Novo Basquete Brasil de 2011–12

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NBB 2011–12
NBB 4
{{{PAGENAME}}}
Campeonato Novo Basquete Brasil
Esporte Basquetebol
Duração 19 de novembro de 20112 de junho de 2012
Número de times 15
Parceiro(s) de TV
Temporada regular
1º colocado São Paulo São José
MVP Murilo Becker (São José)
Cestinha Murilo Becker (São José)
743 pontos (20,6)
Playoffs
Campeão
Distrito Federal (Brasil) Lobos Brasília
  Vice-campeão São Paulo São José
MVP das finais Guilherme Giovannoni (Lobos Brasília)
Temporadas NBB

O Novo Basquete Brasil de 2011–12 foi uma competição brasileira de basquete organizada pela Liga Nacional de Basquete. Foi a quarta edição do campeonato organizado pela LNB, com a chancela da Confederação Brasileira de Basketball. Este torneio é totalmente organizado pelos clubes participantes.[1] O NBB serve como competição classificatória para torneios internacionais, como a Liga das Américas a Liga Sul-Americana de Basquete e o Torneio InterLigas de Basquetebol.

A edição teve as saídas dos times do Saldanha da Gama e do Assis (o último vindo a voltar no NBB 2012-13 como Suzano Basquete e se retirando novamente para a temporada seguinte) e a entrada dos times do Tijuca e da Liga Sorocabana (os dois primeiros colocados na Super Copa Brasil de Basquete Masculino 2011).

Essa temporada marcou também a entrada, pela primeira vez, dos primeiros colocados da Super Copa Brasil de Basquete Masculino no NBB.

Regulamento[editar | editar código-fonte]

A temporada 2012/13 se iniciou no dia 24 de novembro, com a forma de disputa seguindo um modelo semelhante adotado pela NBA e dos países da Europa (na Euroliga). A competição será disputada, a princípio, com 18 equipes participantes jogando entre si, em turno e returno na fase de classificação. Ao final dos dois turnos as quatro melhores equipes se classificam para a segunda fase automaticamente, já as equipe que terminarem entre o 5° e o 12° lugar vão participar dos playoffs classificatórios para definir as outras quatro equipes na segunda fase, as oitavas-de-final em melhor de cinco partidas, avança para a próxima fase quem vencer três jogos.[2]

A partir dessa temporada, a Final do NBB passou a ocorrer em jogo único, com transmissão ao vivo da Rede Globo, o que criou polêmica entre os meios de comunicação.[3][4]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Em 2010-11 Ginásio Capacidade Títulos do NBB
Araraquara Araraquara São Paulo SP 11º Ginásio Gigantão 5 000 0 (não possui)
Bauru Bauru São Paulo SP Ginásio Panela de Pressão 2 000 0 (não possui)
Espírito Santo Vila Velha Espírito Santo (estado) ES 14º Ginásio Tartarugão 3 500 0 (não possui)
Flamengo Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ Tijuca Tênis Clube 4 000 1 (2009)
Franca Franca São Paulo SP Ginásio Pedrocão 7 000 0 (não possui)
Joinville BA Joinville Santa Catarina SC Ginásio da Whirlpool 4 000 0 (não possui)
Liga Sorocabana Sorocaba São Paulo SP (Super Copa Brasil) Ginásio Gualberto Moreira 3 500 0 (não possui)
Limeira Limeira São Paulo SP Ginásio Vô Lucato 1 800 0 (não possui)
Lobos Brasília Brasília Distrito Federal (Brasil) DF Ginásio Nilson Nelson 18 000 2 (2009-10, 2010-11)
Minas Belo Horizonte Minas Gerais MG 10º Arena Vivo 4 000 0 (não possui)
Paulistano São Paulo São Paulo SP 12º Ginásio Antônio Prado Junior 1 500 0 (não possui)
Pinheiros São Paulo São Paulo SP Poliesportivo Henrique Villaboim 824 0 (não possui)
São José São José dos Campos São Paulo SP Ginásio Lineu de Moura 2 620 0 (não possui)
Tijuca Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ (Super Copa Brasil) Ginásio do Tijuca TC 4 000 0 (não possui)
Unitri/Uberlândia Uberlândia Minas Gerais MG Ginásio Sabiazinho 8 000 0 (não possui)

