O Matuto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Matuto é uma obra de literatura espírita de autoria do Espírito Lucius, psicografado por Zibia Gasparetto, lançado em 1984.

Trama[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A história decorre em 1936. Geraldo foi raptado por seu pai quando tinha apenas 2 anos. Cresceu como um caipira e analfabeto numa cidadezinha no interior mato grossense, chamada "Dente de Onça". Depois da morte de seu pai, um advogado e um jornalista o encontra, após um mês de procura, em sua tosca cabana de madeira. Os advogados o advertiram que ele era, naquele momento, um dos homens mais ricos do Brasil. Para comprovar essa afirmação, eles contam a Geraldo toda a história: que seu pai o raptou, que sua mãe havia morrido e que, sem a intervenção de Geraldo, o mesmo perderia a herança. Esta, estaria indo para os seus tios (Dr. Marcondes e Dona Renata), que não gostavam nem um pouco de Dona Carolina (mãe de Geraldo). Não obstante, decidiu ir a São Paulo para não deixar que seus tios interesseiros tomem posse da herança.

Chegando a São Paulo, enquanto os homens que o trouxeram dormiam num hotel, Geraldo, de tão teimoso que era, foi sozinho para a Avenida Paulista onde era a casa de seus pais.

Com o passar do tempo, conhece sua prima, Maria da Glória, sua amiga Inês e a Dona Lucila. Esta última era muito amiga de Dona Carolina (mãe de Geraldo). Seu tio, Dr. Marcondes, fará de tudo para conseguir a herança de Geraldo. Com a ajuda de sua prima, amigos e Dona Lucila, tentarão reverter isso.

O mistério, entretanto, gira em porque o Dr. Euclides, um médico famoso e bem de vida, abandonaria tudo e iria morar no mato, raptando Geraldo?

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Geraldo (principal da trama)
  • Dona Carolina (mãe de Geraldo)
  • Dr. Euclides (pai de Geraldo)
  • Humberto (detetive)
  • Maria da Glória (prima/esposa do detetive)
  • Dona Renata (tia)
  • Dr. Marcondes (tio)
  • Jorginho (primo)
  • Dona Lucila (espirita)
  • Inês (filha de Dona Lucila)
  • Dona Aurora (sogra)
  • Maria Luíza (esposa)
  • Dr. Olavo (advogado que o trouxe a São Paulo)
  • Juvenal (jornalista/amigo do advogado)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.