O Mirante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Mirante é um semanário regional publicado em Portugal.

O Mirante em Portugal[editar | editar código-fonte]

CAPA - MEDIO.jpg

História[editar | editar código-fonte]

O Mirante foi fundado por Joaquim António Emídio a 16 de novembro de 1987, na Chamusca, com publicação mensal e tiragem de dois mil exemplares. [1] Quatro anos depois, o jornal passa a quinzenário contendo 24 páginas, e só nesse ano ocorreu a profissionalização des seus contribuidores como jornalistas.[1] Em setembro de 1995, o jornal muda-se para Santarém e passa a semanário. Entretanto, a abrangência regional das notícias, já se alargara aos concelhos de Golegã, Entroncamento, Torres Novas, Alpiarça, Almeirim, Salvaterra de Magos, Benavente, Coruche, Azambuja e Vila Franca de Xira.[1] A versão on-line surgiu em novembro de 2002 e, no ano seguinte, funde-se com o Jornal do Vale do Tejo e dá origem às edições O Mirante Vale do Tejo, O Mirante Médio do Tejo e O Mirante Lezíria do Tejo, chegando à tiragem de 35 mil exemplares.[1] Em abril de 2016, O Mirante abre parceria com o jornal Expresso, a revista Visão e emissora de televisão SIC pertencentes ao grupo Impresa.[1]


Análise atual[editar | editar código-fonte]

Presentemente, (Década de 2010) , O Mirante, junto com o Reconquista e o Região de Leiria são considerados os três principais jornais regionais de Portugal. Destes, O Mirante é o de maior tiragem em papel (vinte mil exemplares). [2] A sua área de abrangência consiste em todo o distrito de Santarém mais os concelhos de Azambuja e Vila Franca de Xira do distrito do distrito de Lisboa.[2] Em 2011 cerca de 35 funcionários trabalhando em exclusividade.[2]

Referências

  1. a b c d e «Uma breve história de O MIRANTE no 30º ano de publicação». O Mirante. 18 de agosto de 2017. Consultado em 19 de março de 2019 
  2. a b c Jerónimo, Pedro. Ciberjornalismo de Proximidade. Universidade da Beira Interior: LabCom.IFP. ISBN 978-989-654-252-8 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]