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos Times % Pts J V D PF PS PA Classificação ou rebaixamento
1 São Paulo São José 82,1 51 28 23 5 2424 2174 1,12 Classificado para a Fase final
2 São Paulo Pinheiros 75,0 49 28 21 7 2428 2173 1,12
3 Distrito Federal (Brasil) Lobos Brasília 75,0 49 28 21 7 2432 2248 1,08
4 Rio de Janeiro Flamengo 75,0 49 28 21 7 2469 2173 1,14
5 Minas Gerais Unitri/Uberlândia 64,2 46 28 18 10 2391 2257 1,06 Classificado para os Playoffs
6 São Paulo Bauru 60,7 45 28 17 11 2307 2172 1,06
7 São Paulo Paulistano 60,7 45 28 17 11 2286 2240 1,02
8 Santa Catarina Joinville BA 50,0 42 28 14 14 2217 2232 0,99
9 São Paulo Limeira 46,4 41 28 13 15 2278 2207 1,03
10 São Paulo Franca 46,4 41 28 13 15 2339 2339 1,00
11 São Paulo Liga Sorocabana 39,2 39 28 11 17 2128 2300 0,93
12 Rio de Janeiro Tijuca 32,1 37 28 9 19 2200 2384 0,92
13 Minas Gerais Minas 32,1 37 28 9 19 2179 2303 0,95
14 São Paulo Araraquara 7,1 30 28 2 26 2077 2488 0,84
15 Espírito Santo (estado) Espírito Santo 3,5 29 28 1 27 1859 2324 0,80

Confrontos[editar | editar código-fonte]

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

ARA BAU BRA ESB FLA FRA JOI LSB LIM MIN PAU PIN SJO TIJ UBE
Araraquara 81-92 66-105 80-71 52-99 67-102 88-106 72-78 78-89 81-83 90-107 83-106 80-82 81-77 84-85
Bauru 95-63 96-80 91-77 81-83 92-82 85-70 104-59 99-79 76-75 96-73 99-82 84-78 87-81 84-86
Brasília 97-79 88-81 81-66 93-74 90-85 100-83 68-63 82-76 87-76 97-63 86-75 82-83 109-78 94-81
Espírito Santo 75-73 68-76 73-81 60-72 66-85 67-74 74-76 51-99 78-84 78-81 54-86 73-86 98-108 71-73
Flamengo 81-65 81-66 110-72 103-41 93-81 97-83 93-55 97-96 99-89 88-78 84-89 79-85 86-71 81-89
Franca 87-81 87-80 95-104 79-44 91-80 91-87 90-75 75-96 77-89 71-75 89-87 76-87 94-82 87-84
Joinville 69-50 79-75 70-82 76-72 65-88 92-89 86-66 70-55 81-70 68-67 85-86 81-86 74-72 93-73
Liga Sorocabana 99-91 71-64 89-91 88-64 70-71 70-80 77-63 74-73 91-79 74-103 99-95 62-81 88-74 91-80
Limeira 69-65 69-75 77-83 73-70 80-91 84-74 78-85 107-77 86-80 86-70 73-77 71-83 79-65 84-74
Minas 83-72 70-78 69-81 73-72 70-83 73-78 72-75 84-77 96-93 69-75 73-104 85-80 62-73 94-82
Paulistano 84-76 78-63 120-93 78-55 90-86 82-71 90-79 87-83 65-79 88-83 80-90 73-93 80-84 94-81
Pinheiros 75-55 91-67 70-68 85-67 91-88 102-69 89-76 95-71 86-83 97-90 82-87 82-75 77-71 81-90
São José 100-77 79-69 87-78 87-47 98-101 95-88 93-82 82-74 102-85 68-65 75-64 66-64 108-91 102-86
Tijuca 90-78 66-72 79-87 76-64 76-83 102-98 91-89 85-78 76-77 85-70 63-81 71-104 78-89 69-103
Uberlândia 102-69 96-80 84-73 100-63 96-98 80-68 83-76 64-53 87-82 86-73 87-73 74-80 97-94 88-66

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Playoffs NBB 2012

Oitavas de final[editar | editar código-fonte]

Time 1 Séries Time 2 1º Jogo 2º Jogo 3º Jogo 4º Jogo 5º Jogo
Unitri/Uberlândia Minas Gerais 3–1 Rio de Janeiro Tijuca 67–75 73–59 93–77 81–74 -
Bauru São Paulo 3–0 São Paulo Liga Sorocabana 82–76 83–71 84–74 - -
Paulistano São Paulo 0–3 São Paulo Franca 89–91 68–75 69–77 - -
Joinville BA Santa Catarina 3–2 São Paulo Limeira 69–77 89–84 88–69 74–102 86–78

