Nuers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde junho de 2011). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os nuers são uma confederação de tribos localizadas no sul do Sudão e no oeste da Etiópia.

Segundo E.E. Evans-Prichard são um exemplo clássico de linhagem segmentária ou linhagem multicentrica como solução de o problema de a unidade tribal; cerca de 200 000 vivem em povoados cultivando milho durante a estação das chuvas e pastoreando gado em regime de nomadismo quase constante durante as estações secas; seu sistema social é fluido tendo fama de serem em termos individuias de uma independência feroz; ainda que exista uma completa falta de autoridade centralizada ou de qualquer tipo de autoridade formal que transponha os limites de o povoado os Nuer são capazes de unirem-se em grupos cada vêz mais amplos para fazerem frente a ameaças exteriores; E.-Pritchard caracterizava os Nuer como um estado acefalo sem órgãos legislativos, judiciais ou executivos. Longe de serem uma comunidade caótica mantém uma forma permanente e coerente que poderia-se chamar de anarquia ordenada.

Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre etnologia ou sobre um(a) etnólogo(a) é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.