The Fox and the Hound (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de O Cão e a Raposa)
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
The Fox and the Hound
Papuça e Dentuça (PT)
O Cão e a Raposa (BR)
Pôster original do filme.
 Estados Unidos
1981 •  cor •  83 min 
Direção Ted Berman
Richard Rich
Art Stevens
Produção Ron Miller
Wolfgang Reitherman
Art Stevens
Roteiro Ted Berman
Larry Clemmons
Larry Clemmons
Ted Berman
David Michener
Peter Young
Burny Mattinson
Steve Hulett
Earl Kress
Vance Gerry
Baseado em The Fox and the Hound
(livro de Daniel P. Mannix)
Elenco Mickey Rooney
Kurt Russell
Keith Mitchell
Corey Feldman
Pearl Bailey
Pat Buttram
Sandy Duncan
Richard Bakalyan
Paul Winchell
Jack Albertson
Jeanette Nolan
John Fiedler
John McIntire
Género Aventura
Comédia
Drama
Música Richard Johnson
Richard Rich
Jim Stafford
Jeffrey Patch (Canções)
Buddy Baker
Edição James Koford
James Melton
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Pictures
Distribuição Buena Vista International
Lançamento Estados Unidos 10 de Julho de 1981
Brasil 18 de Setembro de 1981
Portugal 18 de Fevereiro de 1982
Idioma Inglês
Orçamento US$ 12 milhões
Receita US$ 39,900,000[1]
(lançamento original de 1981)
Cronologia
The Fox and the Hound 2
(2006)
Página no IMDb (em inglês)

The Fox and the Hound (O Cão e a Raposa (título no Brasil) ou Papuça e Dentuça (título em Portugal)) é um filme norte-americano de animação de 1981 produzido pela Walt Disney Pictures e baseado no livro de mesmo nome do autor Daniel P. Mannix.

The Fox and the Hound é o vigésimo quarto filme de animação dos estúdios Disney e foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 10 de Julho de 1981, ele mostra uma raposa e um cão de caça que são dois grandes amigos quando pequenos, mas, quando eles crescem, tornam-se verdadeiros inimigos porque caçar raposas é o dever de todo o cão de caça.

Na época do lançamento foi o longa animado mais caro já produzido, custando US$ 12 milhões.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Uma jovem raposa, Dodó, fica órfão depois que sua mãe é baleada e morta por um caçador. Ele é adotado por uma senhora, dona de uma fazenda, passando então a ser tratado como animal doméstico. Fica amigo de Toby, um pequeno cão de caça, também criança, e pertencente a um mal-humorado fazendeiro que, além de tudo, é um famigerado caçador. Certa vez, Samuel Guerra persegue o jovem raposo Dodó, atirando com sua espingarda, chutando os latões de leite da senhora que cuida de Dodó.

Os amigos juram-se fidelidade, apesar da enorme diferença entre as espécies. Toby é levado por seu dono para ser treinado noutra fazenda. O tempo passa e ambos crescem, sem voltar a reencontrar-se. Tempos depois, Toby retorna a fazenda que nasceu e termina perseguindo uma raposa, que não era outra senão sua grande amiga Dodó, porém, Toby salva Dodó quando o caçador estava perto de matá-lo. Só que acidentalmente, Dodó machuca o antigo cachorro de Samuel Guerra. Toby jura morte para a raposa. Depois de muitas aventuras, a senhora resolve abandonar Dodó para a natureza. Sozinho, Dodó se apaixona por Miriam, uma linda raposa fêmea. Em uma caminhada, os dois se deparam com Samuel Guerra e Toby, causando mais uma caça a raposa. A caça foi interrompida por um urso. Dodó o confronta e quase morre ao cair em uma cachoeira. Quando Samuel Guerra tinha a chance de matá-lo, Toby protege a raposa. Mesmo não tendo a mesma amizade, os dois têm vidas tranquilas.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Mickey Rooney como Tod/Dodó/Dentuça: O protagonista do filme. Uma jovem raposa cuja mãe foi morta por um caçador. Felizmente, uma viúva amorosa que vivia nas redondezas o levou para casa e cuidou dele até a vida adulta. Jovem e ingênuo, ele faz amizade com um cão chamado Toby, mas a amizade deles se torna tensa pelo fato de que o dono de Toby odiar qualquer raposa que não está morta. Já adulto, Dodó reencontra Toby, sendo este agora seu inimigo.
  • Kurt Russell como Copper/Toby/Papuça: O deuteragonista do filme. Toby é o adorável cachorro pertencente ao fazendeiro. Ele era melhor amigo do Dodô durante a sua infância. Mas, a amizade esfria e ele se torna arquiinimigo de Dodô.
  • Jack Albertson como Amos Slade/Samuel Guerra: Ele é o reformado e o verdadeiro principal antagonista do filme. Um velho, malvado e malandro caçador que irá matar praticamente qualquer coisa selvagem, mas por razões desconhecidas tem um ódio especial das raposas. Ele é o dono de Toby e passa a maior parte do filme tentando matar Dodó.
  • Jeanette Nolan como Widow Tweed/Viúva Tita: A tritagonista principal do filme. A velha senhora que gentilmente adotou a raposa depois de sua mãe ser morta na floresta.Mas quando Dodô fica adulto ela o devolve a natureza mas não se esqueceu dele.
  • Pearl Bailey como Big Mama/Mamãe Coruja: A outra tritagonista do filme. Uma coruja que ajuda a raposa Dodô a ser adotado pela Viúva Tweed. É ela quem observa o crescimento de Dodô e contrata a ajuda de Dinky e Boomer, dois pássaros. Mais tarde, ela o aconselha sobre os perigos da floresta. Seu último trabalho importante no filme é que institui o romance entre Dodô e Miriam.
  • Richard Bakalyan como Dinky/Dico e Paul Winchell como Boomer/Bruno: Os tritagonistas terciários do filme. Dinky e Bruno são dois amigos, um pica-pau e fringillidae, que eram comumente vistos querendo tentar apanhar Squeeks, uma lagarta. Dinky e Bruno e são vistos por diversas vezes tentando pegar a lagarta. No final do filme, Squeeks se torna uma borboleta e voa.
  • Pat Buttram como Chief/Chefe: O reformado antagonista secundário do filme. Primeiro cão de caça de Amos Slade, mal-humorado, ele e seu mestre partem da filosofia de que raposa boa é raposa morta. Ele tenta ensinar a Toby os segredos da caça.
  • Sandy Duncan como Vixey/Miriam: A tritagonista secundária do filme. Raposa da floresta com quem Dodô forma um relacionamento após a sua libertação para o meio selvagem. Ela é muito mais sintonizada com a natureza.

