O Assassinato de Trotsky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
The Assassination of Trotsky
No Brasil O Assassinato de Trotsky
Em francês L'Assassinat de Trotsky
Em italiano L'assassinio di Trotsky
 Reino Unido ·
 Itália ·  França
1972 •  cor •  103 min 
Direção Joseph Losey
Produção Norman Priggen
Roteiro Nicholas Mosley
Masolino D'Amico
Franco Solinas
Elenco Richard Burton
Alain Delon
Romy Schneider
Valentina Cortese
Jean Desailly
Gênero ficção histórica
suspense
drama
biografia
Música Egisto Macchi
Cinematografia Pasqualino De Santis
Edição Reginald Beck
Companhia(s) produtora(s) Dino de Laurentiis Cinematografica
Compagnia Internazionale Alessandra Cinematografica
Cinétel
Distribuição Cinerama Releasing Corporation
Estreia Itália 20 de abril de 1972
Estados Unidos 13 de outubro de 1972 (Festival de NY)
Idioma inglês
Orçamento US$ 2,500,000

The Assassination of Trotsky (bra/prt: O Assassinato de Trotsky)[1][2] é um filme ítalo-franco-britânico de 1972, dirigido por Joseph Losey, com roteiro de Nicholas Mosley, Masolino D'Amico e Franco Solinas baseado na vida do líder comunista Leon Trótski.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1940, Trotsky está exilado no México, mas não escapou à perseguição do então secretário-geral do PCUS Josef Stalin, que envia um militante chamado Frank Jackson (codinome de Ramón Mercader) para se aproximar de Trótski e assim matá-lo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «O Assassinato de Trotsky». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 5 de fevereiro de 2019 
  2. «O Assassinato de Trotsky». Portugal: FNAC. Consultado em 5 de fevereiro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme britânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.