O Dia do Desespero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Dia do Desespero
Portugal Portugal  França
1992 •  cor •  75 min 
Realização Manoel de Oliveira
Argumento Manoel de Oliveira
Elenco Teresa Madruga
Mário Barroso
Luís Miguel Cintra
Diogo Dória
Nuno Melo
José Maria Vaz da Silva
Dina Treno
David Ferreira Dias
Género drama
Distribuição Centre National de la Cinématographie
Idioma português
Orçamento 1 milhão €

O Dia do Desespero (1992) é um filme português de longa-metragem de Manoel de Oliveira.

O filme trata dos últimos anos de Camilo Castelo Branco a partir de cartas do escritor, analisando os seus conflitos e dramas, a relação com Ana Plácido e a cegueira aflitiva que conduziu ao seu suicídio. Filmado na totalidade na casa de Camilo em S. Miguel de Seide, é um dos mais austeros filmes de Oliveira[1].

Referências

  1. Cinemateca Portuguesa, Programação de Janeiro de 2019

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.