Novo Dicionário da Língua Portuguesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Novo Dicionário da Língua Portuguesa
Autor(es) Cândido de Figueiredo
Idioma língua portuguesa
País Portugal Portugal
Gênero Dicionário
Editora Livraria Editôra Tavares Cardoso & Irmão, Livraria Clássica, Portugal Brasil Lda., Portugal-Brasil Sociedade Editora, Bertrand
Formato Livro
Lançamento 1899

O Novo Dicionário da Língua Portuguesa (na grafia original de 1899 "Nôvo Diccionário da Língua Portuguêsa") é um dicionário no idioma português da autoria de Cândido de Figueiredo, publicado em 1899 pela editora Livraria Editôra Tavares Cardoso & Irmão, com sucessivas reedições por várias editoras até à 25ª em 1996.[1]

Foi editado em Portugal, para além da primeira edição de 1899 pela Livraria Editôra Tavares Cardoso & Irmão, entre 1899 e 1913 pela editora Livraria Clássica, em 1922 pela editora Portugal Brasil Lda. e 1926 pela Portugal-Brasil Sociedade Editora, e pelo menos desde 1939 pela editora Bertrand.

O autor faleceu em 1925 e a edição de 1913 entrou em domínio público no ano 2000, foi alvo de digitalização e conversão em texto por uma equipa de voluntários do projeto Distributed Proofreaders entre 2007 e 2010,[2] tendo sido disponibilizado ao público no sítio do Projeto Gutemberg a 8 de Março de 2010.[3] Posteriormente, o resultado desta digitalização serviu para disponibilizar um sítio web como o nome Dicionário Aberto, sujeito a algumas adaptações e correções, permite pesquisar e usar como um dicionário web, sob a licença CC-BY-SA 2.5 PT.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.