Nuscu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Nuscu
Conselheiro e camareiro de Enlil
Deus da luz, do fogo e das artes
Turkish - Cylinder Seal with a Seated God - Walters 42800 - Side C.jpg
Selo do cilindro com um deus desconhecido sentado.
Outro(s) nome(s) Nusca
Pais Nana, Ningal
Irmão(s) Samas, Inana
Filho(s) Gibil

Nuscu (Nusku) ou Nusca era o deus sumério-acádio da luz e do fogo,[1] filho de Nana e Ningal, e irmão de Samas e Inana. Era o fiel camareiro e conselheiro de Enlil, o deus do ar e vento. Nuscu era pai de Gibil, também deus do fogo.

Na Assíria seu centro de culto era Harã, onde predominava o culto a seu pai. Ele também foi considerado o patrono das artes e deus da civilização porque foi associado à descoberta do fogo feita pela humanidade e ao seu progresso a partir dela.[2]

No poema Atracasi Epo, Nuscu aparece aconselhando Enlil contra a rebelião dos deuses inferiores que não queriam mais trabalhar. Ele também é mencionado no mito de Enlil e Ninlil quando ele o leva em um barco para ter relações com a jovem e bela Ninlil.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Nusku, Mesopotamian deity». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 13 de agosto de 2020 
  2. a b Michael Jordan (2002). Encyclopedia of Gods. Kyle Cathie Limited