Novo Horizonte do Oeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Novo Horizonte do Oeste
Bandeira de Novo Horizonte do Oeste
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 13 de Fevereiro
Fundação 13 de fevereiro de 1992 (26 anos)
Gentílico novo-horizontino
Prefeito(a) Cleiton Cheregatto (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Novo Horizonte do Oeste
Localização de Novo Horizonte do Oeste em Rondônia
Novo Horizonte do Oeste está localizado em: Brasil
Novo Horizonte do Oeste
Localização de Novo Horizonte do Oeste no Brasil
11° 42' 36" S 62° 00' 00" W11° 42' 36" S 62° 00' 00" W
Unidade federativa Rondônia
Mesorregião Leste Rondoniense IBGE/2008[1]
Microrregião Cacoal IBGE/2008[1]
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 843,446 km² [2]
População 10 237 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 12,14 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,707 elevado PNUD/2000[4]
PIB R$ 103 261,504 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 10 361,38 IBGE/2008[5]

Novo Horizonte do Oeste é um município brasileiro do estado de Rondônia,

Geografia[editar | editar código-fonte]

localizada a uma latitude de 11,69639º S e a uma longitude de 61,99472º O.

O seu município tem 830 km² de área.

Economia e cultura[editar | editar código-fonte]

Tem sua economia baseada na pecuária de leite e corte, cafeicultura e etc.

Novo Horizonte é um município novo mas que tem potencial para se alavancar no estado de Rondônia.

Tem como sua principal festa a Exponorte que acontece no mês de Setembro de cada ano, sendo esta organizada com os agricultores, comerciantes e autoridades do município.

Generalidades[editar | editar código-fonte]

Novo Horizonte do Oeste é um município tranquilo, com poucos roubos, tem em construção um hospital e a praça municipal a qual começou a ser construída no mandato do então prefeito "Ceará", a qual nunca foi inaugurada por motivos de segurança o ministério público interditou.

Nos últimos 4 anos, teve como prefeito municipal Varley Gonçalves Ferreira (PPS), que pode dar continuidade aos trabalhos, porém, a construção da praça, ainda condenada, nada se pode fazer.

O "córgão" como é chamado um rio que corre nas extremidades da cidade, ja foi uma das distrações de finais de semana da população novorizontina, porém hoje, encontra-se em péssimo estado devido ao desmatamento de suas margens.

Possui um balneário, "Sítio do Zé", onde ocorre a maioria das festas, e também, uma ótima opção para lazer, sendo que possui lindas corredeiras no rio "Don Pedrito", que corre dentro da propriedade do balneário, conta também com piscina e área de jogos.

Tem eventos anuais, como ja citada FAFEN, também o "Rally Passeio" organizado todo ano pela equipe da Clever Motocenter, onde os participantes não disputam posições, e sim, fazer um passeio pelos pontos mais prejudicados pelo período chuvoso, um grande passeio entre amigos e muito barro.

Lanchonetes, sorveterias, Lan-houses, mercados, lojas, todos estabelecimentos que podem ser encontrados na cidade.

Na área de esportes, Novo Horizonte é da Zona da Mata, uma das cidades que mais possui talentos no futebol, nos anos de 1996 a 1999, erá imbatível nas competições regionais, e ainda hoje exporta jogadores as diversas modalidades.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Estabelecimentos de ensino pré-escolar 2
Estabelecimentos de ensino fundamental 7
Estabelecimentos de ensino médio 4
Hospitais 2

cultura[editar | editar código-fonte]

Na cidade a pessoas de diferentes regiões do Brasil, assim a uma grande quantia de culturas na região as principais são nordestinas e nascidas aqui mesmo no norte do pais.

distrito[editar | editar código-fonte]

Novo Horizonte do Oeste possui um distrito chamado Migrantinopolis uma cidade quase maior do que Novo Horizonte alem de possuir mais segurança e menos taxa de acidentes, e também é muito calmo.

evolução histórica[editar | editar código-fonte]

Com a nomeação do Coronel de artilharia Jorge Teixeira de Oliveira para Governar o Território Federal de Rondônia, empossado em 10 de abril de 1.979, destacava-se a tarefa de preparar administrativa econômica e politicamente o Território para a sua transformação em um novo Estado

Rondônia crescia aceleradamente e a abundância de possibilidades atraia novos contingentes humanos para estas regiões. A administração do Coronel Jorge Teixeira foi marcada pelo dinamismo e pela febril atividade de criação de uma infra-estrutura capaz de permitir e viabilizar a administração do futuro desenvolvimento de Rondônia. As metas previstas em meados do ano de 1.981 seriam a transformação do Território de Rondônia em Estado e a colonização do interior.

Núcleos de colonização surgiam ao longo da BR 364 e também das estradas vicinais, que partiam da BR 364 para as áreas interiores do Estado. No interior do Estado foram criados 17 Núcleos de Apoio ao Produtor Rural (NUAR). Estes Núcleos tiveram como objetivos facilitar a vida dos colonos que residiam afastados das sedes municipais. Dentre estes, um deles se tornou no que temos hoje, o município de Novo Horizonte do Oeste.

O primeiro passo para a criação de Novo Horizonte, foi a formação de uma Comissão de Desenvolvimento Rural (CDR), a qual tinha como meta a implantação de um NUAR, financiado pelo Banco Mundial através da SEPLAN. O NUAR foi inaugurado em 19/10/83 e seu primeiro administrador o Srº Agenor Ferreira de Lima, que era subordinado a Capital de Porto Velho.

Com a emancipação política de Rolim de Moura em 05/08/83, o Prefeito Valdir Raupp de Mattos, solicitou a guarda e a responsabilidade do Núcleo de Novo Horizonte, passando a ser distrito de Rolim de Moura. O Srº. João Vilmar Lopes (Nego D´Água) foi o segundo administrador. Seu sucessor, o Srº. Pedro Rodrigues.

Em 13 de fevereiro de 1,992 é criado o município de Novo Horizonte através da Lei nº 365. Nesta ocasião foi nomeado o 1º Prefeito Tampão Srº Geraldo de Sá, que administrou este município por 10 meses. O nome de Novo Horizonte ocasionava uma compatibilidade de nomes segundo o IBGE, por esta razão dificultava o processo de emancipação. Para solucionar este problema o então Deputado Federal Heditário Cassol, entrou com um pedido para facilitar a emancipação mudando o nome para Cacaieiros, homenageando os primeiros que aqui paravam para descansar e seguir o seu destino.

No final de 1,992, houve a primeira eleição, elegendo o Primeiro Prefeito o Srº. Varley Gonçalves Ferreira. A opinião popular e política alegando que o nome Cacaieiros corresponderia a sinônimo de sofrimento solicitaram junto ao poder público a mudança do nome, para tanto, o prefeito encaminhou um Projeto à Câmara de Vereadores mudando o nome de Cacaieiros para Novo Horizonte, acrescentando do Oeste, a qual foi aprovada por unanimidade.

Completando os primeiros quatro anos de emancipação política, houve a segunda eleição, sendo eleito o Srº Manoel de Lima Filho (Manelão). Em 2,000, realizou-se a terceira eleição, elegendo o Srº Francisco Adomilson Dantas Barbosa (Ceará) na quarta eleição sendo eleito pela segunda vez o Srº Varley Gonçalves Ferreira, com a gestão de 2005 a 2,008 e a quinta eleição sendo eleito Nadelson de Carvalho para gestão de 2009 a 2,012. Atualmente na sexta gestão, Varley Gonçalves Ferreira é o Prefeito para a gestão de 2013 a 2016.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios de Rondônia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.