O Governador (The Walking Dead)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Governador
Personagem fictícia de The Walking Dead
O Governador HQ.jpg
Sexo Masculino
Ocupação Governador de Woodbury (quadrinhos e série de televisão)
Família Penny Blake (filha-sobrinha)
Amigo(s) Milton Mamet, Ceasar Martinez, Shumpert (apenas na série de televisão)
Inimigo(s) Rick Grimes, Michonne
Criado por Robert Kirkman
Charlie Adlard
Cliff Rathburn
Romance(s) Andrea (série de televisão)
Lilly Chambler (série de televisão)
Primeira aparição Edição #27 (quadrinhos)
"Walk with Me" (televisão)
Última aparição Edição #48 (quadrinhos)
What Happened and What's Going On (televisão)
Época(s) 2006–2007 (quadrinhos)
2012–2014 (televisão)
Interpretado por David Morrissey

O Governador é um personagem fictício da série de quadrinhos em preto e branco The Walking Dead, sendo interpretado por David Morrissey na série de televisão de mesmo nome, produzida e exibida pela AMC. Criado por Robert Kirkman com colaboração de Charlie Adlard e Cliff Rathburn, o personagem fez sua estréia na história em quadrinhos na edição 27, em abril de 2006. Principal antagonista de ambas as séries, O Governador é o líder aparentemente carismático de Woodbury, na Geórgia, revelando-se um líder brutal, insano e que entra em conflito com o protagonista, Rick Grimes. Ele é responsável por várias mortes de personagens principais em ambas as formas de mídia. A origem do personagem é explorada no romance The Walking Dead: Rise of the Governor, que foi escrito por Robert Kirkman e Jay Bonansinga.

Na série de televisão, o personagem aparece pela primeira vez na terceira temporada. Tal como acontece com a sua adaptação em quadrinhos, ele é o líder de Woodbury. No entanto, seu comportamento preocupante é refletido em seus caminhos autoritários em lidar com as ameaças à sua comunidade. Sua natureza escura e insana se torna visível quando ele entra em conflito com Rick Grimes e seu grupo, prometendo eliminá-los. Na quarta temporada, ele torna-se alarmado com os seus caminhos frios e tentativas de se redimir ao encontrar uma nova família, embora sua velha personalidade volte para si, como um meio de garantir a sobrevivência de sua nova família.

Em 2009, O Governador foi classificado como "86º Maior Vilão das Histórias em Quadrinhos de Todos os Tempos", pelo Portal IGN, ficando na 28ª posição no ranking promovida pela TV Guide.[1]. Por sua atuação, o ator que interpreta o personagem na série de televisão, David Morrissey, foi indicado para o Melhor Ator Coadjuvante na Televisão, no 39 Saturn Awards.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Apesar de ser conhecido como "O Governador", ele revela se chamar Philip Blake, nome escrito na parede em um dos episódios onde foi questionado a cerca de sua identidade, como maneira de preservar seu verdadeiro nome, mesmo sem se saber o real motivo ele lê o nome escrito e assume a identidade de Philip Blake a partir daquele momento..[2]

Quando ocorre o surto de caminhantes, Brian e Philip reúnem-se com um pequeno grupo, que incluía sua sobrinha, Penny, e constantemente estiveram em fuga por causa de locais inseguros. Eventualmente, o grupo de Brian chegou à Woodbury, uma cidade devastada, sendo liderados por homens da Guarda Nacional que usavam o medo para fazer valer a sua autoridade. Depois de se tornar o último sobrevivente de seu grupo, Brian reuniu o povo da cidade contra a Guarda Nacional e depois declarou-se "Governador" dos quatro quarteirões que compõem a comunidade. Inicialmente, ele parece ser um líder justo e forte, tornando-se consumido por um senso de poder e controle, ao mesmo tempo tornando-se cada vez mais perturbado. Ele manteve Penny, zumbificada, amarrada em seu apartamento, alimentando-a de partes do corpo de pessoas decepadas.[3]

Quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Após chegar em Woodbury, Rick Grimes e seu grupo de sobreviventes são recebidos pelo Governador. Depois de inicialmente mostrar ser um líder hospitaleiro, ele trama contra Rick e seu grupo. Na tentativa de encontrar a prisão e coletar material para Woodbury, Rick tem sua mão cortada pelo Governador, além deste torturar mentalmente Glenn e conter Michonne, despojando-a e estuprando-a.[4] Para saber o local da prisão, o Governador permite que os sobreviventes escapem de suas instalações, com a ajuda de um de seus guardas. No entanto, Michonne fica para trás e se esconde em seu apartamento, onde ela brutalmente o tortura. Ele perde o braço direito, as unhas, os testículos, e seu olho esquerdo. Quando Michonne reencontra o grupo e eles perguntam-lhe se O Governador ainda está vivo, ela não tem certeza de seu destino.[5]

O Governador sobrevive com a ajuda de Bob Stookey (um cidadão que tinha experiência médica) e, eventualmente, é capaz de encontrar a prisão. O Governador usa o assassinato de um guarda por Rick para jogar as pessoas da cidade contra os habitantes da prisão.[6] As coisas não saem conforme o planejado, quando o grupo de Rick coloca-se numa defesa tenaz que leva a uma retirada humilhante dos soldados de Woodbury. Após esta tentativa fracassada, O Governador destrói as cercas da prisão com um tanque. Um massacre sangrento se segue, levando a um número extremamente elevado de mortes e, finalmente, fazem da prisão um lugar menos seguro e habitável.