Produção[editar | editar código-fonte]

A inspiração adicional para o filme foi derivada de alguns racunhos e desenhos produzidos pelo artista Melvin Shaw, que também serviu como consultor criativo aos produtores. A cena onde Dodó luta com um urso foi animada pelo animador Glen Keane, na época um novato no estúdio. Ele sentiu que os storyboards originais da cena não transmitiam toda a emoção necessária do momento, então ele mesmo re-fez os storyboards. Keane queria utilizar carvão para fazer seus desenhos, mas problemas de orçamento o impediram. Nos anos a seguir Glen Keane viria animar personagens marcantes como Ariel, a Fera, Aladdin, Pocahontas e Tarzan. O animador (mais tarde diretor) Ron Clements se inspirou nos movimentos da dubladora Pearl Bailey para animar a personagem Mamãe Coruja.

Don Bluth trabalhou como animador sobre este filme, mas deixou a Disney no início da produção para começar o seu próprio estúdio rival, o Don Bluth Productions. Como a saída de Bluth da produção, The Fox and the Hound foi adiado por quase seis meses. O estúdio, que se tornou Sullivan Bluth Studios, foi um dos principais rivais da Walt Disney Pictures através do início dos anos 1990 e produziu mais tarde The Secret of NIMH e uma série de outros filmes bem conhecidos, tais como An American Tail e Em Busca do Vale Encantado. O longa foi também o último filme Disney a ter todos os créditos em sequência e no final a expressão, "The End. A Walt Disney Production.".

The Fox and the Hound foi o único filme da Disney não produzido, em widescreen na década de 80. Dado que a maioria dos filmes na época passaram a ser transmitidos na televisão. Essa foi uma solução de redução de custos para o seu programa de produção.

Como era de costume na época, algumas cenas animadas foram recicladas de filmes animados anteriores a fim de economizar dinheiro do orçamento. Durante a cena da tempestade podemos ver alguns planos de um pássaro voando para seu ninho, patos se banhando no lago, codornas procurando abrigo. Essas cenas foram retiradas de Bambi.

Apesar de ter sido lançado em 1981, The Fox and the Hound estava em produção no estúdio desde 1977, mas ela foi atrasada devido a saída do estúdio de um grupo de importantes artistas da Walt Disney Productions. Liderados por Don Bluth, John Pomeroy e Gary Goldman, o grupo estava insatisfeito com o rumo levado pelo estúdio após a morte de Walt Disney. The Fox and the Hound foi o último filme a contar com a participação de Frank Thomas, Ollie Johnston e Wolfgang Reitherman.

O filme levou quatro anos para ser finalizado e teve a participação de uma equipe de 189 pessoas, incluindo 24 animadores. Para as partes animadas foram produzidos aproximadamente 360,000 desenhos, 110,000 células pintadas à mão e 1,100 planos de fundo.

Música[editar | editar código-fonte]

  1. "Best of Friends" cantada por Pearl Bailey, escrita por Richard Johnston e Stan Fidel.
  2. "Lack of Education" cantada por Pearl Bailey, escrita por Jim Stafford.
  3. "A Huntin' Man" cantada por Jack Albertson, escrita por Jim Stafford.
  4. "Appreciate the Lady" cantada por Pearl Bailey, escrita por Jim Stafford.
  5. "Goodbye May Seem Forever" cantada por Jeanette Nolan, escrita por Richard Rich e Jeffrey Patch.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

The Fox and the Hound foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 10 de Julho de 1981; no Brasil em 18 de Setembro do mesmo ano e em Portugal dia 18 de Fevereiro de 1982.

O primeiro VHS do longa foi lançado em 1994 pela coleção Walt Disney Clássicos (foi o último filme da coleção). Seu primeiro DVD foi lançado em 2000 e um outo DVD em comemoração ao aniversário de 25 anos do filme foi lançado em 2006 em uma versão remasterizada com um disco de extras.

O primeiro Blu-Ray do filme foi lançado em 9 de Agosto de 2011 em comemoração ao aniversário de 30 anos da produção em uma versão remasterizada com 3 discos, junto com o filme The Fox and the Hound 2. Uma edição em DVD simples também foi lançada nesse dia.[2][3][4][5]

Sequência[editar | editar código-fonte]

Uma prequela do filme foi lançada diretamente em vídeo dia 12 de Dezembro de 2006, intitulada The Fox and the Hound 2 contendo alguns personagens do longa original.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
The Rescuers
Lista de filmes da Disney
1980
Sucedido por
The Black Cauldron