Novo Banco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Novo Banco
Logo
Razão social Novo Banco, S.A.
Tipo Empresa de capital aberto
Slogan Isto é novo. É Novo Banco.
Cotação Euronext Lisboa: BES
Indústria Serviços Financeiros
Fundação 4 de agosto 2014
Sede Lisboa, Flag of Portugal.svg Portugal
Pessoas-chave António Ramalho
Empregados 7.500[1]
Produtos Banca
Banca de investimento
Private Banking
Seguros
Ativos 72,4 mil milhões (2014)
Lucro Baixa - 467,9 milhões (2014)[2]
Antecessora(s) Banco Espírito Santo
Website oficial www.novobanco.pt/

O Novo Banco é um banco português, estabelecido a 4 de agosto de 2014, numa intervenção de emergência do Banco de Portugal para salvar os activos bons do anteriormente falido Banco Espírito Santo (BES). O resgate do BES foi precipitado pelos prejuízos históricos de 3.577 milhões de euros. Por outro lado, os activos tóxicos do BES, foram transferidos para um "banco mau".[3]

História[editar | editar código-fonte]

O Novo Banco foi capitalizado em 4900 milhões de euros pelo Fundo de Resolução, criado pelo Estado português juntamente com o setor financeiro que contribuiu para fazer os montantes necessários para a capitalização do Novo Banco. O Novo Banco foi assim capitalizado com recursos da linha da Troika. Usaram-se também os 380 milhões que já estavam no fundo. O restante foi colocado pelos bancos privados em Portugal, somando 635 milhões de euros.[4] Este fundo, que tem três administradores, é o único acionista do Novo Banco, até à realização de uma operação de venda. O Fundo de Resolução é uma estrutura criada em 2012 e que resulta de contribuições dos bancos e institutos financeiros em Portugal e da contribuição especial imposta ao sector financeiro.[5] É auditado pelo Banco de Portugal e fiscalizado pelo Tribunal de Contas.[6]

Vítor Bento, anterior presidente do Conselho de Administração da SIBS mudou-se para o Novo Banco.[7] Um mês e meio depois de ter entrado em funções, Bento abandonou a liderança do Novo Banco e foi substituído em setembro de 2014 por Eduardo Stock da Cunha.[8]

O Novo Banco incorporou todos os trabalhadores, as agências, os depósitos, os clientes de crédito e os detentores de obrigações seniores do Banco Espírito Santo.[9]

Em agosto de 2014 foi lançada a primeira campanha de comunicação do Novo Banco, para dar início à mudança da imagem da instituição.[10] A partir da campanha, que teve como símbolo uma borboleta, a 22 de setembro o banco estreou a sua nova identidade, que incorporou as asas do animal em formato de potência matemática, pretendendo simbolizar o compromisso “de voltar a ocupar a posição de liderança que o mercado sempre lhe reconheceu”.[11] A mudança da marca foi feita de forma progressiva, iniciando-se pela substituição das fachadas dos balcões da instituição.[12]

No dia 3 de dezembro de 2014, o Novo Banco divulgou o seu balanço de abertura, registando ativos na ordem dos 72,4 mil milhões de euros.[13] O rácio de solvabilidade situou-se nos 9,2%, acima dos 7% exigidos pelo Banco de Portugal e dos 8% impostos pelo Banco Central Europeu.[14] Os recursos de clientes superaram os 27,2 mil milhões de euros e o crédito concedido os 38,5 mil milhões, dos quais 70% foram dirigidos a empresas.[13]

Em 2016, foi nomeado Presidente do Novo Banco António Ramalho, auferindo um ordenado de 23 542 €.

Em março de 2017, o Banco de Portugal anunciou que o fundo americano Lone Star Funds passará a deter 75% do capital social do Novo Banco, ficando o Fundo de Resolução do mesmo com os restantes 25%.[15] Em outubro de 2017 o fundo americano Lone Star Funds fechou com o Banco de Portugal o acordo de compra, tendo passado a controlar 75% do Novo Banco.

Referências

  1. Stock da Cunha: Novo Banco tem 7.500 trabalhadores e é "um banco seguro para se trabalhar", Jornal de Negócios (03-12-2014), página visitada a 07 de julho de 2015
  2. Stock da Cunha: Novo Banco pode atingir lucro em 2016, Diário Económico (09-03-2015), página visitada a 07 de julho de 2015
  3. Tudo o que já se sabe sobre o Novo Banco e o BES, Observador (03-08-2014), página visitada a 06 de agosto de 2014
  4. Quatro principais bancos garantem os 635 milhões com que sector entra no Novo Banco, Jornal de Negócios (08-08-2014), página visitada a 21 de agosto de 2014
  5. "Novo" BES recebe ajuda de 4,9 mil milhões de euros através do fundo de resolução, Jornal de Negócios (03-08-2014), página visitada a 06 de agosto de 2014
  6. Tudo o que já se sabe sobre o Novo Banco e o BES, Observador (03-08-2014), página visitada a 06 de agosto de 2014
  7. Banco de Portugal confirma Vítor Bento na presidência do Novo Banco, SIC Notícias (04-08-2014), página visitada a 21 de agosto de 2014
  8. Eduardo Stock da Cunha vai liderar o Novo Banco, Expresso (14-09-2014), página visitada a 07 de julho de 2015
  9. Tudo o que já se sabe sobre o Novo Banco e o BES, Observador (03-08-2014), página visitada a 06 de agosto de 2014
  10. 'Novo Banco. Um bom começo', promete Vítor Bento Diário Económico (21-08-2014)
  11. Novo Banco muda de símbolo e fica apenas com as asas da borboleta, Jornal de Negocios (22-09-2014)
  12. Logótipo do Novo Banco nos balcões a partir de hoje, Observador (22-09-2014)
  13. a b Isabel Vicente (3 de dezembro de 2014). «Novo Banco: capitais ascendem a 5,5 mil milhões de euros e créditos fiscais a 2,8 mil milhões de euros». Expresso. Consultado em 30 de janeiro de 2015 
  14. Anabela Reis e João Lima (4 de dezembro de 2014). «Novo Banco Says Common Equity Ratio Exceeded ECB Minimum». Bloomberg. Consultado em 30 de janeiro de 2015 
  15. «Lone Star fica com 75% do Novo Banco». Jornal de Notícias. 31 de março de 2017. Consultado em 31 de março de 2017