O Lugar do Morto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Lugar do Morto
 Portugal
1984 •  cor •  120 min 
Realização António-Pedro Vasconcelos
Argumento António-Pedro Vasconcelos,
Carlos Saboga
Elenco Ana Zanatti
Pedro Oliveira (Actor)
Teresa Madruga
Diogo Vasconcelos
Manuela de Freitas
Género drama
Lançamento 25 de Outubro de 1984
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

O Lugar do Morto é um filme português de drama realizado em 1984 por António Pedro Vasconcelos.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Álvaro, trinta anos, jornalista, sai de casa da sua amiga por volta das seis da manhã e decide entrar na avenida marginal e estacionar em frente ao mar. Adormece e, de repente, é acordado pelo ruído de vozes vindas de longe. Volta-se e vê um homem e uma mulher, que discutem. Ela foge e vem refugiar-se no carro de Álvaro. O vestido dela, sob o casaco de peles, está roto. A mulher pede-lhe: «Leve-me daqui.»

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator / Atriz Papel
Ana Zanatti Ana Mónica
Pedro Oliveira (Actor) Álvaro Serpa
Teresa Madruga Marta
Luís Lima Barreto Álvaro Allen
Carlos Coelho Inspector Moreira
Isabel-Victoria da Motta Dulce
Ruy Furtado Neves
Diogo Vasconcelos João
Manuela de Freitas Mafalda
Luís Filipe Barros ele próprio

Outras informações sobre o filme[editar | editar código-fonte]

O filme foi durante muitos anos o mais visto do cinema português, depois do filme "Capas Negras" de 1947, com Amália Rodrigues e Alberto Ribeiro.

Em 1984 arrecadou 4 prémios da Federação Portuguesa de Autores (melhor filme português, melhor banda sonora, melhores diálogos e melhor actor masculino). No Festival de Huelva (Espanha) recebeu o Prémio Sonny para melhor banda sonora e em Moscovo o prémio de melhor interpretação masculina. Fonte: Diário de Lisboa, 28/09/1985

O filme foi transmitido pela primeira vez em televisão três anos depois da sua estreia. A sua exibição efectuou-se na RTP1, na quarta-feira, dia 7 de Janeiro de 1987, às 21 e 5, em pleno horário nobre, na rubrica "Lotação Esgotada". Foi a primeira vez que um filme português foi exibido na "Lotação Esgotada", e foi a única vez que este filme foi exibido na televisão. Desde essa data até agora, nunca mais reexibiram o filme na televisão. Fonte: Diário de Lisboa, 7/01/1987

Houve uma edição em VHS feita em 1993 pela distribuidora "Filmes Castello Lopes", em conjunto com a "Lusomundo". Recentemente, em 2008, foi editado um DVD do filme pela distribuidora "Costa do Castelo Filmes".

Pedro Oliveira era jornalista da RTP.

  • Música - Alain Jomy
  • Som - Paola Porru, Vasco Pimentel e Joaquim Pinto
  • Imagem - João Rocha

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme do cinema português é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.