Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de OSUSP)
Ir para: navegação, pesquisa

A Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (OSUSP) é uma orquestra brasileira fundada em 1975 por Orlando M. de Paiva, então reitor da Universidade de São Paulo, e pelo professor e maestro Olivier Toni. A Orquestra teve como seu primeiro maestro o compositor Camargo Guarnieri.

História[editar | editar código-fonte]

A Orquestra Sinfônica da USP, fundada em 1975, é um órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária e teve como primeiro regente o renomado compositor Camargo Guarnieri (1907-1993).

Fundada em 1975, a Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo - OSUSP desempenha relevante papel no contexto universitário e no Estado de São Paulo. Com ampla programação que inclui concertos sinfônicos e camerísticos, a OSUSP está presente não só nas salas de concerto, mas também nos vários campi e em unidades de ensino e institutos especializados ligados à Universidade de São Paulo. Nestes 43 anos de existência, realizou turnês nacionais e internacionais, lançou oito álbuns, organizou concursos de composição, participou de montagens de óperas e se apresentou com alguns dos mais celebrados regentes e solistas do Brasil e do mundo. O grande prestígio alcançado pela OSUSP durante sua trajetória fez com que em 2006 conquistasse o Prêmio Carlos Gomes de “Melhor Orquestra do Ano”. Sua temporada anual de concertos consiste em apresentações regulares em diferentes salas, com diversas formações e repertórios.

A Orquestra é um órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária e tem como objetivos principais divulgar a música sinfônica e de câmara, inovar em propostas educacionais e artísticas, estimular a formação de público e, sobretudo, promover a interação entre o saber produzido na Universidade de São Paulo e a sociedade.

[1]A Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo - OSUSP finalizou o ano de 2017 homenageando e agradecendo o Magnífico Reitor Prof. Dr. Marco Antônio Zago, que com sua visão precursora e sensibilidade possibilitou a implantação de um novo modelo de gestão para a Orquestra, permitindo a reestruturação de equipes, a implantação de novos padrões de governança, a renovação de parcerias e a maior participação de músicos e funcionários nos processos decisórios.

Estas mudanças trouxeram importantes resultados, como o expressivo aumento de público nos concertos, especialmente alunos, docentes e funcionários, maior envolvimento dos diversos departamentos da Universidade nas atividades artísticas da Orquestra, maior alcance e consequente visibilidade advinda do impacto das ações de comunicação, nova sede administrativa e sala de ensaios, melhores condições de trabalho, aprimoramento da comunicação interna e da tramitação dos processos administrativos, maior controle de dados e documentos e ampliação da transparência de informações e do compartilhamento de resultados.

A OSUSP comemora o fim da Temporada 2017 com mais de 40.000 pessoas impactadas por seus concertos, que incluem a série de Ensaios Abertos no Centro de Difusão Internacional da USP (CDI/USP), as apresentações na Sala São Paulo, a itinerância pelos campi, os concertos em diversas unidades e em praça pública, além das séries de música de câmara realizadas em parceria com o SESC, a Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin e o Museu de Arte Contemporânea (MAC/USP). Com destaque para compositores brasileiros, novos e criativos repertórios foram apresentados sob a regência de renomados maestros e tendo como solistas artistas da nova geração, bem como nomes consagrados no Brasil e no exterior.

Com a curadoria artística do Prof. Dr. Eduardo Monteiro, a Temporada 2018 foi construída mantendo os princípios que nortearam o sucesso do último ano, dando continuidade às principais séries de concertos, com destaque à combinação de obras consagradas com repertório inovador e grandes maestros e solistas.

A Orquestra trabalhará ainda no desenvolvimento de programas em conjunto com o Departamento de Música da Escola de Comunicação e Artes (ECA/USP), de modo a proporcionar novas experiências aos alunos do curso de música. E por fim, com o propósito de descentralizar a realização de suas atividades, apresentará turnês pelos diversos campi da USP.

Reiteramos o compromisso da OSUSP em estimular a educação e a cidadania em sentido amplo, contribuir com a difusão do conhecimento produzido na Universidade e descentralizar a oferta da música de concerto, buscando a formação de um público apreciador das artes em suas mais variadas expressões.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Predefinição:Universidade de São Paulo (USP)

A Universidade de São Paulo (USP) é uma universidade pública, mantida pelo Estado de São Paulo e ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI). O talento e dedicação dos docentes, alunos e funcionários têm sido reconhecidos por diferentes rankings mundiais, criados para medir a qualidade das universidades a partir de diversos critérios, principalmente os relacionados à produtividade científica.

  1. SARTORELLI, L. C., Lucia. «Temporada 2018 OSUSP» (PDF)