O Bem-Amado (minissérie)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de O Bem Amado (2011))
Ir para: navegação, pesquisa
O Bem Amado
Informação geral
Formato Minissérie
Gênero Comédia
Duração 26 minutos (aproximadamente)
Criador(es) Cláudio Paiva
Guel Arraes
Baseado em O Bem-Amado de Dias Gomes
País de origem  Brasil
Idioma original (Português)
Produção
Diretor(es) Guel Arraes
Diretor(es) de criação Paula Lavigne
Elenco Marco Nanini
José Wilker
Matheus Nachtergaele
Caio Blat
Maria Flor
Drica Moraes
Andréa Beltrão
Zezé Polessa
Edmílson Barros
Tonico Pereira
Tema de abertura "O Bem-Amado", Nina Becker
Tema de encerramento "O Bem Amado", Nina Becker
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 18 de janeiro21 de janeiro de 2011
N.º de episódios 4 capítulos

O Bem Amado é uma minissérie, produzida entre 18 a 21 de Janeiro de 2011, em 4 capítulos a partir do filme de 2010, por sua vez baseado na novela de 1973 escrita por Dias Gomes, foi produzida pela Rede Globo em parceria com a Natasha Filmes.

Escrita por Cláudio Paiva e Guel Arraes, direção de Guel Arraes e foi produzido por Paula Lavigne.

Contou com Marco Nanini, José Wilker, Matheus Nachtergaele, Caio Blat, Maria Flor, Edmílson Barros, Tonico Pereira, Zezé Polessa, Drica Moraes e Andréa Beltrão nos papéis principais.

Enredo[editar | editar código-fonte]

A história se passa na fictícia cidade de Sucupira no litoral baiano, o prefeito Odorico Paraguaçu se elege a partir da promessa que criar um cemitério para a cidade, mas após desviar dinheiro para a obra não consegue um defunto para inaugura-lo então ele contrata um matador Zeca Diabo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Marco Nanini Odorico Paraguaçu
Matheus Nachtergaele Dírceu Borboleta
Andréa Beltrão Dulcinea Cajazeira
Drica Moraes Judicea Cajazeira
Zezé Polessa Dorotea Cajazeira
Tonico Pereira Vladimir
Caio Blat Neco Pedreira
Maria Flor Violeta Paraguaçu
Bruno Garcia Primo Ernesto
Edmílson Barros Chico Moleza
José Wilker Zeca Diabo

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

[1]

  • Capa com todo o elenco
  1. Essa Terra - Caetano Veloso
  2. A Vida É Ruim - Zélia Duncan
  3. Carcará - Zé Ramalho
  4. Nossa Canção - Mallu Magalhães
  5. Jingle do Odorico - Nina
  6. Boggie Sem Nome - Bob Galo
  7. Chacha das Cajazeiras
  8. Cajazeira Tentação
  9. A Bandeira do Meu Partido - Jorge Mautner
  10. A Vida É Ruim - música instrumental

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]