O Corpo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Corpo
O Corpo (BR)
 Brasil
1991 •  80 min 
Direção José Antônio de Barros Garcia
Roteiro Alfredo Oroz

José Antônio de Barros Garcia

Elenco Antônio Fagundes
Marieta Severo
Cláudia Jimenez
Carla Camurati
Género comédia

O Corpo é um filme brasileiro de comédia de 1991 dirigido por José Antônio de Barros Garcia.

O roteiro, que o diretor escreveu Alfredo Oroz, é baseado no conto "A Via-Crúcis do Corpo", de Clarice Lispector. O filme dura 80 minutos.

O filme é estrelado por Antônio Fagundes, Marieta Severo, Cláudia Jimenez e Carla Camurati.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

"Enquanto os outros fazem às escondidas, eu faço às claras.” Esta é a principal defesa do farmacêutico e machão Xavier. Ele vive abertamente e em perfeita união com duas mulheres: Carmem e Beatriz (Bia). O clima é de total harmonia, apesar de bigamia ser reprovada pela sociedade. Até que um dia, elas descobrem que o garanhão arrumou uma amante: a prostituta de cabaré Monique.

Inconformadas com a traição, Bia e Carmem fazem um pacto macabro, transformando o tom farsesco inicial em tragicomédia.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Categoria[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.