O Grande Kilapy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Grande Kilapy
Cartaz promocional.
 Angola
 Brasil
Portugal Portugal

2012 •  cor •  100 min 
Realização Zézé Gamboa
Correalização Nuno Milagre
Produção Fernando Vendrell
Coprodução Tony Gamboa
Assunção Hernandes
Produção executiva Luís Alvarães
Fernando Andrade
Argumento Luís Alvarães
Luís Carlos Patraquim
Género comédia dramática
Música David Linx
Diederik Wissels
Direção de arte João Torres
Efeitos especiais José André
Luís Martins
Luís Moreno
Carlos Almeida
Figurino Teresa Campos
Cinematografia Mário Masini
Edição Pascal Latil
Companhia(s) produtora(s) David & Golias[1]
Raiz Produções Cinematográficas
Gamboa & Gamboa
Distribuição David & Golias (Portugal e PALOP)[1]
Imovision (Brasil)[2]
Lançamento Angola 9 de julho de 2013
Brasil 23 de outubro de 2014
Portugal 30 de outubro de 2014
Moçambique 9 de abril de 2015
Idioma Não disponível

O Grande Kilapy é um filme luso-angolano-brasileiro do género comédia dramática, realizado por Zézé Gamboa e protagonizado por Lázaro Ramos, Pedro Hossi, João Lagarto, Patrícia Bull e São José Correia.[3] Estreou-se nos cinemas de Angola a 9 de julho de 2013,[4] no Brasil foi exibido a 23 de outubro,[5] em Portugal a 30 de outubro de 2014[6] e em Moçambique a 9 de abril de 2015.[7]

A palavra "kilapy" que dá título ao filme vem da língua Kimbundu e significa “golpe” ou “tramóia”[8].

Enredo[editar | editar código-fonte]

O filme decorre nos últimos anos do colonialismo português em Angola, entre os finais da década de 1960 e 1975. Desenvolve-se através do testemunho, fictício, sobre a luta da libertação de Angola e a descolonização através do personagem de Joãozinho, um anti herói apolítico.

Joãozinho estuda numa das Casas dos Império em Lisboa.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «O Grande Kilapy». David & Golias. Consultado em 7 de outubro de 2015 
  2. «O Grande Kilapy». Imovision. Consultado em 7 de outubro de 2015 
  3. «O grande Kilapy». Agência Nacional do Cinema. Consultado em 7 de outubro de 2015 
  4. «"O grande kilapy" em cartaz no cineplace - Belas Shopping». Jornal Economia & Finanças. 9 de julho de 2013 
  5. Hermsdorff, Renato (17 de outubro de 2014). «Exclusivo: Lázaro Ramos é 'legendado' no trailer de O Grande Kilapy». AdoroCinema 
  6. «Os filmes da semana - estreias nos cinemas a 29 de outubro de 2014». FilmSPOT. 29 de outubro de 2014 
  7. «"O Grande Kilapy" exibido em Maputo». Jornal de Angola. 8 de abril de 2015 
  8. «Entre a memória e o seu apagamento: O Grande Kilapy de Zézé Gamboa e o legado do colonialismo português | BUALA». www.buala.org. Consultado em 1 de outubro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme produzido nos países lusófonos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.