O Menino da Porteira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a canção sertaneja. Para outros significados, veja O Menino da Porteira (desambiguação).
"O Menino da Porteira"
O Menino da Porteira.jpg
Cururu de Luizinho e Limeira
Lançamento 1955 (1955)
Formato(s) Vinil
Gênero(s) Cururu, sertanejo
Gravadora(s) RCA Victor
Letrista(s) Teddy Vieira, Luís Raimundo
Composição Teddy Vieira, Luís Raimundo
Estátua representando "O Menino da Porteira", no município de Ouro Fino, Minas Gerais.

O Menino da Porteira é um cururu por Teddy Vieira e Luís Raimundo, que foi gravado pela primeira vez pela dupla sertaneja Luizinho e Limeira em 1955 e uma das composições mais populares da música sertaneja.[1][2] Narra, na primeira pessoa do singular, a estória de um boiadeiro que, quando passava por Ouro Fino, constumava se deparar com um menino que abria as porteiras da estrada para a passagem do gado em troca de algumas moedas; um dia, o menino é fatalmente atacado por um boi, fato que abala profundamente o boiadeiro. Foi regravada posteriormente por Tonico e Tinoco, Sérgio Reis, Tião Carreiro e Pardinho, Daniel e dezenas de outros cantores. Também teve duas adaptações cinematográficas: a primeira em 1976 protagonizada por Sérgio Reis e a segunda, uma refilmagem desta, lançada em 2009 e protagonizada pelo cantor Daniel.

Gravações[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre O Menino da Porteira