O Mestre do Go

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


O Mestre do Go
Autor (es) Yasunari Kawabata
Idioma Língua Japonesa
País Japão Japão
Género Romance histórico
Editora Shincho magazine (Japonês)
Alfred A. Knopf (Inglês)
Lançamento 1951 (Revista)
1954 (Romance)
1972 (Tradução Inglês)

O Mestre do Go (名人, Meijin) é um romance do autor Japonês Yasunari Kawabata ganhador do Prémio Nobel da Literatura, pela série publicada em 1951. Kawabata a considerava seu melhor trabalho, apesar do grande contraste que tem com o resto de sua obra.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O Mestre do Go é uma crônica narrada na ultima partida de Go jogada por Honinbo Shusai, jogador profissional e herdeiro do título Honinbo, contra o jovem aspirante Kitani Minoru (chamado no livro com o nome fictício de Otake). Foi esta a ultima partida na carreira do mestre Shusai; uma longa luta que precisou de pelo menos seis meses para ser concluída. Minoru ganhou por uma confortável margem de cinco pontos, e Shusai faleceu depois de um ano do final da partida.

Kawabata ficou encarregado de escrever uma cronica diaria do andamento da partida para o jornal Mainichi Shinbun, e alguns fragmentos do livro são versões extraidas de passagens originais de sua coluna no jornal. O livro é uma cronica não só da partida, mas também do combate entre os dois jogadores, o contraste de gerações e as maneiras de ver o Go e jogá-lo. Afloram os temas inerentes a luta entre o velho jogador cujas forças fraquejaram (teria uma afecção no coração que afetou o andamento da partida) e o jovem desafiante; e também o encontro entre diferentes estilos de jogar e as personalidades em que estes estão enraizados. O livro também reflete a tensão entre as maneiras tradicionais e o novo pragmatismo. Shusai representando a velha escola do Go, aquela onde os titulos eram hededitarios, e Minoru com um novo olhar, que junto de seu grande amigo Go Seigen representaram o novo estilo de jogo que experimentava novas aberturas e não estava tão ancorado nas velhas tradições.

O jogo, tal como foi jogado na vida real e apresentado com exatidão no livro, durou 237 movimentos e está documentado no livro por meio de diagramas. Kitani Minoru, jogando com as negras, ganhou por 5 pontos. O livro frequentemente é utilizado por jogadores ocidentais de Go como ponto de partida na exploração do lugar que ocupa o Go na sociedade japonesa, e também do ponto de vista da aprendizagem do Go, posto que foi uma partida de grande importância.

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Yasunari Kawabata

Ligações externas[editar | editar código-fonte]