Chave[editar | editar código-fonte]

  Oitavas de final
(Melhor de 5)
Quartas de final
(Melhor de 5)
Semifinais
(Melhor de 5)
Final
(Jogo Único)
      
         1  São Paulo São José 3  
7  São Paulo Paulistano 0     10  São Paulo Franca 0  
10  São Paulo Franca 3       1  São Paulo São José 3  
           4  Rio de Janeiro Flamengo 2  
         4  Rio de Janeiro Flamengo 3  
5  Minas Gerais Unitri/Uberlândia 3     5  Minas Gerais Unitri/Uberlândia 2  
12  Rio de Janeiro Tijuca 1       1  São Paulo São José 0
           3  Distrito Federal (Brasil) Lobos Brasília 1
         2  São Paulo Pinheiros 3  
8  Santa Catarina Joinville BA 3     8  Santa Catarina Joinville BA 2  
9  São Paulo Limeira 2       2  São Paulo Pinheiros 2  
           3  Distrito Federal (Brasil) Lobos Brasília 3  
         3  Distrito Federal (Brasil) Lobos Brasília 3       
6  São Paulo Bauru 3     6  São Paulo Bauru 0       
11  São Paulo Liga Sorocabana 0  

Negrito - Vencedor das séries
itálico - Time com vantagem de mando de quadra

Final[editar | editar código-fonte]

Jogo único
2 de junho
10:00
São José São Paulo 62–78 Distrito Federal (Brasil) Lobos Brasília    Ginásio Professor Hugo Ramos, Mogi das Cruzes
Público: 4750
Placar por quarto: 10 - 18, 19 - 15, 10 - 20, 23 - 25
Pts: Murilo Becker (20)
Rbts: Murilo Becker (14)
Asts: Fúlvio Assis (3)
Pts: Guilherme Giovannoni (26)
Rbts: Alex Garcia (11)
Asts: Nezinho dos Santos (6)

Premiação[editar | editar código-fonte]

Novo Basquete Brasil 2011-12
Distrito Federal (Brasil)
Lobos Brasília
Campeão
(4° título Brasileiro)


Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Líderes em estatísticas[editar | editar código-fonte]

Categoria Jogador Time Estatísticas/Pontos*
Pontos por jogo Marcelinho Machado Flamengo 21.27
Rebotes por jogo Murilo Becker São José 10.22
Assistências por jogo Fúlvio Assis São José 8.32
Roubos por jogo Kenny Dawkins Liga Sorocabana 2.30
Tocos por jogo Léo Waszkiewicz Unitri/Uberlândia 1.54
Erros por jogo** Nezinho Lobos Brasília 3.7
Minutos por jogo Robby Collum Unitri/Uberlândia 37.1
Faltas por jogo Shilton Joinville BA 3.79
Eficiência por jogo Murilo Becker São José 26.11
2P% Hélio Lima Flamengo 0.698
LL%*** Helinho Filho Franca 0.947
3P%*** Hélio Lima Flamengo 0.533
Duplos-Duplos Federico Kammerichs Flamengo 14
Triplos-Duplos Larry Taylor**** Bauru 2

Fonte: Estatísticas Totais - NBB

  • *Para ser considerado nas estatísticas, um jogador deve ter participado de no mínimo 22 dos 28 jogos de temporada regular do NBB.
  • **Foi usado como critério de desempate para as estatísticas empatadas os minutos em quadra do jogador, o jogador com menos minutos venceu.
  • ***Para LL% e 3P%, além do critério dos 22 jogos, era necessário o jogador ter uma média de ao menos 1 (um) arremesso certo por partida, nos respectivos critérios.
  • ****Único jogador com Triplos-Duplos na Temporada Regular.

Equipes líderes[editar | editar código-fonte]

Categoria Time Estatísticas
Pontos por jogo Flamengo 88.18
Rebotes por jogo São José 33.2
Assistências por jogo São José 17.71
Roubos por jogo Pinheiros 8.18
Tocos por jogo Unitri/Uberlândia 3.39
Erros por jogo Vila Velha 15.25
Faltas por jogo Paulistano 22.68
Eficiencia de jogo São José 103.11
2P% Pinheiros 0.592
LL% São José 0.841
3P% Flamengo 0.415

Premiações anuais[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Novo Basquete Brasil de 2010–11
Novo Basquete Brasil
2011–12
Sucedido por
Novo Basquete Brasil de 2012–13