O Puritano da Rua Augusta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Puritano da Rua Augusta
 Brasil
1965 •  p&b •  102 min 
Direção Amácio Mazzaropi
Produção Produções Amácio Mazzaropi (PAM)
Roteiro Amácio Mazzaropi
Elenco Amácio Mazzaropi
Marly Marley
Marina Freire
Elisabeth Hartmann
Edgard Franco
Gênero comédia
Direção de fotografia Giorgio Attili
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

O Puritano da Rua Augusta é um filme de comédia brasileiro de 1965, dirigido, escrito e estrelado por Mazzaropi.[1]

Contou com a participação de grupos musicais e cantores da época, entre eles The Jordans, Lancaster, Waldyr Mussi e seu Conjunto e Elza Soares, que cantou a música O Neguinho e a Senhorinha, numa das cenas na boate.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O industrial Punduroso é um pai de família extremamente conservador, que deixa os filhos, a esposa e até mesmo a cunhada loucos com sua mania de manter a moral e os bons costumes em primeiro lugar. Após sofrer um ataque do coração, nada mais vai ser como antes. Ele passa a se comportar como um jovem outra vez, muda o cabelo, as roupas e até o gosto pela música.[3][4][5]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Amácio Mazzaropi - Punduroso
  • Marly Marley - Carmem
  • Marina Freire - Raimunda
  • Elizabeth Hartmann - Filomena
  • Edgard Franco - filho de Punduroso
  • Augusto César Ribeiro - membro dos ciprianitas
  • Zéluiz Pinho - marido de Filomena
  • Henricão - chofer de Punduroso
  • Gladys - enfermeira de Punduroso
  • Júlia Kovach - filha de Punduroso
  • Darla - empregada de Punduroso
  • Marlene Rocha - membro dos ciprianitas (mulher do soluço)
  • Carlos Garcia - filho de Punduroso
  • Cláudio Maria - membro dos ciprianitas
  • Aristides Marques Ferreira - membro dos ciprianitas
  • João Batista de Souza - filho pequeno de Punduroso
  • Adalberto Penna - padre
  • Elza Soares - cantora da boate

Locações[editar | editar código-fonte]

O filme teve diversas localizações no estado de São Paulo[6]

Prêmio[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. AdoroCinema, O Puritano da Rua Augusta, consultado em 3 de janeiro de 2020 
  2. O Puritano da rua Augusta | Cine Mazzaropi | TV Brasil | Cultura, 26 de junho de 2013, consultado em 3 de janeiro de 2020 
  3. «O Puritano da Rua Augusta (1965)». Cineplayers. 27 de novembro de 2018. Consultado em 6 de janeiro de 2020 
  4. «Cine Mazzaropi apresenta "O Puritano da Rua Augusta" | TV Brasil | Cultura». TV Brasil. 24 de abril de 2018. Consultado em 6 de janeiro de 2020 
  5. «© Luciano Queiroz - www.lucianoqueiroz.com». www.lucianoqueiroz.com. Consultado em 6 de janeiro de 2020 
  6. «DE VOLTA PARA OS BONS TEMPOS: O Puritano da Rua Augusta». Consultado em 6 de janeiro de 2020 
  7. «FILMOGRAFIA - O PURITANO DA RUA AUGUSTA». bases.cinemateca.gov.br. Consultado em 6 de janeiro de 2020