Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de OLAA)
Ir para: navegação, pesquisa

A Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica é uma é uma competição anual de astronomia e astronáutica para estudantes do ensino médio. Em sua idealização teve objetivos como divulgar a astromia, por isso sua primeira edição ocorreu no Ano Internacional da Astronomia, e fazer uma interação entre os estudandes de ensino médio da América do Sul. Sua primeira edição ocorreu no Rio de Janeiro, Brasil, em 2009, como a participação de 7 países.


Histórico[editar | editar código-fonte]

A primeira edição da OLAA ocorreu de 12 a 19 de outubro de 2009 e contou com a participação de delegações de sete países latinoamericanos (México, Colômbia, Bolívia, Brasil, Paraguai, Uruguai e Chile), totalizando 33 alunos participantes[1]. A prova observacional foi realizada no Laboratório Nacional de Astrofísica em Itajubá, MG.

Participantes da I OLAA.

A segunda edição ocorreu entre 5 e 10 de setembro de 2010, em Bogotá, Colômbia, contando com a participação dos mesmos sete países que participaram da primeira edição, mas com 35 alunos[2]. A prova observacional ocorreu no Deserto de Tatacoa.

A terceira edição ocorreu novamente no Rio de Janeiro, Brasil. A quarta edição aconteceu entre 9 e 15 de Setembro em Barranquilla, Colômbia. [3]

A quinta edição aconteceu em Cochabamba, Bolívia, e a sexta edição na cidade de Minas, Uruguai.

A sétima edição aconteceu mais uma vez no Rio de Janeiro, Brasil.

A oitava edição, realizada em 2016, foi sediada em Córdoba, na Argentina.

A nona edição acontecerá no Chile.

Sedes[editar | editar código-fonte]

Número Ano País Sede Cidade
1 2009 Brasil Brasil Rio de Janeiro
2 2010 Colômbia Colômbia Bogotá
3 2011 Brasil Brasil Rio de Janeiro
4 2012 Colômbia Colômbia Barranquilla
5 2013 Bolívia Bolívia Cochabamba
6 2014 Uruguai Uruguai Minas
7 2015 Brasil Brasil Rio de Janeiro
8 2016 Argentina Argentina Cordoba

O Brasil na OLAA[editar | editar código-fonte]

Resultados obtidos[editar | editar código-fonte]

Ano País Sede Ouro Prata Bronze Honra
2009 Brasil Brasil 2 2 1 -
2010 Colômbia Colômbia 4 - 1 -
2011 Brasil Brasil 2 3 - -
2012 Colômbia Colômbia 2 3 - -
2013 Bolívia Bolívia 3 1 1 -
2014 Uruguai Uruguai 3 2 - -
2015 Brasil Brasil 4 1 - -
2016 Argentina Argentina 2 2 1 -
TOTAL 22 14 4 -

Delegações brasileiras[editar | editar código-fonte]

2009 [4] :

  • Líderes: João Canalle, Julio Cesar Klafke
Equipe Brasileira da I OLAA.


2010[5][6] :

  • Líderes: João Canalle, Julio Cesar Klafke


2011[7]:

  • Líderes: João Canalle, Julio Cesar Klafke


2012[8][9]:

  • Líderes: João Canalle, Julio Cesar Klafke


2013:

  • Ouro: Andrei Michel Sontag (Cândido Rondon, PR), Rubens Martins Bezerra Farias (Fortaleza, CE), Weslley de Vasconcelos Rodrigues da Silva (Teresina, PI)
  • Prata: Ana Letícia dos Santos (Curitiba, PR)
  • Bronze: Marton Paulo dos Santos Silva (Recife, PE)
  • Líderes: João Canalle, Julio Cesar Klafke


2014:

  • Ouro: Rafael Charles Heringer Gomes (Mogi das Cruzes, SP), Romero Moreira da Silva (Itabira, MG), Wagner Fonseca Rodrigues (Belo Horizonte, MG)
  • Prata: Carolina Lima Guimarães (Vitória, ES), Lucas Hagemaister (Porto Alegre, RS)
  • Líderes: João Canalle, Julio Cesar Klafke
    Equipe Brasileira da VII OLAA (2015)


2015:

  • Ouro: Ana Paula Shuch (Porto Alegre, RS), Gustavo Guedes Faria (São Paulo, SP), Renner Leite Lucena (Fortaleza, CE), Vitor Gomes (São Paulo, SP)
  • Prata: Leonardo Martins (São Paulo, SP)
  • Líderes: Julio Cesar Klafke, Thiago Paulin

2016:

  • Ouro: Henrique Oliveira (Valinhos, SP), Mateus Siqueira Thimoteo (Mogi das Cruzes, SP)
  • Prata: Lucas Camargo da Silva (São José, SC), Nicolas Almeida Verras (São Paulo, SP)
  • Bronze: Beatriz Marques de Brito (São Bernardo do Campo, SP)
  • Líderes: João Canalle, Julio Cesar Klafke

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «I OLAA, Relatório» (PDF). Consultado em 13 de setembro de 2010 
  2. «II OLAA, Informe Final» (PDF). Consultado em 24 de outubro de 2010 
  3. «4a OLAA». Olimpiadas Colombianas. Consultado em 17 de Setembro de 2012 
  4. «Melhor resultado brasileiro na história da Olimpíada Internacional de Astronomia». Laboratório de Jornalismo Científico - Unicamp. Consultado em 24 de Novembro de 2011 
  5. «Premiação na II Olimpíada Latinoamericana de Astronomia». COOPEG - Interativa. Consultado em 24 de Novembro de 2011 
  6. «Brasil garante medalhas de ouro, prata e bronze em olimpíadas de astronomia». Jornal da Ciência / SBPC. Consultado em 24 de Novembro de 2011 
  7. «Alunos brasileiros conquistam duas medalhas de ouro em astronomia». Portal G1. Consultado em 24 de Novembro de 2011 
  8. «Resultado Brasil IV OLAA». Olimpiadas Científicas. Consultado em 17 de Setembro de 2012 
  9. «Brasileiros participam da Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica». O Dia - Educação. Consultado em 17 de Setembro de 2012