As tensões continuamente sobem dentro do grupo do Governador, quando a munição restante é limitada e um punhado de suas próprias consciências morais entram em jogo, especialmente quando mata membros indefesos ou jovens do grupo adversário. Ambos os fatores resultam no restante de seu exército matá-lo, atirando o cadáver para os zumbis, fazendo uma última tentativa para fortalecer a prisão.[7]

Série de TV[editar | editar código-fonte]

Governador sendo interpretado por David Morrissey, na série de televisão.

Terceira Temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (3ª temporada)

O Governador é o líder da cidade de Woodbury, formada por sobreviventes do apocalipse zumbi. Seu verdadeiro nome é Philip Blake. É o principal antagonista da trama e identifica sua liderança como democrática, mas na verdade age com ditadura e manipulação entre os sobreviventes que lidera. Ele aparece pela primeira vez na terceira temporada, sempre ao lado de capangas que costumam seguir suas ordens, entre eles Merle, Martinez e Shumpert. Após Merle levar Andrea e Michonne consigo para Woodbury, o Governador aproxima-se de Andrea, com quem passa a ter um caso amoroso. Ele passa a ser alvo das desconfianças de Michonne, que foge da cidade e quase é morta sob suas ordens. Ao saber sobre a existência de um grupo de sobreviventes vivendo em uma prisão próxima da cidade, o grupo liderado por Rick, ele decide executar todos os membros do grupo, principalmente após eles invadirem a cidade para resgatar Glenn e Maggie. Ele passa a ver Michonne como uma de suas piores inimigas, após esta matar sua filha (que vivia em forma de zumbi) e furar um de seus olhos com um caco de vidro, causando-lhe cegueira. O Governador ataca a prisão, onde vive o grupo de Rick, impondo sua autoridade sobre os sobreviventes do local, mas consegue matar somente Axel. Sua liderança passa a ser questionada por muitos cidadãos de Woodbury, e ele perde muitos aliados importantes, como Haley (que foi morta por Maggie), Merle e Andrea. Em outro dado momento, ele ataca a prisão pela segunda vez, com um exército de cidadãos de Woodbury criado por ele próprio, mas desta vez seu ataque é fracassado: Rick, Daryl, Glenn, Michonne, Carol e Maggie revidam os ataques e conseguem vencer o exército do Governador, que recua. Ele massacra seu próprio exercito depois de seus soldados desistirem de voltar à prisão e atacá-la novamente. No fim da terceira temporada, o Governador causa a morte de Merle e aprisiona Andrea e Milton em uma das salas da cidade, para que eles morram, e foge de Woodbury com dois de seus capangas, Martinez e Shumpert. Os poucos sobreviventes que restavam de Woodbury se mudam para a comunidade da prisão.

Quarta Temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (4ª temporada)

Na quarta temporada, ele é abandonado por Martinez e Shumpert e passa a vagar pelas estradas. Ele encontra a família Chambler (Lilly, Tara, David e Meghan), com quem passa a viver, usando o nome falso de Brian Heriot e mantendo uma relação amorosa com Lilly. Quando David morre, Brian (Governador) passa a proteger a família Chambler e assim, reencontra Martinez, como líder de um novo grupo de sobreviventes. Ele assassina Martinez, jogando-o em uma vala de zumbis, e também Pete, o líder substituto do grupo. Assim, o Governador toma a liderança do grupo (juntamente com Mitch) e planeja um novo ataque a prisão. No episódio Too Far Gone, ele organiza o grupo de Martinez para atacar a prisão.Ele fala para Rick deixar a prisão,mas Rick fala que todos podem viver juntos.O Governador chama Rick de mentiroso e decapita Hearshel,ele toma um tiro de Carl,e foge para trás do tanque e acaba de cortar a cabeça de Hearshel.E vê Lily carregando Meghan e finaliza Meghan para que ela não se transforme.Depois ele pede para que seu exercito para matar todos da prisão.O tanque avança e derruba ás cercas,o Governador fica atrás do ônibus tombado da prisão para sé cobrir dos tiros,ele efetua dois tiros e avança,mas e abordado por Rick que inicia uma luta.Minutos depois ele derrota Rick e começa a enforcá-lo,mas Michonne aparece e fura seu peito com sua Katana depois da Michonne tirar sua Katana do peito dele ele cai no chão ainda vivo,mas perdendo sangue e com nenhuma condição de levantar e fugir da prisão. Michonne olha para ele,mas não o mata,deixa ele pra morrer devorado ou com perda de sangue.Minutos depois ele ainda está vivo mas morrendo e antes que ele perca a consciência Lily encontra ele morrendo no chão e o finaliza com um tiro na testa. impedindo sua transformação.Porque sua filha morreu por causa dessa guerra. Apesar de tudo, existem teorias de que Philip Blake possa estar vivo e irá se encontrar com seu irmão Luiz Blake (Personagem ainda não confirmado).

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências

  1. «86. The Governor». Portal IGN. Consultado em 22 de abril de 2014 
  2. The Walking Dead: Rise of the Governor, pg. 2
  3. The Walking Dead # 32 (outubro de 2006)
  4. The Walking Dead # 29 (Junho de 2006)
  5. The Walking Dead # 33 (Dezembro de 2006)
  6. The Walking Dead # 43 (Outubro de 2007)
  7. The Walking Dead # 48 (Abril de 2008)