O Fantasma de Manhattan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Fantasma de Manhattan
Capa da edição de 2000 do Fantasma de Manhattan.
Autor (es) Frederick Forsyth
Idioma inglês
País Reino Unido
Género Terror, Suspense e Romance;
Editora Bantam Books
Formato Impresso
Lançamento novembro de 1999
Páginas 263
ISBN 0-593-04510-6

O Fantasma de Manhattan (The Phantom of Manhattan, no original) é um livro do escritor britânico Frederick Forsyth, uma sequência para o musical de Andrew Lloyd Webber, vagamente baseado no romance de Gaston Leroux. Forsyth é consagrado pelos seus romances de ação e espionagem, e o Fantasma de Manhattan marca sua estréia no gênero terror, reinventando um clássico da literatura internacional, O Fantasma da Ópera.

O início de O Fantasma de Manhattan é narrado por uma doente Madame Giry, e defini-se no início de 1900. Pessoas famosas da época, como Theodore Roosevelt, fazem aparições. De acordo com a história, Christine Daaé se casou com Raoul, e o casal tem um filho chamado Pierre, enquanto Erik, o Fantasma da Ópera tornou-se um empresário em Manhattan. Foi publicado em 1999 e recebeu críticas negativas tanto dos especialistas e público em geral.[1]

Love Never Dies, musical de Andrew Lloyd Webber, sequência do seu O Fantasma da Ópera, é vagamente inspirado no livro de Forsyth.[2]

Referências

  1. «Reviews de The Phantom of Manhattan». GoodReads. 
  2. «Love Never Dies Review». Yahoo News!. Consultado em 16 de Julho de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.