Novo antissemitismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Novo antissemitismo é o conceito que uma nova forma de antissemitismo se desenvolveu no final do século XX e no início do século XXI, tendendo a se manifestar como oposição ao sionismo e crítica ao governo de Israel. O conceito está incluído em algumas definições de antissemitismo, como a Definição de trabalho do antissemitismo e o teste 3D de antissemitismo.

O conceito geralmente postula que, no final do século XX e início do século XXI, grande parte do que é para ser uma suposta crítica a Israel por vários indivíduos e organismos do mundo é de fato equivalente a uma demonização dele, e que, juntamente com um suposto ressurgimento internacional de ataques a judeus e seus símbolos, e uma aceitação crescente de crenças antissemitas no discurso público, essa demonização representa uma evolução na aparência de crenças antissemitas.[1]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Referências

  1. Manfred Gerstenfeld, The Deep Roots of Anti-Semitism in European Society. Jewish Political Studies Review 17:1–2 Spring 2005