O Balanço da Dinastia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde fevereiro de 2017).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Capa do livro original de 1890.

O Balanço da Dinastia, é um livro que contém os dados das despesas da família real portuguesa e posteriormente a família imperial brasileira, desde o ano de 1803 até o dia 15 de novembro de 1889, quando é proclamada a república pelo Marechal Deodoro da Fonseca. Também contém uma série de documentos de estado referentes ao governo bem como os membros da família imperial.

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

  • O livro foi editado por A.J.S. Botafogo e oferecido ao governo provisório dos Estados Unidos do Brasil, impresso no Rio de Janeiro no ano de 1890, ou seja, um ano após a queda da monarquia.  Existem muitos dados sobre Segundo reinado. Foi arquivado na biblioteca do Senado Federal no ano de 1946 e hoje está disponível, uma vez que fora totalmente digitalizado e disponibilizado no site do senado federal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

*[//https://books.google.com.br/books?id=p31QAQAAIAAJ&q=ajs+botafogo&dq=ajs+botafogo&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwi9u6fFyIzLAhVMF5AKHS1-Br0Q6AEIHDAA][editar | editar código-fonte]