». Observador. Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
  5. Gomes, João Francisco (15 de fevereiro de 2017). «Aeroporto do Montijo. Construção pode arrancar "no início de 2019" e incluir Metro». Observador. Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
  6. Bandeira, Mariana (15 de fevereiro de 2017). «Governo estuda metro ligeiro na Ponte Vasco da Gama para ligar ao aeroporto do Montijo». Jornal Económico. Consultado em 15 de fevereiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.